Pomada para bebê com Alergia na pele, Como Tratar

Bebês com alergia na pele, certamente é muito comum, pois nessa fase da vida, a pele é muito sensível e fina. Por isso, também as infecções de pele são mais frequentes, pois os micro-organismos na pele encontram menos resistência.

Além disso, pelo fato de a pele do bebê ser mais sensível, ela facilmente fica irritada. As vezes, até mesmo o calor ou o tecido das roupas podem provocar reações alérgicas na pele da criança.

Por isso, os bebês são bastante susceptíveis às reações alérgicas, pois até mesmo o sistema imunológico ainda imaturo. Entretanto, essa complicação de saúde pode ter várias causas.

Por isso, quando essas complicações acontecem com maior gravidade, é importante levar a criança ao médico sem demora. Se por ventura for necessário, o profissional recomendará uma pomada para bebê com alergia para combater logo o problema.

Sintomas alérgicos observados

Por vezes, dependendo da gravidade, os quadros alérgicos podem se limita apenas a uma coceira com marcas no corpo. Entretanto, essas reações podem ser mais severas, chegando a causar  a obstrução das fossas nasais.

Porém, os sintomas que apontam para uma complicação alérgica no bebê variam de acordo com o agente causador da alergia. Costumeiramente, os sintomas mais comuns são:

  • Pele seca,
  • Pele com uma coloração avermelhada com aspecto irritado,
  • Coceira na pele que por vezes é mais intensa e desconfortável para o bebê,
  • Descamação na pele,
  • Dificuldades para respirar, principalmente no período da noite,
  • Comichão  e pequenas bolhas na pele,
  • Coriza ou obstrução das fossas nasais.

Com toda a certeza, a alergia pode causar bastante incômodo para o bebê. Portanto, é importante não perder tempo e buscar logo por um médico especialista para tomar as devidas providências.

Alergia às Fraudas

 

Também conhecida como Dermatite de Fraldas, esse é um tipo de alergia provocada pela ação da urina ou fezes na pele do bebê. Certamente que a urina ou as fezes em atrito com a pele, provoca as assaduras ou queimação na pele da criança.

Como resultado disso, temos um quadro de alergia com inflamação. Ademais, se esse problema não for tratado adequadamente e com alguma urgência, certamente resultará em danos maiores.

Por isso, para combater a Dermatite de Fraldas, o médico poderá recomendar algumas opções em pomadas, tais como:

  • Calêndula Baby creme – trata-se de um creme com uma formula mais natural que ajuda a proteger a pele do bebê.  Como resultado de sua ação, ele combate as assaduras e as irritações na pele.

Substância ativa nesse creme – esse creme contém Extrato de flores de calêndula e não apresenta nenhuma contra-indicação.

Como usar – Calêndula Baby creme deve ser passado na pele do bebê sempre após a sua higienização. Com toda a certeza, esse medicamento pode ser usado nos bebês desde o seu primeiro dia de vida.

Esse medicamento é facilmente encontrado nas melhores farmácias. Porém, para quem se importa com valores, é preciso fazer uma pesquisa para conseguir o melhor preço.

  • Bepantol Baby – outra pomada para bebê com alergia, Bepantol Baby apresenta uma fórmula muito especial. Como resultado de sua ação, as assaduras provocadas pelas fraldas no bebê são rapidamente tratadas.

Substância ativa nesse medicamento – esse medicamento contém Dexpantenol e vitamina B5 com ação hidratante e cicatrizante. Certamente uma ótima opção em creme para tratar da pele ferida do bebê.

Como usar esse medicamento – aplique o creme nas áreas da fralda do bebê sempre que fizer a higienização. As aplicações podem ser feitas principalmente após o banho.

No entanto, é importante certificar-se de que a pele do bebê esteja bem seca.

