Alimentos que aumentam o leite materno (Guia da Nutrição da mamãe)

Em geral, os alimentos que aumentam o leite materno são aqueles que contêm água, por isso, podemos começar mencionando a principal alimento, a água potável que deve ser ingerida diariamente, isso sem contar  outros alimentos líquidos como sopas e sucos.

No passado as mães amamentavam durante pelo menos 15 meses, mas hoje por conta do corre-corre da vida mesmo por parte dessas mães, o tempo para amamentar baixou para 6 meses apenas, ou menos ainda, porém,é preciso que se entenda que quanto mais a criança se alimentar do leite materno nos primeiros 2 anos de vida, menos riscos de doença ele vai ter, desde que esse leite seja realmente saudável para ele.


Primeiro (Quanto a sucção da mama)

Você precisa saber que o ato de o seu bebê colocar a boca na mama e fazer a sucção estimula a produção do leite materno, isso deve ocorrer a cada 2 ou 3 horas, para que o organismo da mamãe entenda que está alimentando outro ser que depende dela, se você começa pular esses horários dando intervalos mais longos, é muito provável que logo seu leite irá se acabar.

Laranja

Rica em vitamina C e outros nutrientes a laranja é uma das frutas que contribuem para a produção de leite materno, e esta então pode ser preparada em forma de sucos com o bagaço ou ingerida naturalmente, porém é melhor dar preferência a fruta mais madura e menos ácida. ( No caso dos sucos sempre com o bagaço)


leite materno

Castanhas diversas

Alimentos ricos em proteínas e outros nutrientes essenciais a saúde, as castanhas não contém água, mas contribuem diretamente com a energia para a mãe que com isso vai produzir mais leite materno associando outros alimentos no seu cardápio.

Chá de Funcho

Fazer uso do chá de chuncho com leite é ideia bem antiga, do tempo de nossos avós, mas essa erva é tão poderosa nesse benefício que pode ser ingerida naturalmente mascando as folhas ou o próprio talo. Ainda pode ser preparado em forma de sucos combinando com o suco de limão, mas sempre sem o açúcar.

Cereais integrais

Os cereais integrais são ricos em cálcio, fósforo, fibras e outros nutrientes essenciais a saúde para devolver a força e o vigor do corpo e por conta disso, também contribuem com a produção do leite materno. Entre eles podemos destacar o arroz integral, a aveia, o gergelim, o farelo de trigo, entre outros.

Exemplo de Cardápio para Lactantes (Para quem está amamentando)

No que diz respeito à cardápio para lactantes, é muito importante que o desejum seja composto de alimentos que contenham carboidratos (especialmente os complexos), proteínas, fibras e gorduras.

Veja uma boa ideia de cardápio para 1 dia na vida da lactante que ajudará a aumentar o leite materno:

  • 2 ou 3 fatias de pão integral, 1 ovo cozido ou mexido, pasta de amêndoas para passar no pão e tudo isso, acompanhado com suco natural com o bagaço para aproveitar as fibras.
  • Lanche da manhã – 1 maçã ou então uma pera que deverá ser ingerida preferivelmente com a casca.
  • Almoço – 1 filé de peixe grelhado, 2 porções de arroz integral, 1 porção de feijão, saladas verdes a gosto e 1 maçã para sobremesa.
  • Lanche da tarde – pode ser uma fruta à gosto da lactante e mais 2 fatias de pão integral com creme de amendoim ou de castanhas.
  • Jantar – 1 filé de frango grelhado, saladas verdes, 2 porções de arroz integral, 1 porção de lentilhas cozidas, 1 maçã para o final.
  • Lanche da noite – 1 copo de iogurte desnatado misturado a aveia em flocos finos.

Saladas de Folhagem Escura

Para aumentar o leite materno, a lactente precisa fortalecer a saúde e, nesse caso, abastecer-se com salada de folhas escuras é importante.

Esses alimentos vegetais são ricos em vitaminas e minerais e também contém o ácido fólico que é essencial para o desenvolvimento do feto ou mesmo da criança ao nascer.

Opções como a couve-folha, alface, repolho, rúcula, espinafre, brócolis, entre outras podem ser usadas nas refeições do almoço e jantar ou mesmo na forma de suco natural durante o dia.

O segredo para melhor aproveitar os nutrientes desses vegetais é escolher uma espécie para cada dia ou refeição.

Esse tipo de alimento deve receber alguma prioridade nas refeições, não apenas para mães que estão amamentando, mas para toda a família e por isso, precisam ser ingeridas regularmente.

Alimentos Lácteos recomendados

Desde que o bebê não apresente algum tipo de intolerância aos produtos lácteos a mãe pode e deve se alimentar de leite e seus derivados. Sabemos que esses alimentos podem oferecer uma variedade de nutrientes.

Porém, é preciso cuidar com o ganho de peso, tanto por parte da mãe como pela criança. Nesse caso, queijos magros, leite desnatado, iogurtes naturais, são ótimas opções entre os produtos lácteos para a mãe que amamenta, desde que não sejam ingeridos em excesso.

Alimentação Integral

independentemente de ser para a mãe que amamenta ou não, os alimentos integrais sempre serão as melhores opções na alimentação para aqueles que prezam pela saúde e querem se ver livres de doenças.

Além de prover todos os nutrientes necessários que o organismo precisa a cada dia, os alimentos integrais ajudam a fortalecer o sistema imunológico. Mas em se tratando de alimentos que aumentam o leite materno, sem sombra de dúvidas, os integrais são muito especiais.

Por isso, especialmente no café da manhã, invista em uma alimentação a base de aveia em flocos, gergelim, farelo de trigo, feijões, linhaça, arroz integral, centeio, entre outros que não passam por um processo de refinamento.

Esses alimentos quando não passam pelo processo de refinamento, conservam mais nutrientes e, além disso, apresentam um maior teor de fibras, que também são essenciais para a saúde do organismo.

E para acompanhar uma refeição com alimentos integrais, certamente que precisamos incluir os vegetais preparados crus ou refogados, frutas frescas e muita disposição para uma reforma alimentar.

Infelizmente em nossos dias, a grande maioria da população já se habituou a ingerir os alimentos processados e muitas vezes nem é de fato um alimento de verdade, pois as opções sintéticas já estão bem presentes e nem nos damos conta. 

Por isso, especialmente a mãe que precisa prover alimento materno para seu filho, é preciso conscientizar-se e buscar pela melhor alimentação para viver com saúde e dar saúde também para quem ainda nada sabe da vida.

Carnes Permitidas para Lactantes

Quando uma alimentação é bem planejada com alimentos saudáveis de fato, ricos em nutrientes, a carne pode até ser deixada de lado, pois na verdade, ser humano algum precisaria dela para viver.

Mas para aquelas mães que não conseguem se alimentar adequadamente para dispensar a carne, o jeito é escolher dos males, o menor e, nesse caso, as carnes magras são sempre as melhores opções.

Evite a carne suína e, além disso, procure ingerir o mínimo possível de outras carnes, dando a preferência para os peixes. Com respeito ao preparo desse alimento, o melhor é sempre na forma grelhada para eliminar ao máximo a gordura animal e deixar esse alimento menos nocivo.

O que mais é defendido por aqueles que não vivem sem ingerir carne nas refeições é de que ela é rica em proteínas.

Saiba porém de que 3 castanhas-do-Pará equivalem a um bife de 100 gramas e ainda as castanhas tem a vantagem de serem saudáveis.

Ser humano algum foi projetado para comer carne, pois seu aparelho digestivo não foi feito para digerir esse alimento e, a grande maioria dos males que acometem tanto o estômago como o intestino, são provenientes da carne não digerida corretamente.

Por isso, especialmente para as mães que ainda tem a responsabilidade de produzir o alimento materno para o filho, preocupe-se com seu filho, cuidando primeiro de sua saúde. Alimente-se corretamente e com a supervisão de um nutricionista para garantir a melhor combinação de alimentos.


Leia também: