Antibiótico Azitromicina Indicações de Tratamentos

Mesmo nesses tempos modernos com todo o avanço da ciência e a tecnologia moderna para manter a população bem informada, ainda é muito possível haver uma infestação por bactérias e outros micro-organismos que podem causar doenças bem diversas.

Basta nos encontrarmos com o nosso sistema de defesa um pouco debilitado para que alguma coisa aconteça e essas infestações aconteçam.

Para combater essas infestações, medicamentos como o antibiótico Azitromicina pode ser administrado com muito sucesso e é sobre ele que vamos tecer alguns comentários a partir de agora.

Porém, ao buscar pela ajuda médica, é sempre importante saber desse profissional sobre os riscos que o medicamento recomendado poderá apresentar.

Além disso, busque saber da possibilidade de um tratamento com medicamentos naturais. Em casos menos severos, esses medicamentos podem ser de grande ajuda e oferecem menos riscos de efeitos colaterais.

 

Composição

 

Cada comprimido revestido contém 500 mg de Azitromicina di-hidratada.

 

Para Infecção no Ouvido

 

Existem diferentes tipos de infecções no ouvido, porém a mais comum é denominada de Otite média aguda que causa a inflamação e infecção do ouvido médio localizado atrás do tímpano.

Essa é uma infecção bastante dolorosa que atinge especialmente o público infantil e é causada por vírus ou por bactérias que precisam ser combatidas logo que se apresentarem os primeiros sintomas.

É bastante comum esse tipo de inflamação acontecer motivada como sintoma de outras doenças como reações alérgicas ou gripe.

Muitas vezes a Otite média não necessita de tratamentos com antibióticos, pois ela pode desaparecer em um prazo máximo de 2 semanas, mas se acaso necessitar de um tratamento, este deverá ser administrado por um médico otorrino.

Como usar o medicamento – a Azitromicina para curar a Otite em adultos ou em crianças com mais de 45 kg deve ser usada em dose de 500 mg ao dia por 3 dias consecutivos

 

Para Dsts Clamídia e Gonorreia

 

A Clamídia e a Gonorreia são as doenças sexualmente transmissíveis mais comuns em todo o mundo sendo que a Clamídia é causada pela bactéria Chlamydia trachomatis enquanto que a Gonorreia é causada pela bactéria chamada Neisséria.

Para combater essas duas doenças DST podemos usar o antibiótico Azitromicina da seguinte forma:

Uma dose única oral de 1000 mg de Azitromicina.

Convém lembrar que quando se trata de doenças sexualmente transmissíveis, o parceiro também deve ser investigado, pois provavelmente ele vai estar infectado.

Também não podemos esquecer, que existem casos com poucos sintomas, e por isso, a atenção precisa ser redobrada e as relações sexuais devem ser evitadas, pelo menos até que se resolva o problema.

 

Inflamações na Garganta

 

Por se tratar de um antibiótico o remédio Azitromicina também é bastante eficaz no combate as inflamações na garganta que em geral acontecem sempre que o sistema imunológico se encontra com alguma deficiência.

Como muita gente já sabe, o antibiótico Azitromicina se tornou muito popular devido a sua eficácia e pelas facilidades de usá-lo em tratamentos.

Como usar o medicamento – para combater as inflamações na garganta, a dosagem geralmente recomendada pelos médicos é de 1 comprimido de 500 mg ao dia por um período de 3 dias.

Porém, é importante que se busque pela recomendação médica, pois em se tratando de antibiótico, os cuidados com a administração devem ser sempre mais intensos.

 

Para Pneumonia

 

O antibiótico Azitromicina também é muito eficaz no combate a Pneumonia, pois também esta é uma doença infecciosa causada por bactérias e por vezes também por fungos ou alguns vírus.

Como usar a Azitromicina – como em alguns outros casos, graças a versatilidade desse medicamento, o combate a Pneumonia acontece com doses de 500 mg diária por um período de 3 dias.

Para maior segurança no tratamento, é preciso buscar aconselhamento médico antes de decidir-se pelo medicamento, não esquecendo que se trata de um antibiótico e com estes, não podemos facilitar.

 

Para Sinusite

 

Como já se sabe, Azitromicina Di-hidratada é um poderoso antibiótico capaz de tratar uma variedade de complicações relacionadas a infecções no organismo.

Entre essas complicações, esse medicamento pode combater a Sinusite.

A Sinusite é uma inflamação que acontece na mucosa dos seios da face, região do crânio formada por cavidades ósseas ao redor do nariz, maças do rosto e olhos.

Esse tipo de inflamação que pode ser aguda ou crônica pode acontecer por conta de uma infecção, quem sabe um quadro alérgico ou então por qualquer outro fator que impeça a correta drenagem da secreção dos seios da face.

Agentes infecciosos como as bactérias, fungos e vírus são os principais causadores desse tipo de inflamação. Mas também existem os fatores alérgicos que podem contribuir.

Quando então, esse problema é causado por uma infecção bacteriana, na consulta ao médico, este irá recomendar o uso de antibióticos como a Azitromicina.

Com respeito ao tratamento, por se tratar de antibióticos, somente o médico é quem poderá garantir a melhor forma de tratamento. Para isso, precisará levar em conta a gravidade do problema e também a idade do paciente.

Trata Faringite

 

A Azitromicina também é recomendada para tratar da Faringite que é uma inflamação que acontece na Faringe.

A Faringe para quem ainda não sabe é um importante órgão localizado na região da garganta. Esse órgão faz ligação entre o nariz e a boca e também faz conexão da laringe com o esôfago.

Assim, quando a faringe inflama, o indivíduo sente uma certa irritação, dor, coceira e muito desconforto na região da garganta.