Picada de Mosquito e formiga

A grande maioria das crianças, sofrem com as picadas de mosquitos, principalmente aquelas que vivem em regiões interioranas. Como resultado dessas picadas, as vezes, a criança apresenta reações alérgicas com as bolinhas na pele.

Para algumas crianças, as reações alérgicas são mais brandas. No entanto, para outras, podem surgir reações alérgicas mais severas.

Portanto, também nessa situação, será melhor buscar pela ajuda médica como segurança. Devemos levar em conta que se trata de criança e não de adultos.

Na visita ao médico, certamente o profissional da saúde deverá recomendar algum tipo de medicamento. Nesse caso, uma pomada mais específica para tratar de picadas de mosquito, tais como:

  • Loção de Calamina – esse medicamento é muito eficaz para combater os sintomas provocados pela picadas de mosquito e formiga. Entretanto, esse medicamento não é recomendado para crianças menores de 2 anos de idade.

Substância ativa nesse medicamento – cada ml dessa loção contém:

  • 80 mg de Calamina,
  • 1,0 mg de Cânfora,
  • 10 mg de Cloridrato de Difenidramina.

Como usar esse medicamento – primeiramente é preciso certificar-se de que as áreas da pele a ser tratadas estão devidamente limpas. Aplique então a loção diretamente sobre as áreas da pele afetadas.

As aplicações desse medicamento devem ser feitas 3 a 4 vezes ao dia, por um período máximo de 7 dias.

  • Azuleno creme – esse medicamento é bastante recomendado para combater os sintomas das picadas de mosquito e para outras afecções na pele. Trata-se um medicamento com extrato de flor de Camomila. Muitos são os benefícios da Camomila para a pele, tanto para criança como para pessoas adultas.

Como usar esse creme – aplique o creme sobre a pele onde está a picada do mosquito sempre com camadas finas. A aplicação pode ser feita 2 a  3 vezes ao dia.

 

O calor

 

Nos dias mais quentes do ano é muito fácil os bebês e crianças de mais idade, contraírem algum quadro alérgico devido ao tipo de roupas que estão usando. Entre essas complicações está a Brotoeja, muito comum nas crianças.

Para combater esse tipo de quadro alérgico que apresenta sintomas bem visíveis na pele podemos fazer uso de alguns cremes hidratantes que trazem em sua composição a Babosa ou a Calamina, por exemplo, que têm ação calmante.

Além disso, para quem tem a planta da babosa em casa, pode aproveitá-la in natura. Basta descascar a folha e esfregar o gel que ela possui diretamente na pele do bebê.

Além disso, é importante dar banhos frios na criança, oferecer-lhe muita água pura e trocar as roupas mais quentes por peças de roupas bem leves que evitam a transpiração excessiva.

Quando a situação alérgica é mais severa, é importante não tardar em buscar por ajuda de um pediatra. Nessas horas, é melhor agir com segurança e buscar o melhor tratamento.

Infelizmente, mesmo com todos os apelos feitos pela mídia, ainda existem pais que administram medicamentos errados para a criança.

De fato, para proteger a criança, nunca decida por sua conta, qual será o medicamento de farmácia que oferecerá para ela.

Brotoeja no Bebê

 

Também conhecida como Miliária, a Brotoeja é uma dermatite bastante comum nos bebês e é causada pela obstrução dos ductos das glândulas sudoríparas.

Para combater a Brotoeja, não se deve administrar medicamento algum que não seja recomendado pelo pediatra responsável. A princípio, esse é um tipo de alergia que costuma desaparecer por conta própria.

Além disso, somente em situações mais complicadas é que o medico irá recomendar algum tipo de creme para passar na pele. É preciso lembrar que se não for um medicamento adequado, este poderá obstruir ainda mais os ductos das glândulas sudoríparas.

Veja algumas dicas que podem ser seguidas

  • Aplique um banho fresco na criança. Além disso, antes de secá-la, deixe que a pele seque naturalmente, Isso, certamente ajudará a criança a se restabelecer.
  • Evite vestir a criança com roupas mais quentes. Primeiramente pense na ideia de deixá-la sem roupas ou então, que pelo menos essas roupas sejam bem folgadas.

Dermatite de contato (assaduras)

 

Também conhecida como Assadura, a Dermatite de Contato ocorre quando a pele do bebê fica muito tempo em contato com as substâncias irritantes na pele, tais como: urina, fezes, saliva e cremes usados sem a devida atenção.

Como resultado dessa reação alérgica na pele, a criança apresenta sintomas como:

  • Pele com a coloração avermelhada,
  • Coceira na área da pele afetada pela dermatite,
  • Condições de haver descamação da pele.

Nesse caso, o dermatologista poderá recomendar alguns medicamentos mais específicos, tais como:

Acetato de Hidrocortisona creme

O creme de Acetato de Hidrocortisona certamente é muito eficaz no combate de doenças inflamatória e alérgicas na pele. Portanto, ele pode ser útil como pomada para bebê com alergia na pele.

Além disso, também é útil no tratamento de eczemas, picadas de inseto, queimaduras, entre outras complicações.

Substância ativa nesse medicamento – cada grama do creme contém 10 mg de Hidrocortisona.

Como usar – para bebês e crianças até 4 anos, o tratamento não deve se prolongar por mais de 3 semanas. O creme deve ser aplicado com camadas finas sobre a área da pele a ser tratada.

Deve-se ter um cuidado ainda mais especial sobre as áreas da pele cobertas pela fralda. Após a melhora dos sintomas, o tratamento deve ser continuado por mais alguns dias, com apenas 1 aplicação ao dia.

Efeitos adversos desse medicamento – o uso desse medicamento poderá provocar efeitos adversos mais comuns como:

  • Coceira na área da pele tratada,
  • Vermelhidão na pele,
  • Ardor na pele,
  • Formação de bolhas na área da pele tratada.

Acetato de Dexametasona creme

Outro medicamento de uso tópico que é bastante recomendado para tratar de inflamações na pele. O creme Dexametasona é indicado para crianças e adultos e o alívio dos sintomas é imediato.

Substância ativa nesse medicamento – cada grama desse medicamento contém 1,0 mg de Acetato de Dexametasona.

Como usar esse medicamento – em geral, a recomendação é de 2 ou 3 aplicações ao dia. Entretanto, por se tratar de crianças, é importante buscar pela recomendação de um pediatra.

Opções em remédios naturais

Não podemos deixar de mencionar que existem algumas opções em remédio natural para tratar de condições alérgicas no bebê. Entre essas soluções podemos citar:

  • Compressa de Camomila

A Camomila apresenta propriedades anti-inflamatórias e calmantes. Portanto, pode se usada com sucesso para aliviar os sintomas da alergia na pele do bebê.

Para preparar a compressa, proceda da seguinte forma: providencie 30 gramas de flores de Camomila para 500 ml de água fervente.

Deixe agir por infusão até que a água fique em temperatura adequada para a pele da criança. Passado esse tempo, com uma flanela macia, aplique a compressa sobre as áreas da pele afetadas.

Essa compressa pode ser feita pela manhã e no período da tarde/noite. No entanto, é necessário observar a higienização adequada da criança antes de cada tratamento.

  • Pasta de Linhaça

Por conta das propriedades anti-inflamatórias encontradas na linhaça, essa semente também é útil no tratamento de alergia na pele. Nesse caso, é necessário fazer uso da farinha de linhaça com água morna.

Providencie então, 5 colheres de farinha de linhaça para ser misturada à água com o intuito de formar a pasta. Com a pasta pronta, é só aplicá-la diretamente sobre as áreas da pele afetadas na criança.

As aplicações devem ser feitas 1 a 3 vezes ao dia. Para manter a pasta sobre a pele, é importante protegê-la com gaze.