Como pintar uma parede você mesmo e fazer um ótimo trabalho

Saber como pintar uma parede certamente é uma boa ideia sobretudo, quando estamos com o orçamento curto. Portanto, se precisamos fazer uma reforma por conta própria,  primeiramente vamos ter que aprender como agir.

Além disso, em nossos dias tem muitas pessoas, inclusive as mulheres que aproveitam esse trabalho como um hobby para as horas de relaxamento.

Graças à tecnologia moderna, podemos contar com a internet onde encontramos alguns sites especializados mostrando como fazer uma pintura.

Por isso, se dedicarmos um pouco de tempo e paciência para aprender, certamente podemos lograr exito. Como resultado desses esforços, não precisaremos mais nos preocupar em pagar a mão de obra para essas reformas.

Assim, se, de fato, aprendermos, é só se planejar e começar logo a tão sonhada reforma na pintura do imóvel.

Ferramentas necessárias para o trabalho

Para que o trabalho seja realizado, certamente que serão necessárias algumas ferramentas. Por isso, vamos passar a relação de algumas delas, pelo menos as básicas, confira.

– Pinceis em tamanhos variados para fazer os retoques no acabamento. Esses são alguns dos itens para você que deseja saber como pintar uma parede.

– Rolo de lã de aproximadamente 20 cm ou mais largo se preferir, não esquecendo ainda do anti-gotas para não fazer sujeira.

aprenda a como pintar uma parede
No momento de pintar, é importante seguir sempre um mesmo sentido
como pintar uma parede com efeito camurça
Usando o pincel para deixar a parede com sombreado quase imperceptível
como pintar uma parede com efeito carimbo
Trabalho com rolo de pintura especial para decorar a parede
como pintar uma parede com efeito de madeira
Mais uma técnica de pintura preparada com uma ferramenta específica
como pintar uma parede com efeito de rolo diferenciado
Um tipo de textura bem discreta, também preparada com rolo diferenciado

Mais alguns materiais que serão necessários para o trabalho

– Bandeja para preparar a tinta,

– Fita adesiva tipo crepe para auxiliar no momento dos acabamentos,

– Escada apropriada para alcançar toda a altura da parede, especialmente para o momento do acabamento.

– Lixa para preparar devidamente a parede,

-Material necessário, como o misturador para preparar a tinta deixando a mistura bem homogênea.

-Jornais velhos ou papelão para proteger o piso da sujeira da tinta, ainda mais se é a primeira vez que se faz esse trabalho.

– Luvas para proteger as mãos, uma vez que a limpeza depois é bem difícil,

– Por fim, ainda será preciso principal, a tinta com a cor escolhida que você deverá adquirir na loja especializada, Portanto, informe-se com o vendedor qual a melhor marca e espécie para o tipo de parede que receberá essa pintura.

Além disso, informe-se sobre a necessidade de aplicar um fundo especial sobre as paredes. Certamente que um vendedor experiente, saberá passar essas informações.

como pintar uma parede com efeito fácil de fazer
Parede em verde com textura, mais uma ideia que dá certo
como pintar uma parede com efeito jeans
Outra amostra com textura, agora em preto e branco
como pintar uma parede com efeito usando um pano umido
Técnica de pintura com acabamento drapeado feito com pedaço de pano
como pintar uma parede com efeitos decorativos
Técnica de pintura feita cm esponja, com efeito espetacular
como pintar uma parede com gel perolizado
Trabalho de pintura manchada feito com o pincel

Custo desses materiais

Com respeito aos gastos para a compra desse material todo, isso certamente  pode variar conforme a loja visitada. Por isso, melhor é fazer as pesquisas antes, levando em conta as qualidades de todos os itens pesquisados.

Assim que todo o material necessário para o trabalho estiver em mãos, é hora do desafio. Porém, antes de começar o trabalho, é certo que a sujeira vai acontecer.

Por isso, providencie com antecedência, uma muda de roupas mais velhas, assim, se for preciso, no final poderá descartá-las.

Como começar o trabalho

Você que deseja saber como pintar uma parede, primeiramente é preciso fazer o preparo dessa parede, especialmente se for nova. Ademais, é bem provável que precisará ser lixada.

Tenha o cuidado de conferir ainda se não existem os parafusos presos, ou mesmo sujeirinhas que comprometam o trabalho.

Revise tudo com atenção para não deixar nada que possa prejudicar o trabalho.  Além disso, lembre-se de retirar todo o pó de lixa (se for necessário lixar) com um pano umedecido.

– Com a parede devidamente lixada e preparada para receber a tinta, é hora de preparar essa tinta.  Então, aproveite as informações recebidas do vendedor.

Além disso, você poderá aproveitar as informações que geralmente vem acompanhando o catálogo com a tinta. Toda empresa fabricante tem por obrigação fornecer o suporte básico para que possa trabalhar.

Não esqueça que uma tinta a base de água, (bastante utilizada na pintura), depois de preparada não poderá ser reaproveitada. Portanto, cuidado para não se exceder no momento do preparo. 

como pintar uma parede com pincel pequeno
Trabalho diferente de pintura feito com pincel
como pintar uma parede com rolo decorativo
Bonito trabalho de textura feito com um rolo decorativo
como pintar uma parede com rolo
Pintura tradicional com rolo de 30 cm
como pintar uma parede com stêncil
Textura na parede feita com rolo decorativo para esse tipo de trabalho
como pintar uma parede de um jeito criativo com efeito escova
Textura começando com rolo e terminando com vassoura, um efeito bem interessante

Facilite o trabalho delimitando as áreas

Uma vez que você não é profissional, delimite as áreas da parede a não serem pintadas com a fita crepe. Coloque a tinta já misturada na bandeja e comece o trabalho.

– Comece a pintura em volta da área que foi demarcada com a fita crepe. Certamente, será preciso um pincel, uma vez que com sua pouca prática poderá borrar partes que não deverão ser pintadas.

Antes de começar com o rolo, mergulhe-o em água limpa e depois retire os excessos dessa água. Depois que sair o excesso de água, coloque-o na bandeja para começar o trabalho molhando-o na tinta.

No entanto, tenha o cuidado para não encharcar o rolo. O correto é colocá-lo na tinta, dar meia volta no rolo e em seguida, retirar o excesso de tinta.

Agindo dessa forma, será mais difícil fazer sujeira, pois será possível controlar a tinta no rolo.

A pintura precisa ser sempre na vertical, primeiro de cima para baixo e depois de baixo para cima. No entanto, tenha cuidado para que a pintura sempre fique uniforme e, além disso, para que a tinta não escorra.

Uma dica muito válida nessa hora é começar o trabalho com pouca tinta no rolo. Com certeza, o máximo que poderá acontecer é de você levar mais tempo para pintar a parede.

Depois que você pegar a prática, poderá então acrescentar mais tinta no rolo, cada vez que visitar a bandeja.

Terminada uma primeira demão da pintura, observe cada detalhe para ver se não ficou algum vestígio de erro na pintura. Lembre-se que você não é profissional, por isso, tem direito a errar, pois eles também erram de vez em quando.

Muito provavelmente, precisará passar uma segunda mão de pintura, principalmente se essa é a primeira pintura. Nesse caso, você precisará esperar por no mínimo 4 horas, até que a tinta seque.

Passado o tempo necessário para secar a primeira demão de tinta, repita todo o trabalho do mesmo jeito que fez na primeira demão.

Mais algumas imagens

 

como pintar uma parede dicas
Trabalho com rolo para pintura tradicional

como pintar uma parede efeito de linho

Pintura com textura feito com escova, ideia bem criativa

como pintar uma parede em passos
Reparos em trincas na parede devem ser feitos antes de começar a pintura
como pintar uma parede modelos de efeitos
Técnicas de pintura com cores vivas para confirmar um bom trabalho
como pintar uma parede passo a passo
Pintura tradicional com rolo, a maneira mais prática para fazer esse trabalho

Depois da segunda demão

Ao finalizar essa segunda demão da pintura, espere mais 4 horas para que a tinta seque então é só observar se ficou alguma falha e fazer os devidos retoques quando necessário.

Por vezes, quando se trata de uma primeira pintura na parede, pode ser necessário ainda, uma terceira demão.

Uma vez que decidimos por a mão na massa (tinta), precisamos entender que é necessário exercitar a paciência. Com toda a certeza, mesmo os bons profissionais precisam agir assim, quanto mais você que está aprendendo.

Tenha calma e não se intimide, lembre-se que a pressa é inimiga da perfeição, principalmente de quem não tem prática. Pode até não ficar um trabalho 100%, mas pelo menos, foi você quem fez e ninguém tem nada com isso.

Tipos de tinta encontradas no mercado

 

Ao buscarmos o mercado, vamos descobrir que existem tipos variados de tinta. Além disso, existem os acabamentos, também com classificações diferentes, vamos ver então.

  • Tinta Látex – (Acetato de Polivinila), é uma tinta a base de água e, portanto, apresenta uma secagem mais rápida. Esse tipo de tinta é a mais comum dentro de um ambiente interno, principalmente em residências.

Além disso, é uma tinta mais barata e mais fácil de trabalhar, ideal para praticamente todos os ambientes de casa. Apesar de algumas vantagens, essa tinta é pouco resistente ao sol e também a lavagem.

  • Tinta Esmalte – essa é uma tinta que foi desenvolvida para substituir as tintas à óleo, consideradas tóxicas. A tinta esmalte cria uma textura muito semelhante a uma aplicação de película sobre a superfície.

Esse é um tipo de tinta que precisa maior prática para aplicar, pois facilmente se formam bolhas durante as aplicações. Contudo o seu uso é mais comum sobre superfícies de madeira e metal.

Tinta Acrílica – uma espécie de tinta látex, esse tipo de tinta apresenta a adição de resinas acrílicas em sua composição. Esse é um tipo de tinta bastante utilizada em ambientes que precisam ser lavados com frequência.

Além disso, a tinta acrílica é recomendada para uso em ambientes externos. A tinta é solúvel em água e tem a secagem rápida e pode ser fosca, semi-brilho e acetinada.

Massa corrida – a massa corrida é  recomendada para corrigir as imperfeições na parede, tais como: trincas e pequenos furos. Nesse caso, depois de passar a massa, é preciso deixar secar e lixar, antes de aplicar a tinta.

Mais imagens para conferir

 

como pintar uma parede usando fita crepe para o efeito listrado
Para pintura de faixas é necessário o uso de fitas adesivas
como pintar uma parede usando uma régua para os efeitos
Tonalidades de cores diferentes separadas por faixas
como pintar uma parede
Mostras de um trabalho que vai ficar bem feito com o rodapé branco
dicas de como pintar uma parede
momento de colocar a tinta na bandeja para começar o trabalho
dicas fáceis de como pintar uma parede
Depois dos reparos na parede, é hora de revestir a parede com a nova pintura

Atenção – antes de fazer uma pintura, certifique-se de que a parede está realmente pronta para o trabalho, e se for uma parede nova, lembre-se que o reboco precisa estar bem seco, do contrário aparecerão as manchas cedo ou tarde.

Mais algumas dicas úteis

 

  • Se você não tem prática com a pintura, comece o trabalho em um ambiente menos visitado do imóvel.
  • Lembre-se de forrar todo o piso no ambiente que estiver trabalhando. Por faltar a prática, a sujeira poderá ser prevenida.
  • Evite fazer esse trabalho em dias com temperaturas altas acima de 30º C.
  • Tenha sempre ao alcance das mãos, um pincel mais estreitos para fazer os acabamentos nos cantos.
  • Certifique-se de que estará trabalhando com segurança. Evite os banquinhos e dê preferência para escadas ou uma plataforma se for necessário.
  • Não esqueça de proteger os olhos com um óculos de trabalho específico.
  • Na hora de pintar o teto, use os rolos com cabos prolongadores para evitar ter que trabalhar trepado.