Como Fazer o Cartão do SUS passo a passo

 

Tornando mais fácil uma consulta pelo Sistema Público de Saúde. Agora com o Cartão SUS, podemos carregar conosco todos os dados armazenados no que diz respeito à sua saúde.

Por isso, é importante saber como fazer o Cartão do SUS magnético. Assim, com toda a certeza, independente da cidade no Brasil podemos ser atendido no Posto de Saúde mais rapidamente.

Isso então só é possível por que todos os dados sobre a saúde do paciente serão consultados no próprio cartão. Essa é uma vantagem inclusive em casos de acidente em que o paciente se encontra inconsciente.

Ainda entre as vantagens que esse cartão proporciona, além da consulta gratuita que é facilitada, cada paciente também tem maior facilidade para conseguir os medicamentos gratuitos.

O que é

 

Cartão do SUS é o Cartão Nacional de Saúde, que graças a tecnologia de controle do Sistema Único de Saúde, o indivíduo pode consultar gratuitamente em qualquer posto de saúde em todo o Brasil.

Hoje o cartão apresenta um modelo magnético onde estão impressas todas as informações importantes sobre o paciente. Com isso, agora temos maior facilidade para marcar consultas, pois elas são agilizadas.

Mas a grande vantagem é que essas facilidades valem mesmo fora do domicílio. Ou seja, o mesmo cartão é válido em todos os postos de saúde espalhados pelo território brasileiro.

Obrigatoriedade do cartão

Hoje, para que alguém seja atendido pelo Sistema Público de Saúde, é praticamente obrigatório apresentar o cartão SUS. Salvo em casos de emergência, mas mesmo assim, após o atendimento, o cartão precisará ser providenciado.

Por isso, para aqueles que ainda não tem o cartão, é importante buscar por ele o mais rápido possível. Nunca se sabe quando ele será necessário e então, é preciso estar prevenido.

Esse cartão foi criado com o intuito de unificar o Sistema de Saúde Pública e criar um banco de dados. Nesse banco de dados então, estão registradas todas as informações sobre cada paciente.

Portanto, é por demais importante possuir o cartão e só com ele você poderá ser atendido. Com o cartão, você é atendido onde estiver, seja em sua cidade ou fora dela.

Além disso, o cartão possui um número único de registro e não pode ser usado por outros pacientes. No momento de uma consulta, é nesse cartão que o profissional da saúde irá se basear para administrar um tratamento.

Para isso, é claro, ele levará em conta a entrevista e a avaliação física do paciente e também o próprio histórico de saúde do paciente.

 

 

Para que serve

 

Com o cartão SUS, agora os dados sobre cada paciente fica melhor organizado e armazenado.

Portanto, uma pessoa que precisar dos serviços de saúde pelo SUS, ao dirigir-se a uma agência de saúde será mais prontamente atendido. Independente de onde estiver no território nacional, com o cartão em mãos, todos os dados são rapidamente buscados.

Assim, sem maiores complicações com dados, os profissionais de saúde que atenderem, logo vão se inteirar das necessidades do paciente.

Nesse cartão encontram-se armazenados informações úteis sobre o paciente com respeito ao local onde ele foi atendido. Além disso, também estão registrados os serviços de saúde prestados a esse paciente.

E tem mais, informa sobre qual foi o profissional que o atendeu e os procedimentos que foram realizados.

Como resultado dessas informações, é possível que o cidadão seja atendido com maior segurança mesmo longe de seu domicílio. Portanto, basta puxar sua ficha no sistema que tudo o que for preciso saber a seu respeito estará registrado.

Assim, independente de qual profissional médico o atender e onde atender. Agora é fácil inteirar-se de seu histórico médico para saber dos problemas de saúde que o paciente está enfrentando.

Com isso, é mais difícil ocorrer os erros médicos e o serviço de saúde será mais eficiente.

O cartão SUS garante o direito ao atendimento médico gratuito a todo o cidadão brasileiro, independente de quem seja. Portanto, não interessa sua condição financeira, classe social, cor, partido politico.

Para ter direito ao atendimento, basta que o cidadão se dirija a uma das Unidades de Saúde na região onde se encontra. Se for urgente, será atendido em seguida, senão, bastará agendar a consulta com o médico requisitado.

Onde Fazer o cadastro

 

Para aqueles que desejam saber como fazer  Cartão SUS, esse é conseguido gratuitamente. Para isso, basta que o indivíduo se dirija ao Posto de Saúde de sua cidade.

Para tanto, é preciso estar munido de seus documentos para requerer o seu cartão. Portanto, não é difícil consegui-lo e, com isso também facilitar nos momentos de pedir uma consulta.

Além do Posto de Saúde, o cartão pode ser requerido nos hospitais e clínicas credenciadas pelo governo.

Depois de receber o cartão SUS, aconselha-se a cada cidadão ter o cartão a disposição sempre que precisar dos serviços de saúde do Governo.

Dessa forma, o próprio cidadão é beneficiado, pois agilizará o atendimento para resolver seu problema. Enquanto isso, certamente irá facilitar o trabalho dos atendentes no Posto de Saúde.

Da mesma forma, o próprio histórico de saúde do paciente será iniciado sem maiores dificuldades. Então, o paciente terá seu histórico para que fique inteirado do seu quadro clínico.