Esse é mais um tipo de inflamação que costuma acontecer nos meses mais frios do ano. No inverno, o ar é mais seco e as pessoas costumam se concentrar em ambientes fechados com pouca ventilação.

Com isso, as bactérias e vírus encontram maior facilidade para agirem e causarem as infecções.

E quando então a Faringite é provocada pela ação de bactérias o tratamento precisará ser feito com antibióticos e, nesse caso a Azitromicina é uma das opções que o médico poderá recomendar.

É preciso entender que quando se trata de bactérias atacando o organismo, estas precisam ser combatidas rapidamente e por isso, os antibióticos são necessários.

Para Bronquite

 

A Bronquite é um processo inflamatório que afeta os brônquios e na sua forma aguda, a doença é considerada muito comum. Porém, é a doença na sua forma crônica que certamente vai preocupar mais.

Essa é uma doença respiratória que geralmente é associada a outra complicação de saúde, por exemplo, as gripes. Quando não tratadas de forma adequadas, elas então podem se tornar crônicas e dificultar o processo de cura.

No caso de uma bronquite aguda, a causa mais comum para a doença são os vírus e, nesse caso,muito provavelmente o médico irá recomendar repouso, ingestão de líquidos saudáveis e um medicamento com ação antipirética.

Porém, quando se trata de uma infecção bacteriana, mais uma vez precisa entrar em ação um medicamento antibiótico como a Azitromicina.

O uso para Crianças, doses

 

Todo ser humano deveria saber que medicamentos a base de antibióticos devem ser usados com muito cuidado e sempre com a prescrição de um médico responsável.

Quando é de fato necessário o uso de antibiótico como a Azitromicina di-hidratada para crianças, a dose máxima recomendada para qualquer tratamento é de 1500 mg.

Porém, a Azitromicina di-hidratada na forma de comprimidos revestidos só deve ser administrada para crianças que pesem mais de 45 kg e, nesse caso, a dose total em crianças é de 30 mg/kg de peso.

Também devemos lembrar que para cada situação, o médico com consciência irá determinar um tipo de tratamento com esse antibiótico. Para isso, certamente ele vai levar em conta a gravidade do problema descoberto através de exames e é claro a idade dessa criança.

No caso da necessidade de uma dose total de 30mg/kg de peso para a criança, a dose deve ser administrada em dose única diária de 10 mg/kg de peso durante 3 dias seguidos com a administração feita sempre no mesmo horário.

O Uso para Adultos, doses

 

Com respeito ao medicamento recomendado para os adultos, também nesse caso, a Azitromicina deverá ser usada com cuidado e sempre com a recomendação de um médico responsável.

Para tratar de doenças sexualmente transmissíveis provocadas por bactérias sensíveis a Azitromicina, a dose é de 1.000 mg em dose única.

No caso de outras complicações infecciosas provocadas por bactérias sensíveis, a indicação do medicamento na forma oral é de 1 dose total de 1500 mg. Essa dosagem deverá ser administrada em doses diárias de 500 mg durante 3 dias seguidos e sempre no mesmo horário.

Nomes Comerciais, preços

 

A Azitromicina é encontrada no mercado com alguns nomes comerciais, tais como:

  • Azi,
  • Zithromax,
  • Astro.

O valor desse medicamento certamente pode variar bastante de acordo com o local onde for adquirido. Mas para termos uma noção desses valores, eles podem variar de R$ 15,00 reais a até R$ 45,00 reais.

Preços e Receita Médica

 

Complicações de saúde que acontecem por conta de infecções bacterianas ou por outros micro-organismos precisam ser investigadas a fundo para daí então se administrar o tratamento mais ideal. Para essa investigação geralmente são feitos exames diversos e por isso, é preciso buscar por um médico especialista para resolver o problema.

A partir então do diagnostico estabelecido, o profissional médico irá administrar o melhor medicamento, no caso um anti-inflamatório ou mesmo um antibiótico mais específico com o tratamento correto.

Apesar de alguns comentários sugerirem a possibilidade de se conseguir a Azitromicina sem uma receita médica, essa informação e essa atitude não é segura, portanto, não exite em buscar por ajuda médica.

Preço da Azitromicina 500 mg – esse antibiótico muito popular no mercado tem um valor aproximado de R$ 40,00 reais a embalagem com 5 comprimidos, o suficiente para se fazer um tratamento completo para a maioria das doenças.

Efeitos colaterais e contra-indicações – apesar de ser um medicamento aparentemente sem muitas reações adversas, podem surgir alguns efeitos sim, que devem ser relatados, tais como:

  • Náuseas
  • Vômitos
  • Diarreia

Esses efeitos são mais prováveis quando são administradas doses maiores ou iguais a 1000 mg ao dia, mas como já adiantamos, nem sempre eles acontecem.

Além disso, a Azitromicina não deve ser administrada em pessoas com complicações hepáticas, principalmente no caso de Cirrose ou Hepatite, uma vez que o medicamento é bastante tóxico para o Fígado.

Esse medicamento também não deve ser ingerido por mulheres grávidas. Não existe comprovação segura que ele possa fazer algum mal nesse caso, mas por motivo de segurança, melhor é não usá-lo.

Por fim, a Azitromicina não deve ser ingerida por mulheres no período de amamentação, pois o medicamento será de alguma forma absorvido pelo bebê através do leite.

Atenção – por se tratar de antibiótico, é importante que esse medicamento seja utilizado conforme a orientação do médico. A suspensão do medicamento sem que haja indicação prévia do médico, poderá levar à um comprometimento ainda maior da saúde do paciente, pois as bactérias causadoras da infecção poderão se tornar mais resistentes.