O que é Pecado para Deus, Veja o que está na Bíblia

 

Em nossos dias, existem muitos cristãos que tem pregado que a lei de Deus foi abolida na cruz. Ademais, muitos acreditam que não precisamos mais nos preocupar com ela, pois somos salvos pela graça e isso basta.

Porém, essa ideia está completamente errada se formos nos basear no que a Bíblia diz. Por isso, vamos agora tecer alguns comentários sobre o que é Pecado para Deus e mostrar que a Lei de Deus ainda está em vigor.

O que é pecado

Em I João 3:4 a Bíblia diz o seguinte:

“Todo aquele que pratica o pecado, também transgride a Lei, porque o pecado é a Transgressão da Lei”.

Todo pecado é uma iniquidade independente de ser a Lei dos Dez mandamentos ou não. Portanto, basta estarmos em oposição àquilo que Deus deseja de nós para estarmos em pecado.

Também no livro de I João 5:17 lemos:

Toda a injustiça é pecado e há pecados que levam para a morte“.

Aqui, João quer nos ensinar de que tanto a transgressão da Lei quanto a não conformidade com ela é pecado. Com isso, insistimos que, o pecado é tudo aquilo que está em oposição a Deus.

Pense nisso: Se a Bíblia diz que pecado é a transgressão da lei.

  • Se não existe lei, como muitos pregam, não existe pecado certo,
  • Se não existe pecado, não precisamos de um Salvador, 
  • Se não precisamos de um Salvador, porque precisamos buscar a Jesus,
  • Se não precisamos buscar a Jesus, porquê ir à igreja, 
  • Se não precisamos ir à igreja, porquê existe a igreja. 

Entendeu agora? O pecado existe e faz a separação entre nós e Deus. Vejamos o que diz Isaías 59:2, “Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e vosso Deus e os vossos pecados encobrem Seu rosto de vós, para que não vos ouça”.

Quais as consequências do pecado

 

Ainda no Éden, antes do pecado ter entrado no mundo, Deus disse para que Adão e Eva não comessem do fruto proibido, pois se assim o fizessem certamente morreriam. Ou seja, já nessa ocasião, Deus garantiu que a desobediência resultaria em morte, Gênesis 3:3.

O primeiro casal desobedeceu, pecou, mas só não morreu imediatamente porque Deus tinha um plano. O Cordeiro que representava a Cristo que um dia viria para morrer pelo pecador.

Mesmo assim, Adão e Eva foram expulsos do paraíso e condenados a viverem uma vida triste por conta do pecado. Como resultado dessa desobediência, temos a herança do pecado que nos acompanha desde o nascimento.

O que é pecado para Deus? Em Romanos 6:23 Paulo nos diz:”Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor”.

Quer dizer, se preferirmos pecar, somos condenados a morte eterna,. No entanto, se escolhermos obedecer e confiarmos no sacrifício remidor de Cristo, temos a esperança da vida eterna.

Quem pode perdoar pecados?

 

Somente uma pessoa tem condições de perdoar nossos pecados. Cristo que sofreu em nosso lugar, morrendo na cruz para pagar a culpa por nossos pecados. 

Em I João 1:9 lemos:” Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda a injustiça.

Porém, o que foi que Cristo disse para a mulher pecadora pega em adultério quando estava prestes a morrer apedrejada? “Nem eu te condeno, Vá e não peques mais”, João 8:11.

Portanto, não basta pedir perdão pelos pecados, é preciso um verdadeiro arrependimento e isso, resulta em uma mudança de atitude. Precisamos nos esquivar do pecado, assim como nos esquivamos de uma víbora em posição de ataque.

É bem verdade que não podemos ser perfeitos, mesmo porquê, nascemos em pecado. Porém, o importante na vida é não sermos “pecadeiros, mesmo com risco de pecar.

Não existe outra maneira para ir a Deus senão pelo sacrifício de Cristo na cruz. Por isso, também não existe outra forma de ser perdoado se não for por Cristo.

De nada adianta buscarmos outros meios. Nem padre, nem pastor, nem os “santos” podem nos ajudar a aliviarmos a culpa do pecado, apenas o Salvador Jesus Cristo.

Como pedir perdão

 

Para pedir perdão pelos pecados é muito simples, é só pedir. Jesus Cristo nos conhece e está o tempo todo ao nosso lado esperando o nosso arrependimento e mudança de vida.

Cristo mesmo disse certa vez aos discípulos quando estes lhe pediram que lhes ensinassem a orar: ” Tu porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta. Orarás ao Pai (Deus) que está em secreto e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará, Mateus 6:6.

O sacrifício da cruz já foi realizado em nosso lugar, basta agora nós aceitarmos a Cristo como salvador pessoal. No entanto essa aceitação não nos livra da obediência.

Qual é o filho que vai demonstrar amor e respeito por seu pais através da rebeldia e desobediência? Da mesma forma, é a nossa obediência a Deus.

No entanto é preciso ficar claro que: não obedecemos para sermos salvos, mas porque somos salvos e aceitamos essa salvação.

Certamente que obedecer não é tão simples assim, só acontece com a direção do Espírito Santo. Então, se formos sinceros e aceitarmos essa ajuda podemos ser vitoriosos.

Com toda a certeza, Cristo espera por nossa decisão e vai interceder perante o Pai, perdoando nossos pecados para sermos aceitos no céu.

O novo estilo de vida

 

A salvação em toda a Bíblia é de graça, não precisamos guardar lei nenhuma para sermos salvos.

Porém, ao testemunharmos que aceitamos a Cristo como nosso único Salvador, as obras do Espirito Santo que começam acontecer. Nossa vida é transformada e seremos impulsionados naturalmente a sermos obedientes, de escravos do pecado nos tornaremos servos de Deus.

Por isso, ao obedecermos naturalmente a Deus, também obedeceremos as leis dos Dez Mandamentos. Talvez você não saiba, mas essas leis resumem tudo o que Deus deseja de seus filhos.

Um novo estilo de vida acontece quando, ao nos arrependermos de nossos pecados, passamos a buscar a direção do Espírito Santo em tudo e em todos os momentos.

Paulo no livro de II Coríntios 5:17 diz: ” E assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura, as coisas velhas já passaram, eis que se fizeram novas”.

Um novo estilo de vida, resulta em uma guinada de 180 º na vida, uma perfeita transformação.

É interesse do inimigo de Deus, Satanás, que os homens acreditem de que o pecado não mais existe. Com isso, a obediência a Deus deixa de existir.

No céu, quando ainda era o “anjo de luz”, Lúcifer colocou em “cheque” a autoridade de Deus. Além disso, procurou convencer os anjos de que Deus era injusto, que suas leis eram pesadas demais para serem obedecidas.

Como resultado de sua ação contra a autoridade de Deus, conseguiu convencer a terça parte dos anjos. E hoje ainda, ele insiste em tentar convencer o ser humano de que Deus é injusto.

Mas afinal… o que é pecado …

O que é pecado para Deus, é perfeitamente normal para o Diabo. Podemos então, perceber que nosso mundo está indo de mal a pior e o Criador sendo deixado de lado a cada dia.

O ser humano é cada vez mais egoísta, avarento e presunçoso. Além disso, tudo o que é mau aos olhos de Deus, está se tornando muito normal aos olhos humanos.

Não precisamos pensar muito para percebermos essa grande verdade. No entanto, também existe um ditado muito certo que diz: “O que plantamos, vamos colher”.

Pela insistência em fazer o que é errado, o ser humano sente rapidamente as consequências. Guerras, intrigas, falta de amor pelo próximo, aumento na desigualdade social, são apenas alguns dos resultados.

Pecado na carne …

Denominamos de pecado na carne a condição que Adão e Eva nos ofereceram quando pecaram. Portanto, trata-se do pecado “original”, aquele com o qual nós nascemos.

Não é propriamente uma culpa, mas uma inclinação a seguir a própria vontade, ou seja, a pecar.

Vejamos o que diz Romanos 7:18. “Pois eu sei que em mim, não habita bem algum”, quando Paulo reconhece sua tendência para pecar.

Além disso, podemos citar 1 João 1:8 que diz: “Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós.

É bem verdade que o pecado da carne, não é nossa culpa, mas mesmo assim, precisamos de um Salvador. Temos o livre arbítrio para decidir pecar ou não, mas para vencer, somente com o poder de Cristo Salvador.

Como saber se estou pecando

Como posso saber se estou pecando? Esse é o momento em que entra a Lei de Deus. Podemos dizer que a Lei de Deus é um espelho, pois ao observá-la, sabemos se estamos pecando ou não.

Portanto, sempre que fazemos algo que prejudica a nós mesmos, ao nosso próximo ou desonramos o nome de nosso Deus, estamos cometendo pecado.

Ademais, nossa justiça é como trapo de imundícia de acordo com Isaías 64: 6, precisamos da graça salvadora de Cristo.

Também devemos entender que a tentação não é o pecado. O pecado só é real, quando, de fato, é consumado. 

Podemos até fazer planos para pecar. No entanto, com a graça de Deus, podemos vencer a tentação e não cometer tal pecado.

Por isso, para aqueles que acreditam que a lei foi pregada na cruz com Cristo, esse é um tremendo engano. Engano esse que, assim como no Éden, satanás enganou Eva, muitos hoje se deixam envolver.

Se não precisamos mais observar a Lei de Deus, certamente, não existe pecado. Porém, se não existe pecado, que benefício tem a Graça que Cristo nos oferece?

Portanto, caro amigo leitor, pense muito bem antes de acreditar que você é livre para fazer o que bem entende de sua vida. Pensando dessa forma, você está encaminhando sua ruína espiritual, e o diabo, bate palmas.

Vejamos ainda o que está escrito no livro de Tiago capítulo 1;15: Então a cobiça, depois de haver concebido, dá a luz ao pecado; e o pecado, depois que consumado, gera a morte.

Pense dessa forma: Adão e Eva, quando pecaram, só não morreram, porque Deus em sua infinita misericórdia, tinha um plano de Salvação. No entanto, eles foram privados do Jardim e, além disso, passaram a sofrer as consequências.

Conclusão …

Certamente, não podemos viver sem pecar, pois afinal, ninguém é perfeito. No entanto, precisamos do poder do Espírito Santo para vencê-lo, ninguém é super-poderoso para vencer sozinho.

Nossa luta é contra as potestades e príncipe das trevas, não contra a carne ou o sangue (Efésios 6:12). Sabendo disso, precisamos confiar na Graça Salvífica de Cristo na Cruz e adorar a Deus com nossa obediência.

Pedro no livro de Atos capítulo 2: 38 diz; Arrependei-vos e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos pecados.

Portanto, se Pedro nos aconselha ao arrependimento, é porque existe algo de errado em nossa vida e isso, é o pecado. Pense nisso.