Como Fazer Cartão BNDeS para MEI micro empreendedor Individual, passo

Entenda Como Fazer Cartão BNDeS para MEI micro empreendedor Individual e como este funciona, pois aqui vamos lhe deixar algumas dicas que com certeza, lhe serão bastante úteis.

Claro que não vamos entrar nos mínimos detalhes, mas de uma maneira geral, vamos deixar algumas informações.

Este tipo de benefício possui as menores taxas de juros possíveis para empresas e grande incentivo para que estas possam ter crescimento no mercado econômico.

O que é o Cartão BNDeS

Este cartão, nada mais é do que uma linha de crédito que garante a possibilidade de financiamento de mais de 220 mil produtos e serviços que estão disponíveis no Portal de Operações do Cartão BNDES.

Este funciona como um cartão de crédito e somente é emitido por instituições financeiras credenciadas pelo BNDES –  Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, por meio de bandeiras de cartão de crédito parceiras.

cart%C3%A3o bndes para mei Como Fazer Cartão BNDeS para MEI micro empreendedor Individual, passo

Os benefícios

  • Você terá um limite de crédito pré aprovado, permitido pelo banco emitente, de até 2 milhões de reais.
  • Você terá parcelamento de até 48 meses de forma automática, sendo que o pagamento será em parcelas consolidadas e iguais.
  • Taxa de juro atrativa.

Os custos

  • A TAC – Tarifa de Abertura de Crédito, será no valor de até 2% do limite de crédito concedido ao portador do cartão.
  • A taxa de juros pré fixada mensal – Essa taxa de juro pode ser consultada no site do próprio cartão a cada mês.

Quem tem Direito

Todos os Microempreendedores individuais e micro com renda de até 90 mil reais , pequenas e médias empresas com faturamento anual bruto de até 300 mil reais tem direito a fazer este financiamento desde que:

  • Sejam sediados no país;
  • Efetuem atividade econômica compatível com as Políticas Operacionais e de Crédito do BNDES;
  • E que estejam em dia com os tributos federais e INSS, FGTS e RAIS;

Importante: Caso a empresa faça parte de um grupo econômico, o faturamento bruto total deste grupo, também não poderá exceder o valor pré determinado.

O limite do crédito terá definição de responsabilidade do banco emissor, assim como a permissão do crédito e a cobrança.

O cliente poderá conseguir cartão de crédito em quantos bancos ele quiser, e caso o banco trabalhe com mais de uma bandeira, o cliente também poderá pegar 1 cartão de cada bandeira, desde que o limite não ultrapasse 2 milhões.

A compra deverá ser exclusivamente no site do cartão, procurando no catálogo lá existe, os bens e serviços que são do seu interesse, seguindo os passos indicados para a compra

Quem pode conceder

Empresas que fabricam bens com índice de nacionalização de no mínimo 60% em valor e peso, de insumos de setores autorizados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social como embalagens prontas, peças, componentes e partes nacionais utilizadas na industrialização, manutenção e modernização de maquinários e equipamentos credenciáveis no site do cartão. Equipamentos de automação industrial e de informática.”

Como Solicitar

Para solicitar esse tipo de cartão BNDES, é preciso ter CNPJ, ou seja, precisa estar formalizado e exercer atividade econômica compatível com as Políticas Operacionais e de Crédito do BNDES, e também estar com a documentação em dia.

É necessário também que abrir uma conta de pessoa física em um dos bancos abaixo descritos:

  • Banco do Brasil
  • Bradesco
  • Caixa Econômica Federal
  • Itaucard
  • SICOOB
  • Banrisul
  • BRDE

Dados Necessários, Documentação

Os dados e documentação necessários para a solicitação do Cartão BNDES, é a seguinte:

  • Certidão Negativa de Débitos relativos a Créditos Tributários Federais e à Dívida Ativa da União – CND, ou Certidão Positiva com Efeitos de Negativa de Débitos relativos a Créditos  Tributários Federais e à Divida Ativa da União – CPEND, expedida conjuntamente pela Secretaria da Receita Federal do Brasil – RFB, e pela Procuradoria Geral da Fazenda Nacional – PGFN – no site da www.receita.fazenda.gov.br.
  • Certificado de regularidade do FGTS – www.caixa.gov.br.
  • Comprovação de regularidade quanto à entrega da RAIS.
  • Declaração na qual ateste, em síntese, estar com a situação regularizada perante os órgãos públicos e a legislação pertinentes, conforme modelo disponível no menu “Regras” do site do Cartão BNDES – www.cartãobndes.gov.br.

Importante: O Cartão BNDES não exige tempo de carência de atividade para aquisição do cartão, mas os bancos podem fazer esse tipo de exigência para emissão do cartão.

O microempreendedor Individual – MEI – está dispensado de apresentar comprovante de estar em dia com entrega da Relação Anual de Informações Sociais – RAIS -Negativa, referente ao ano base 2015, de acordo com a Portaria nº 269, de 29/12/2015 do Ministério do Trabalho e Emprego – MTE.

Empréstimo para Microempreendedor Individual MEI

É importante saber que nem sempre é tão simples assim, e na verdade, depende de um conjunto de diversos fatores. E ainda mais:

  • O dinheiro obtido pelo empréstimo deve ser exclusivamente usado para o crescimento no negócio e nunca para uso pessoal.
  • É importante antes de tudo, fazer uma análise sobre a real necessidade de fazer esse empréstimo, se este vai de fato, ajudar na expansão e incrementação do seu negócio, pois a partir da realização deste, também assumirá um compromisso mensal junto ao banco que não pode ser deixado de lado.
  • Faça cálculos para saber quais são as possibilidades de faturamento acrescidas pela aquisição desse empréstimo.
  • Ante de tudo, tenha toda a documentação em mãos, para diminuir o estress.

Então, agora você já sabe um pouco mais sobre Como Fazer Cartão BNDeS para MEI micro empreendedor Individual. 

Leia também:
Carteira masculina Modelos para Presente e Marcas

Como Fazer o Cartão do SUS passo a passo

Como Fazer a Certidão de Nascimento Gratuita, Passos

Modelos de Cartão de Natal para Editar, Envie

Receita – Como fazer sabão artesanal de azeite (de óleo de soja usado)