Remédio para Artrite e Artrose, nomes, Tratamento

Com sintomas parecidos, porém, com causas e tratamentos diferentes, a Artrite e a Artrose são muitas vezes confundidas e por conta disso, muitas vezes são tratadas com medicamentos impróprios para cada caso.

Por isso, vamos aqui, tecer alguns comentários sobre esses dois tipos de inflamação e aproveitar para citar opções em remédio para Artrite e Artrose que podem ser recomendados pelos especialistas.

Independente de qual for o problema, sem sombra de dúvidas, o desconforto provocado pelas dores são intensos e, por isso, o problema precisa ser tratado assim que surgirem os primeiros sintomas.

 

A Artritre

 

Artrite é o nome denominado para as inflamações nas articulações. É importante que se diga que a Artrite não é uma doença e sim, um sintoma de algum tipo de doença reumática.

A Artrite é caracterizada pela dor, vermelhidão e inchaço e o aumento da temperatura da pele na região da articulação afetada. Em alguns casos, ainda pode levar a dificuldades de movimento dessa articulação.

 

 

Articulações mais Afetadas

 

Quando o problema é referente a Artrite, a inflamação pode afetar qualquer uma das articulações do corpo. Porém, as articulações mais susceptíveis a esse tipo de inflamação são:

  • Articulações das mãos,
  • Articulação dos pulsos,
  • Articulação dos dedos,
  • Articulação dos pés,
  • Articulação dos dedos dos pés.

Sintomas da Artrite

 

A artrite pode ser identificada diante de sintomas como:

  • Dor e vermelhidão em uma articulação,
  • Inchaço e dificuldades para mover uma articulação.

Esses sintomas certamente podem surgir com uma intensidade menor ou maior dependendo da gravidade.

Dependendo da articulação afetada, por vezes, o problema nem é levado muito a sério. Porém, em algumas situações, quando a inflamação causa dificuldades para executar algumas tarefas, não tem como negar o problema.

Na verdade, a Artrite não é uma doença, propriamente dita, mas um processo inflamatório das articulações provocado por algum tipo de doença, tais como:

  • Febre reumática,
  • Lúpus,
  • Gota,
  • Doença de Crohn,
  • Espondilite Anquilosante,
  • entre outras.

Tipos de Artrite

 

Existem alguns tipos diferenciados de artrite, cada um com suas complicações e também com formas diferenciadas para ser tratadas. Por conta disso, quando existe uma suspeita desse tipo de inflamação, é importante buscar por um médico especialista para saber o que, de fato está acontecendo.

Sobre esses tipos de atrite, vamos então fazer alguns comentários para torná-los mais conhecidos.

Osteoartrite

 

Denomina-se de Osteoartrite uma doença que acontece nas articulações que provoca a degeneração das cartilagens e alterações nas estruturas ósseas que se avizinham a articulação afetada. Em geral, as articulações das mãos, joelhos, coluna e coxofemurais são as mais afetadas.

Essa é considerada a doença reumática mais comum tanto em homens como em mulheres. Segundo alguns estudos, cerca de 85% das pessoas com mais de 40 anos podem apresentar sinais da doença em um exame de raio X, mesmo que grande parte dessas pessoas não apresentem algum sintoma.

Artrite Gotosa

 

Também conhecida como “Doença dos Reis” a Atrite Gotosa ou simplesmente “Gota” é uma condição inflamatória que ataca as articulações. Esse problema acontece por conta da alta taxa de ácido úrico no sangue bem acima do normal.

A Gota é uma doença conhecida já dos tempos antigos e leva o nome de Doença dos Reis por causa da grande quantidade de alimentos, especialmente as carnes que os reis costumavam ingerir nas refeições.

Costumeiramente, os homens são mais propensos  a essa doença do que as mulheres, até mesmo pelo fato de os homens apresentarem mais o ácido úrico no organismo em comparação às mulheres.

Ademais, o hormônio Estrógeno que é um hormônio feminino contribui para a queda do ácido úrico nos rins. Por conta disso, as mulheres dificilmente serão vítimas desse mal, pelo menos, antes dos 50 anos, ou seja, antes de entrarem no período da menopausa.

Grupos de Risco

 

A artrite pode surgir de uma lesão de cartilagem que não é devidamente tratada. Quando a inflamação é tratada em tempo e com eficácia, o problema poderá ser resolvido, do contrário, complicações maiores sobrevirão comprometendo o bem estar do indivíduo.

Ademais, existem alguns fatores que podem contribuir diretamente para que um indivíduo venha a contrair esse tipo de inflamação. Entre esses problemas, destacamos:

  • Problemas genéticos,
  • Idade – o risco de sofrer com a artrite aumenta na terceira idade,
  • As mulheres são mais propensas a desenvolverem a artrite,
  • Pessoas que tiveram lesões nas articulações tem maiores chances de sofrerem com a artrite,
  • Com o excesso de peso, também a pressão sobre as articulações são maiores, favorecendo esse tipo de inflamação nas articulações, especialmente na região do quadril e joelhos.

A Artrose

 

A Artrose, também conhecida por Osteoartrite, é uma doença crônica caracterizada pela perda da cartilagem articular e a degeneração dos ossos que compõem essa articulação. Também é importante entender que uma Artrite quando não é tratada de forma correta, pode então evoluir e causar a Artrose.

Entre os sintomas que a Artrose apresenta podemos citar: Dor, rigidez, inchaço, perda da mobilidade e mudanças no formato da articulação afetada.

 

Partes mais Afetadas

 

A Atrite ou a Artrose podem afetar qualquer articulação no corpo, porém, é mais comum acontecer esse tipo de inflamação nos dedos das mãos e dos pés, nos joelhos e também na coluna vertebral e no quadril.

Também podemos lembrar de que a dor causada pela Artrite ou Artrose já como doença, costuma ser mais intensa nos dias frios do ano.

Artrose e Artrite são complicações que pode se desenvolver em pessoas de qualquer idade, inclusive nas crianças, mas é sempre mais comum ocorrer em indivíduos a partir dos 60 anos de idade.

Além disso, esse tipo de complicação nas articulações é mais provável em indivíduos com sobre-peso e as mulheres tem maior propensão para o problema.

 

Sintomas da Artrose

 

Quando o problema é a Artrose, em geral, a reclamação dos pacientes para o médico é a dor para fazer os movimentos das articulações afetadas. Outros sintomas da artrose são:

  • Rangido nos movimentos,
  • Inchaço nas articulações,
  • Dor na articulação afetada que costuma ser mais intensa no final do dia,
  • Formação de nódulos provocados pela calcificação nas juntas,
  • Dormência nos membros afetados,
  • entre outros sintomas.

Quando, por exemplo, o problema se manifesta na articulação dos dedos na mão, o paciente poderá apresentar dificuldades para mexer os dedos e com isso, não conseguir escrever ou segurar algum objeto, entre outros movimentos.

Se acaso o problema acontece na articulação dos joelhos, o indivíduo poderá apresentar dificuldades para caminhar ou mesmo para se sentar ou se levantar.

A Artrose é uma doença que infelizmente não tem cura. Nesse caso, o paciente poderá ser orientado por um médico a usar medicamentos para amenizar os sintomas ou então passar por um procedimento cirúrgico para retardar a ação da doença.

Porém para se alcançar os melhores resultados, apesar de não serem definitivos, é importante buscar pela ajuda médica assim que se perceber que algo está errado.

Antes de se pensar em um tratamento para solucionar o problema, é preciso ter a garantia de que não se trata de uma Artrite, mas de fato da Artrose.

Entre as opções como tratamento, a prática de atividades físicas movimentando as articulações afetadas também são necessárias para evitar o avanço da doença.

O Remédio Artrolive

 

Como remédio para Artrite e Artrose, Artrolive pode ser uma boa indicação vinda dos médicos, pois trata-se de um medicamento age diretamente sobre a cartilagem das articulações promovendo sua regeneração e aliviando os sintomas da inflamação.

Substância ativa nesse medicamento – cada cápsula de Artrolive contém:

  • 500 mg de Sulfato de Glicosamina,
  • 400 mg de Sulfato de Condroitina.

Como usar esse medicamento – em geral, nos tratamentos para os adultos, o médico recomenda o uso de 1 cápsula de Artrolive, 3 vezes ao dia. Os efeitos do medicamento costumam aparecer a partir da 3ª semana de tratamento, mas é importante que o tratamento seja seguido com consciência para que os resultados esperados aconteçam de fato.