 

Cartão Online

 

E para aqueles que preferirem tornar o processo de solicitação do cartão SUS mais rápido, pode solicitá-lo através da internet. Nesse caso, é feito um pré-cadastro a ser preenchido na página do Cadastro Nacional de Usuários do SUS.

Com esse pré-cadastro, o cidadão poderá obter o número do protocolo gerado no processo que precisará ser impresso e levado ao posto de saúde. O agente de saúde então verificará o processo e validará todos os dados.

No entanto, será necessário que todos esses dados estejam corretos. Se assim for, já será possível sair do local com o cartão SUS em mãos.

Porém, é importante atentar para um lembrete. É importante se dirigir ao posto de saúde com o protocolo do documento dentro de um prazo máximo de 90 dias.

Se porventura, esse prazo for extrapolado, o cidadão perderá o direito ao cartão e precisará fazer todo o processo do pedido novamente.

Documentos necessários

Sem nenhuma complicação, requerer o cartão SUS é muito fácil, basta reunir alguns documentos.  Entre os documentos mais necessários estão:

  • Carteira de identificação RG,
  • Certidão de Casamento, para os casados,
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF),

Munido desses documentos, basta dirigir-se ao Posto de Saúde mais próximo para dar entrada no Cartão SUS. Nesse caso, também precisamos lembrar que mesmo os indivíduos fora do domicílio, podem buscar pelo Posto de Saúde na cidade e requerer o cartão.

Então, com esse cartão em mãos, tanto o cidadão pode requerer uma consulta como os medicamentos distribuídos no Posto de Saúde. Além disso, também com o cartão o cidadão poderá agendar uma cirurgia pelo SUS quando precisar.

 

Tirando a 2 Via

 

Também para quem deseja saber como fazer o Cartão SUS, se acaso acontecer de alguém extraviar o cartão SUS, não precisa desesperar. Infelizmente, situações como essa, ainda são comuns, mas o bom é que a segunda via também pode ser requerida  gratuitamente.

O usuário deverá se dirigir a uma Unidade de Saúde mais próxima. Ou então à Secretaria de Saúde do seu município para solicitar a segunda via do cartão.

Para isso, novamente será  necessário ter em mãos o RG e o CPF e então deverá informar o porquê dessa solicitação.

Dependendo da região onde essa segunda via do cartão é requerida, o cidadão sai com o documento em mãos na hora. No entanto, em outras situações, ele poderá demorar alguns dias.

Mesmo assim, o único trabalho do cidadão, será o de voltar ao local no dia marcado para pegar o documento. Além disso, em se tratando de facilidades, também essa segunda via do cartão SUS, poderá ser requerida pela internet.

Nesse caso, basta acessar o Portal do Cidadão e buscar pela Área de Cadastro. Com isso, o cidadão será direcionado para uma página onde serão solicitados alguns dados, tais como:

  • Nome completo,
  • Data de nascimento,
  • Certificado de Pessoa Física (CPF),
  • Nome da mãe,
  • Município onde nasceu.

Depois de informado esses dados,  o cidadão deverá imprimir o protocolo do Cartão do SUS. Feito isso, enquanto a segunda via não chegar, ele poderá usar esse protocolo caso necessitar fazer alguma consulta.

Atualização do cartão SUS

Um dos cuidados que todo cidadão deve ter é com respeito a manter o cartão SUS bem atualizado. Isso é importante para evitar uma duplicidade do cartão, o que causa muitos constrangimentos.

Portanto, qualquer mudança de dados que possa comprometer os dados contidos no cartão devem ser informadas. Mudança de endereço, mudança no sobrenome, telefone, entre outros dados, precisam ser informados no Posto de Saúde mais próximo.

Para essa atualização, não esqueça de ter em mãos um comprovante do endereço e demais documentos que possam identificá-lo de forma correta.

Também é importante lembrar que no caso de uma atualização, o cartão continua o mesmo, inclusive o número de registro. Apenas são atualizados os novos dados.

Essa atualização é importante porque é preciso que todos os dados a respeito do cidadão estejam em dia. Além disso, em algumas situações, os agentes de saúde precisarão entrar em contato com o cidadão e, nesse caso, precisarão saber onde ele se encontra.

Também não podemos esquecer que o próprio Ministério da Saúde precisa desses dados precisos de cada usuário do SUS.

Portanto, aproveite as vantagens que o SUS tem para te oferecer. Mas para isso, é importante colaborar para que o atendimento seja cada vez mais qualificado.

Faça sua parte, e certamente você terá muito a ganhar com isso.

Para a consulta

No dia em que o cidadão precisar consultar, com o cartão SUS em mãos, deve dirigir-se ao Posto de Saúde, preferencialmente bem cedo. Chegando ao posto pegará uma senha de atendimento que é distribuída no dia.

Depois disso, é só esperar pela sua vez para então passar pelo exame de triagem onde é avaliado a pressão, peso e outras informações. A partir daí, é só aguardar mais um pouco para ser atendido pelo médico que já estará com os dados da triagem em mãos.

Certamente que no que diz respeito à consulta, cada paciente é chamado de acordo com o grau de emergência. Um detalhe que é mais do que justo quando se trata de atender bem o público.