Pomada para Passar na Glande, Causa : Fungos

 

Infestação por fungos na glande do homem, é considerada muito comum, pois na verdade, esses micro-organismos habitam naturalmente a pele. Por isso, sempre que o sistema de proteção do corpo está debilitado, esses fungos aproveitam para causar a infestação.

Como resultado dessas infestações, o homem pode ter algumas complicações, por vezes fáceis de tratar, mas nem sempre.

A fim de deixar nosso amigo leitor bem informado, vamos então tecer alguns comentários sobre a Micose e a Candidíase. Esses dois tipos de infecções são os mais comuns nos homens.

Além disso, vamos aproveitar para citar algumas opções em pomada para passar na glande com a finalidade de combater essas infestações.

Causa: Micose

Entre as causas da micose na glande podemos dizer que a infestação por fungos ou bactérias são as mais comuns. No entanto, esse tipo de infestação costuma ser um problema que acontece mais nas mulheres.

Então, o homem, ao manter relações sexuais sem proteção, com a mulher contaminada, certamente será contaminado. A partir dessa infestação, também pode originar um quadro de Candidíase.

Infelizmente, mesmo com tantas advertências feitas pelos órgãos de saúde, ainda hoje, existem riscos de contaminação. Homens e mulheres que vivem uma vida dissoluta, trocam de parceiros constantemente, mas não aceitam de se proteger.

Entre as infecções micóticas mais frequentes no pênis se destacam a Balanite e a Balanopostite. Essas infecções ocorrem como resultado da ação do fungo Candida Albicans.

Outras complicações – quando acontece uma infestação por fungos no pênis e esta não é trada adequadamente, poderá se agravar. As crises podem se tornar mais frequentes e, além disso, mais intensas. 

Como resultado dessas crises mais intensas, a pele do pênis perderá a elasticidade natural. Com isso, o indivíduo precisará se sujeitar a uma cirurgia corretiva para resolver todo o problema, algo bem constrangedor.

Além disso, indivíduos com imunidade por demais comprometida podem sofrer com essa infestação se espalhando para outros órgãos. Assim, como resultado da falta de proteção natural do organismo, os rins e os pulmões podem ser comprometidos severamente.

 

Como identificar a infestação

Quando existe uma infestação micótica na glande, as vezes, esta pode ser percebida ao redor do freio do pênis. Para quem não sabe, é a parte elástica do tecido localizado abaixo da glande.

As vezes, a infestação pode se estender pela glande e chegar até o prepúcio. Além disso, existem outros sintomas que favorece a identificação dessa contaminação, tais como:

  • Presença de pequenos pontos muito semelhantes a pústulas,
  • Coloração avermelhada da mucosa,
  • Sensação de irritação,
  • Coceira na região da glande,
  • Inchaço na glande.

Ao se observar esses sintomas, o indivíduo já poderá ter uma noção do que está acontecendo. No entanto, ao visitar obrigatoriamente o médico, o profissional da saúde, identificará o problema facilmente.

No entanto, para fins de comprovação, e maior segurança no diagnóstico, o médico deverá pedir por alguns exames específicos.

Certamente então, o médico irá basear seu diagnóstico da seguinte forma:

  • Na avaliação dos sintomas do paciente,
  • Pela entrevista com o paciente falando do que sente,
  • Na avaliação do exame clínico,
  • Na avaliação das lesões provocadas pela infecção,
  • Na biópsia e cultura de amostras.

Somente depois de toda essa avaliação, pode-se chegar ao veredicto sobre o que de fato está acontecendo.

 

 

Como prevenir …

Com toda a certeza, a melhor maneira de prevenir uma infestação fúngica no pênis é a higienização correta. Portanto, principalmente os homens que levam uma vida mais largada, com várias parceiras, é necessário se prevenir.

Portanto, para os homens, é importante fazer uma higienização correta, logo após as relações sexuais. Muitas das infestações acontecem devido aos fungos que migram da vagina da mulher para a glande nos homens.

Melhor ainda, será se proteger com o uso de um preservativo de qualidade para essas relações sexuais com parceiras diferentes. Mesmo assim, é preciso ser consciente de que, em algumas situações, nem mesmo o preservativo pode proteger, de fato.

Causa: Candidíase

A Candidíase peniana pode ser causada por fatores diversos. No entanto, ela só se manifesta nos homens quando o sistema imunológico se encontra debilitado.

Entre os principais fatores que contribuem com a infestação podemos mencionar:

  • Contato íntimo sem preservativo com uma parceira infectada com o fungo Cândida Albicans,
  • Uso frequente de antibióticos, anti-depressivos ou corticoides,
  • Descuidos com a higiene do pênis,
  • Diabetes,
  • Tratamentos com quimioterapia,
  • Doenças que enfraquecem o sistema de defesa do corpo como a Lúpus ou AIDS,
  • Descuidos com a alimentação com consumo excessivo de alimentos adocicados.
  • Vícios nocivos à saúde como o consumo de bebida alcoólica, tabaco e outras drogas,
  • Alimentação pobre em nutrientes como no caso dos alimentos industrializados,
  • entre outras causas.

Pense nisso…

O que muita gente não entende é que a grande maioria das doenças acontece por conta de descuidos. Alimentação deficiente, falta de descanso apropriado, falta de atividades físicas, tudo contribui para o corpo adoecer.

Além disso, quando se fala de doenças infecciosas, estas geralmente acontecem somente por que o corpo se encontra desguarnecido. Pois é justamente a falta dos bons hábitos de de vida que favorecem o enfraquecimento do sistema imunológico.

 

Sintomas Observados

Sintomas da Micose na Glande:

  • Coceira na região da glande,
  • Placas esbranquiçadas,
  • Dor que se torna mais intensa no momento da relação sexual,
  • Vermelhidão na região da glande,
  • Descamação,
  • Inchaço na glande.

Sintomas da Candidíase na glande:

  • Vermelhidão,
  • Inchaço e dor na glande,
  • Placas brancas,
  • Coceira com lesões,
  • Ardência durante e após o ato sexual,
  • Surgimento de bolhas,
  • Úlceras,
  • Feridas,
  • Descamação na pele,
  • Corrimento purulento pela uretra.

Pomada Clotrimazol para Micose

Clotrimazol é uma pomada para passar na glande dos homens para combater as infecções causadas por fungos e bactérias sensíveis.  Trata-se de um medicamento com ação anti-micótica de amplo espectro bastante recomendado pelos médicos e garante bons resultados.

Substância ativa nesse medicamento – cada grama desse medicamento contém 10 mg de Clotrimazol.

Como usar esse medicamento – a pomada deve ser aplicada diretamente sobre o local a ser tratado com uma espessura de 1/2 centímetro. As aplicações devem ser feitas 2 a 3 vezes ao dia.

O tratamento deve ser continuado por pelo menos 2 semanas após desaparecerem os sintomas para evitar uma reincidência.

Efeitos adversos desse medicamento – os efeitos adversos mais comuns que esse medicamento pode apresentar são:

  • Dor,
  • Prurido e erupção cutânea,

Se esses efeitos se apresentarem com insistência, melhor é descontinuar o tratamento e buscar por outras recomendações do médico.

Contra-indicações – esse medicamento é contra-indicado para pacientes que apresentam sensibilidade à sua fórmula.

Valor desse medicamento – a embalagem com 20 gramas da pomada Clotrimazol 10 mg tem um valor aproximado de R$ 15,00 reais.

Pomada Nistatina para Candidíase

Nistatina é mais uma pomada para passar na glande dos homens. Trata-se de um medicamento fungicida muito eficaz no combate à Candida Albicans e outros fungos promovedores da micose.

Como resultado de sua ação sobre as paredes da células dos fungos, sensíveis, esses são destruídos.

Substância ativa nesse medicamento – cada grama da pomada contém 100.000 UI de Nistatina.

Como usar esse medicamento – deve-se aplicar uma fina camada da pomada sobre a glande procurando cobrir toda a área a ser tratada. As aplicações podem ser feitas 2 vezes ao dia.

Efeitos adversos desse medicamento – os efeitos adversos mais  comuns que esse medicamento pode apresentar são:

  • Irritação,
  • Sensibilidade na pele,
  • Sensação de queimação,
  • Prurido.

Contra-indicações – esse medicamento é contra-indicado para pessoas com sensibilidade à sua fórmula.

Valor desse medicamento – a embalagem com 60 gramas da pomada Nistatina tem um valor aproximado de R$ 17,00 reais.

Remédio Fluconazol Dose Única 150 mg

Fluconazol Dose Única 150 mg  é indicado para o tratamento de Candidíase Vaginal aguda e recorrente. Além disso, ele também é eficaz para tratar a Balanite por Cândida.

Portanto, esse é mais um medicamento que pode ser recomendado para o tratamento das infestações por fungos na glande.

O tempo médio para o início do alívio dos sintomas é de 1 dia após a administração de dose única oral desse medicamento. Fluconazol 150 mg dose única é portanto muito recomendado para o tratamento de infestação fúngica.

Essa recomendação inclusive vale tanto para homens como para mulheres com as infestações por candidíase.

Ademais, esse medicamento também é eficaz para combater infestações por Tínea Pedis, Tínea Corporis, Tínea Cruris, Tínea Unguium (onicomicoses).

Substância ativa nesse medicamento – cada cápsula contém 150 mg de Fluconazol.

Como usar esse medicamento – esse medicamento é recomendado para ingerir em dose única. No entanto, para evitar a reincidência, o melhor é fazer o tratamento 1 vez ao mês por até 12 meses.

No entanto, por segurança, o  médico deverá fazer uma recomendação mais específica levando em conta o quadro clínico do paciente.

Efeitos adversos desse medicamento – o uso desse medicamento pode causar os seguintes efeitos adversos:

  • Náuseas,
  • Vômitos,
  • Dor de cabeça,
  • Dores abdominais,
  • Diarreia,
  • Flatulência.

Contra-indicações – esse medicamento é contra-indicado nas seguintes situações:

  • Para pessoas com sensibilidade à sua fórmula,
  • Para mulheres no período de gravidez.
  • Para mulheres em período de amamentação.

Atenção – para pacientes com insuficiência renal a recomendação desse medicamento, deve ser controlada por um médico especialista para evitar maiores danos ao órgão.

Valor desse medicamento – a embalagem com 2 cápsulas de Fluconazol Dose Única tem um valor aproximado de R$ 17,00 reais.

Creme Canesten

Canesten é um medicamento de uso tópico bastante versátil, pois é capaz de combater uma variedade de infestações fúngicas. Entre as vantagens para esse medicamento está a de combater os fungo Candida Albicans.

Substância ativa nesse medicamento – cada grama do creme Canesten contém 10 mg de Clotrimazol.

Como usar esse medicamento – para tratar da glande nos homens, a recomendação médica geralmente é de 2 a 3 aplicações ao dia. O creme deve ser aplicado sobre a glande e prepúcio mas antes, precisa ser higienizado.

O período de tratamento varia de 7 a 15 dias consecutivos. No entanto, apenas o médico responsável é quem poderá recomendar depois de avaliar o quadro clínico do paciente.

Efeitos adversos desse medicamento – esse medicamento pode apresentar alguns efeitos adversos mais comuns, tais como:

  • Desmaios,
  • Queda na pressão arterial,
  • Falta de ar,
  • Urticária na pele,
  • Formação de bolhas na pele na área tratada
  • Inchaço,
  • Dor,
  • Irritação na pele,
  • Descamação,
  • Coceira,
  • Ador,
  • Queimação,
  • Erupção cutânea.

Contra-indicações – esse medicamento é contra-indicado nas seguintes situações:

  • Para mulheres grávidas,
  • Para mulheres no período de gestação,
  • Para pessoas com sensibilidade à fórmula do medicamento.

Valor desse medicamento – a embalagem com 20 gramas de Creme Canesten tem um valor aproximado de R$ 21,00 reais.

Remédio caseiro como reforço nos tratamentos

Se formos buscar, certamente poderemos encontrar algumas opções em medicamentos naturais para ajudar no tratamento de infestações fúngicas na glande.

No entanto, queremos aqui, citar apenas uma opção em remédio que podemos ter em casa, na cozinha. Trata-se do vinagre de maçã, bastante recomendado para auxiliar no tratamento de muitas doenças.

O vinagre de maçã, muito usado na culinária, apresenta propriedades antibacteriana e antimicótica. Portanto, pode ser usado com o propósito de auxiliar no combate às infestações fúngicas como é o caso da Candidíase.

Então, escolha entre as duas formas de tratamento;

  • Coloque o órgão genital de molho por alguns minutos com toda a área afetada afundada no vinagre. Faça isso, 2 vezes ao dia.
  • Outra ideia é menos drástica. Nesse caso, use um chumaço de algodão embebido no vinagre de maçã para massagear o órgão genital.

Massageie toda a  extensão do órgão afetado pela infecção. Certamente que esse tratamento, independente da opção escolhida, vai causar algumas irritações.

Por isso, se acaso ser difícil suportar a coceira, por exemplo, misture o vinagre com um pouco de água e capriche no tratamento.