Efeitos adversos desse medicamento – alguns dos efeitos adversos que esse medicamento pode apresentar são:

  • Edema periférico,
  • Hipertensão sistólica reversível,
  • Taquicardia.

Contra-indicações – esse medicamento é contra-indicado nas seguintes situações:

  • Para crianças menores de 16 anos,
  • Para mulheres gestantes,
  • Para mulheres no período de amamentação,
  • Para pessoas com sensibilidade à fórmula do medicamento.

Valor desse medicamento – uma embalagem contendo 90 cápsulas de Artrolive tem um valor aproximado de R$ 250,00 reais.

 

O Remédio Ciclosporina

 

Ciclosporina é mais um remédio para Artrite e Artrose que os médicos especialistas podem recomendar. Na verdade, esse é um medicamento imunossupressor que age controlando o sistema imunológico do ser humano e é útil para tratar Uveite Intermediária, Artrite Reumatoide grave, Psoríase grave, Eczema grave, entre outras doenças auto-imunes.

Substância ativa nesse medicamento – cada cápsula desse medicamento contém 100 mg de Ciclosporina.

Como usar esse medicamento – o tratamento com a dosagem diária com Ciclosporina deve ser indicado diretamente pelo médico que antes irá fazer uma avaliação clínica do paciente.

Efeitos adversos desse medicamento – entre os efeitos adversos mais comuns que a Ciclosporina pode apresentar estão:

  • Disfunção renal,
  • Tremores,
  • Hipertensão,
  • Diarreia,
  • Náuseas,
  • Vômitos,
  • Anorexia,
  • entre outros efeitos indesejáveis.

Valor desse medicamento – a embalagem com 50 cápsulas de Ciclosporina 100 mg tem um valor aproximado de R$ 680,00 reais.

 

Remédio Sulfato de Hidroxicloroquina

 

Outro medicamento indicado para tratar da Artrite e Artrose, Sulfato de Hidroxicloroquina também é muito eficaz para combater doenças fotossensíveis, malária e lúpus eritematoso entre outros males.

Substância ativa nesse medicamento – cada comprimido revestido contém 400 mg de Sulfato de Hidroxicloroquina.

Como usar esse medicamento – esse medicamento deve ser recomendado diretamente pelo médico responsável pelo paciente que antes deverá fazer uma avaliação clínica desse paciente.

A ação do Sulfato de Hidroxicloroquina é cumulativa e exige algumas semanas de tratamento até que comecem os efeitos, porém, os efeitos adversos começam assim que começa o tratamento. Por isso, é preciso cautela com esse medicamento pois as vezes poderá ser necessário alguns meses de tratamento para que se consiga os resultados esperados.

Efeitos adversos desse medicamento – o uso de Sulfato de Hidroxicloroquina é mais um medicamento que pode apresentar muitos efeitos adversos. Por isso, é importante buscar pela recomendação médica para um tratamento mais seguro.

Valor desse medicamento – a embalagem com 30 comprimidos de Sulfato de Hidroxicloroquina tem um valor aproximado de R$ 85,00 reais.

 

Anti-inflamatório Naproxeno Sódico

 

Naproxeno Sódico é um medicamento anti-inflamatório de grande poder para tratar de condições inflamatórias no sistema músculo-esquelético e outras condições com inflamação.

 

Substância ativa nesse medicamento – cada comprimido contém 250 mg ou 500 mg de Naproxeno Sódico.

Como usar esse medicamento – em geral, a recomendação médica é de 1 comprimido de Naproxeno Sódico 250 mg, 2 vezes ao dia ou então, 1 comprimido de 500 mg uma vez ao dia. O tratamento não deve ultrapassar a a 10 dias consecutivos, a menos que seja recomendado pelo médico.

Efeitos adversos desse medicamento – Naproxeno Sódico é um medicamento que pode provocar uma variedade de efeitos adversos. Por conta disso, é imprescindível que o tratamento seja feito sob a supervisão de um médico responsável.

Valor desse medicamento – a embalagem com 20 comprimidos de 500 mg de Naproxeno Sódico tem um valor aproximado de R$ 23,00 reais.

Leia também: