Como reconquistar a Esposa Novamente, é Possível

Sendo uma instituição sagrada  cujo autor é o próprio Deus, o matrimônio é um dos alvos do inimigo que objetiva fazer com que o ser humano duvide do amor de Deus. Por isso, todo casamento precisa ser planejado, tendo como fundamento, as bençãos de Deus que é o principal interessado.

Por conta então dos perigos promovidos pelos ataques do inimigo sobre um casal que não está apegado a Deus, os problemas de relacionamento durante o matrimônio poderão surgir, chegando a causar a separação.


Porém, se mesmo com a separação, o amor conjugal sobrevive, existem algumas regras básicas para o homem que deseja saber como reconquistar a esposa novamente. Sobre essas regras, vamos então tecer alguns comentários que certamente serão muito úteis no processo de reconciliação.

Traí minha Esposa Mas estou Arrependido

Traição, um problema por demais grave no casamento a ponto de ter a permissão divina para uma separação. Porém, mesmo assim, ainda existe esperança quando o amor, nesse caso, por parte da esposa, prevalece a ponto de conseguir perdoar.


Infelizmente, em nossos dias, por conta dos novos conceitos sobre casamento, a traição é considerada algo muito normal entre os casais. Com isso, quando a traição acontece, dependendo da situação, sem remorso algum, simplesmente ocorre a separação.

Porém, quando está em jogo, a felicidade de uma família com casais que fizeram juras de amor eterno diante do altar, é preciso colocar o verdadeiro amor à prova para salvar o relacionamento.

Há quem diga que tanto o homem como a mulher no casamento, pode ser capaz de suportar qualquer coisa, menos uma traição. O problema é que a harmonia conjugal acaba se perdendo, pois a confiança não mais vai existir.

Nesse caso, com a traição por parte dele, mesmo com uma transformação total de sua vida, pode não ser o suficiente para que essa confiança volte a existir. 

Ademais, se levarmos em consideração as tendências atuais, ela poderá fazer qualquer coisa para uma “revanche”. Com isso, o matrimônio que deveria ser sagrado, aos poucos torna-se uma instituição sem graça, meramente formal.

Então, no caso de uma esposa traída e um marido arrependido, é preciso demonstrar na vida esse arrependimento e dar graças ao bom Deus, se ainda existir uma “segunda chance”. O perdão é motivado pelo amor, mas esse amor, somente Deus é quem pode oferecer quando a vítima (a mulher) clamar por Sua ajuda.

Quando o relacionamento já está alicerçado no puro amor conjugal, a mulher, mais sensível, facilita o perdão, mas é preciso, de fato, a prova de um arrependimento genuíno. Porém, certamente, o relacionamento, nunca mais será o mesmo, o que é muito natural.

Traição envolve falha de caráter, envolve infidelidade. Por isso, é importante demonstrar na prática uma mudança de vida com o desejo mais do que sincero de manter os votos de fidelidade prometidos anteriormente.

Quando porém, mesmo sabendo como reconquistar a esposa novamente, depois da traição, não acontecer a mudança , cedo ou tarde, a traição ocorrerá novamente.

Além disso, com a perda da confiança, (com total razão), ela nunca mais será a mesma mulher romântica e esposa de antes. Mesmo com o perdão, a lembrança da traição poderá deixá-la mais fria e intolerante enquanto que você não terá o direito de reclamar.

Se você traiu a sua esposa é porque você tem um caráter de infidelidade. Ou seja, se você não mudar seu caráter, também não merece o perdão da esposa e, mesmo que consiga reconquistá-la, cedo ou tarde, voltará a trair, afundando ainda mais aquele que poderia ser um casamento feliz.

Converse e peça Perdão

Independente de ser uma traição ou outro motivo qualquer para que você tenha perdido a mulher de sua vida, é importante reconhecer que, ninguém é perfeito. Mas acima de tudo, seja humilde o suficiente para conversar e pedir perdão, mesmo que na sua opinião, não seja o culpado.

Muitas vezes, um relacionamento conjugal esfria justamente porque acreditamos que nunca somos os culpados. Porém, precisamos reconhecer que não somos infalíveis, e os erros acontecem mesmo sem nos darmos conta.

Já em caso de uma traição, apesar de ser um problema grave, não quer dizer que tudo está perdido, ainda existe esperança se você tomar a iniciativa. É claro que, nesse caso, é preciso levar em conta, o tempo de traição, pois trair uma vez tem um peso bem diferente do que trair várias vezes.

Chame a esposa para conversar e peça-lhe perdão, não precisa nem chorar, mas mostre o seu profundo e sincero arrependimento. Mais que isso, passe a viver esse arrependimento e prove a veracidade do sentimento com atitudes.

Reconheça o quanto o seu ato a fez sofrer e peça perdão de coração, pois se não for assim, você não passa de um pobre desgraçado. Entenda que se sua esposa, preza pelo amor que demonstra a você, a dor que carrega no peito, só irá passar quando ela sentir firmeza e convicção em suas palavras e atitudes.

Lembre-se que ela precisa voltar a lhe ver com os olhos de antes, mas para isso, é preciso que o seu arrependimento seja verdadeiro.

Não force o perdão

Quando cometemos erros, de forma alguma podemos forçar que a pessoa a quem ofendemos, nos perdoe, muito menos uma esposa ferida por algo de errado que o marido fez.

Por isso, tudo o que pode ser feito para que aconteça a reconquista da mulher amada, deve partir de atitudes suas que, nesse caso, provocou o problema todo, seja a traição ou outro tipo de desavença.

Da parte da esposa ferida, só espere o perdão e este ainda, por conta dos sentimentos verdadeiros que ela ainda acalenta por você. E se é caso de traição, dê um tempo, o quanto for necessário, pois ela precisa acreditar que de fato, você está arrependido.

Ainda assim, ela pode até perdoar, mas não será obrigada a continuar o relacionamento. Três atitudes nessa hora são muito importantes:

  • Mude sua vida e prove quem você é de fato.
  • Demonstre que está profundamente arrependido do erro que cometeu.
  • Dê o tempo que for necessário para ela, pois afinal, ela com toda razão está magoada e precisa de um bom tempo para decidir se perdoa ou não.

Deixe claro que você a Ama

Dizem que quem ama não trai. Talvez não seja bem assim, mas em caso de traição, você precisa deixar claro que o amor pela esposa ainda existe. Mais uma vez, afirmamos que a prova real desse sentimento, vem através de palavras e atos, e não apenas com palavras.

Não podemos negar de que, depois de uma traição, provar o amor pela mulher amada fica bem difícil, mas ainda é possível, desde que aconteça uma transformação geral na vida.

Além disso, mesmo que você prove para sua esposa o quanto a ama, os seus sentimentos, a essas alturas, terão pouco peso. Somente o amor da parte dela é quem poderá assegurar o perdão e a reconciliação.

Jesus Cristo quando esteve aqui na terra deixou bem claro, que um divórcio só é possível quando um dos cônjuges comete adultério. Por isso, no caso de uma traição por parte do marido, a esposa pode até perdoa-lo, tranquilizando sua consciência, mas não é obrigada a continuar com ele.

Tenha paciência

Para um marido que deseja saber como reconquistar a esposa novamente, além do arrependimento e uma mudança de vida, precisará exercitar a paciência.

Que nenhum homem pense que uma traição vai deixar a mulher sorridente já no dia seguinte da descoberta, como se nada de errado tivesse acontecido.

Por isso, não adianta ficar correndo atrás dela implorando pelo perdão. Humildade nessa hora é importante sim. Seja prático e reconheça o erro, arrependa-se, peça perdão e saiba esperar, o que ainda não vai lhe garantir sua esposa de volta.

Além de uma transformação de vida, na verdade, agora você vai precisar buscar ajuda de Deus. Quanto à paciência, essa provavelmente nunca mais será tão valiosa como agora em sua vida.

Por isso, nada de ficar mandando mensagens todos os dias, se declarando de forma até vulgar. Dê todo o tempo que ela precisar para decidir o rumo do casamento e, enquanto isso, mostre com atitudes o seu verdadeiro amor por ela.

Como reconquista-la novamente

Certamente que não será uma tarefa fácil, reconquistar a mulher amada depois de tê-la magoado, mas quando o amor entre o casal é o sentimento que perdura, a reconciliação é possível sim, desde que todo procedimento aconteça na forma correta.

Por isso, como já adiantamos, a paciência será uma das armas necessárias a ser usada, mas, acima de tudo, demonstrar uma conversão em sua vida e desejo de reconquistá-la também vai pesar bastante. 

É claro que nesse processo todo vai pesar o tempo de vida juntos, sentimentos existentes da parte dela, temperamento, presença de filhos pequenos, entre outros fatores.

Mas ainda assim, fique preparado para um não da parte dela, especialmente se o problema tem a ver com traição pois afinal, a confiança adquirida por parte dela, foi colocada em xeque.

Fui traído por ela o que faço

Da mesma forma que o homem, também quando no casamento, a mulher é a quem trai, o amor será a norma que regerá o futuro do matrimônio. Os homens, por conta do orgulho machista, sentem-se mais vitimados, mas, mesmo assim, existe condições de perdoar e continuar o casamento.

Quando existe uma traição por parte do homem ou da mulher, certamente que algum motivou ao ato e, por vezes, a própria vítima pode ser a culpada. Porém, existe espaço para o perdão e uma reconciliação, mas tudo é uma questão de conversar, perdoar e oferecer uma nova chance.

Citamos acima que o inimigo de Deus e dos homens está muito interessado em acabar com a felicidade no casamento. Mas todo casal que alimenta o verdadeiro amor no matrimônio, tem condições de se dar uma segunda chance.

Por isso, se no caso de uma traição onde você é a vítima, seja humilde e perdoe e não busque o revide como muitos “maus amigos” aconselham. É claro que, nesse caso, ela também precisará estar disposta ao arrependimento e mudança de vida para provar que merece seu perdão.

Tente descobrir o motivo

Independentemente do motivo que leva a um conflito no matrimônio, se prezamos pela felicidade no casamento, precisamos descobrir rapidamente e procurar resolver o problema antes que se agrave.

O ser humano é egoísta por natureza e, por isso, qualquer motivo pode ser o bastante para que comecem as desavenças no lar, até mesmo a falta de atenção da parte de um quando o outro está falando.

Então, quando surgem as rusgas, não deixe para depois para corrigir as falhas, seja rápido em descobrir a causa do problema e humilde o suficiente para reconhecer quando o erro é seu.

Certamente que quando o amor rege as vidas de um casal e, além disso, existe uma conversação espontânea entre ambos, tudo fica mais fácil.

Você está disposto a perdoar?

Antes de tentar saber como conquistar a esposa novamente, é importante saber se de fato você está disposto a perdoar. É perfeitamente aceitável a posição de um cônjuge quando este decide não mais continuar um casamento por ter sido traído.

Ademais, depois de uma traição, a menos que aconteça um grande milagre na vida do casal, o casamento não mais será como era antes e ambos poderão sofrer ainda mais e serem infelizes para o resto da vida.

Claro que, diante de Deus, melhor será se existir o perdão e uma nova oportunidade para quem errou. Porém, se isso de fato acontecer, antes precisa existir o perdão da parte da vítima na história e isso, significa esquecer o ocorrido e, de fato recomeçar.

Diga a ela que está disposto a esquecer

Temos que reconhecer que quando existe uma traição consumada no casamento, também pode existir indícios de que o casamento chegou ao fim e, nesse caso, é preciso saber com certeza dos reais sentimentos de quem traiu.

Por mais que a vítima, nesse caso o homem, perdoe a traição da esposa, de nada adianta ele insistir em ficar com ela, se ela assim não quer. Essa mesma condição é válida quando o homem é o traidor.

Por mais triste que seja um casamento desfeito, é preciso entender que não adianta o casal persistir no matrimônio se o amor conjugal recheado de ternura e confiança não fazer parte da vida de ambos.

É preciso sim, tentar uma reconciliação, mas se ela ocorrer, não é para a cada pouco tirar do fundo do baú uma culpa que aparentemente tenha sido perdoada. 

Seja Homem, não um banana

Não podemos negar que em nossos dias, existem muitos casamentos com um relacionamento aberto. Casais vivem juntos, mas suas relações amorosas são independentes. Esse relacionamento, não tem nada a ver com um casamento verdadeiro.

Por isso, em caso de traição, independente de quem for a vítima, se você ou sua esposa, o perdão é sempre o melhor conselho. Se existir uma reconciliação, Deus será glorificado.

Que essa reconciliação comece com a mudança de vida de quem errou para que o matrimônio volte a ser vivido dentro das regras cristãs.

Por isso, a sensatez é a melhor saída. Perdoe se tiver que perdoar e faça jus ao perdão oferecido se seu cônjuge lhe oferecer uma segunda oportunidade.

Ela disse que não te ama

Como já adiantamos acima, muitas vezes, a traição acontece por que o amor deixou de existir. Por isso, se a sua esposa traiu por não te amar ou deixou de te amar por que você a traiu, dificilmente você vai ter chances de reconquistá-la.

Claro que dizer que não ama mais pode ser apenas uma forma de se expressar ou extravasar uma mágoa que aperta no peito. Por isso, vá com calma e respeite os sentimentos do outro, especialmente se você é o principal culpado na história.

Além disso, se não existir mais amor, ambos correm o risco de viverem infelizes para o resto da vida e isso, certamente não está nos planos de Deus para o ser humano.

Reconquiste ela novamente

Dizer que não ama mais, certamente pode não passar de uma forma de defesa por parte de um dos cônjuges, seja ele a vítima ou o culpado da crise no casamento. 

Mas para quem ainda ama, jogar a toalha está longe de ser uma realidade. Por isso, se o seu desejo é reconquistá-la, tomara que dê tudo certo, mas peça ajuda de quem realmente poderá te ajudar, Deus.

É bem verdade que em nossa vida, erramos constantemente, mas Deus o Pai de amor, deseja imensamente nos ver felizes e, melhor que isso, sabe muito bem o que é melhor.

Por isso, diante da difícil tarefa de reconquistar uma pessoa que talvez já afirmou que não te ama mais, apegue-se ao poder de Deus, pois se Ele não te ajudar, de forma alguma você terá sucesso nesse intento.

Superando a dor da perca

Quando alguém erra no casamento, certamente que a vítima sempre sofrerá a maior perda, especialmente quando já existia um vínculo afetivo bem intenso, quem sabe de anos.

Por isso, se mesmo com todos esses conselhos sobre como reconquistar a esposa novamente, você não conseguir salvar o casamento, lembre-se que nem tudo está perdido e é preciso correr atrás da felicidade e cuidar para não errar mais.

Vai ser difícil no começo, mas é preciso superar a dor da perda. Ciente de que você fez tudo o que estava ao seu alcance para salvar o casamento, se de fato não der mais certo, apegue-se a Deus e siga sua vida, cuidando para não errar de novo.


Leia também: