Remédio para Intolerância a lactose, O que acontece com o Corpo quando se tem

É importante ficar atento ao que acontece com quem tem alergia ao leite, para saber que atitude tomar especialmente com relação a crianças que são as que menos conseguem dizer o que sentem. Mas enfim, seja criança ou adulto, os riscos podem ser os mesmos. Então olho vivo.

Reações da alergia ao leite

As chamadas reações imediatas – IgE Mediada – Podem aparecer de imediato ou até 2 horas depois de ter ingerido o leite.

As chamadas Reações Tardias – IgE não Mediada – podem aparecer algumas horas ou até dias após a ingestão do leite.

As chamadas Mistas – podem aparecer tanto imediatamente ou muito tempo depois da ingestão do leite.

O que é, Definição das alergias

Reações imediatas – quando o organismo produz anticorpos específicos do tipo IgE para leite de vaca. Essas reações são persistentes e com o passar dos anos tende a se agravar.

Reações tardias – ao contrário o organismo não produz anticorpos IgE específicos. a reação se dá por outras células. Não é possível um diagnóstico desse tipo de alergia por exame de sangue, nem por teste cutâneo. Crianças com este tipo de alergia podem desenvolver a tolerância antes que as outras.

Reações mistas – neste caso pode acontecer os 2 sintomas, imediato e tardio.

intolerancia a lactose

Sinais e sintomas Apresentados

Reações imediatas – urticária, inchaço dos lábios e olhos, vômitos em jatos e diarreias, anafilaxia, choque anafilático, respiração difícil e chiado no peito.

Reações tardias – diarreias com ou sem muco de sangue, vômitos tardios, sangue nas fezes, irritabilidade, cólicas, intestino preso, baixo crescimento e baixo ganho de peso, inflamação do intestino, assadura e fissuras perianal.

Reações mistas – descamação e ressecamento da pele com ou sem formação de feridas, refluxo, asma, inflamação do esôfago e do estomago, diarreia, vômito, dor abdominal, baixo crescimento e baixo ganho de peso.

Agora que você já sabe alguns sintomas e reações do alérgico a o leite, poderá saber melhor como agir e lidar com essa situação no dia a dia.

Exames para Diagnosticar Intolerância a Lactose

Para se diagnosticar a Intolerância a Lactose, existem alguns exames bem específicos para fazer, mas antes de tudo é necessário que se faça o teste de Exclusão Alimentar.

O teste consiste em ficar pelo menos 7 dias sem se alimentar com o leite e seus derivados. Observe os resultados e, se acaso não ocorrerem os sintomas provocados antes, faça mais um teste ingerindo um pouco de leite e então, espere os resultados.

Se porventura os sintomas de diarreia, cólicas ou outros que ocorriam antes voltarem, é muito provável que o problema é de fato a intolerância a lactose.

Porém, ainda será necessário fazer outros exames que o médico ao ser visitado irá determinar, tais como;

  • Exame de Fezes – nesse exame será medida a acidez das fezes e ele é muito comum quando é preciso detectar o problema da intolerância a lactose em crianças pequenas e bebês.
  • Teste do Ar Expirado – para esse exame, mede-se a quantidade de hidrogênio no ar expirado após a ingestão de água com lactose. Antes do referido exame, o médico irá alertar o paciente sobre alguns procedimentos a serem tomados como, por exemplo, o jejum de 12 horas.
  • Exame de sangue – nesse exame, será medido a quantidade de glicose presente no sangue após a ingestão de lactose diluída na água, poucos minutos antes, já no laboratório.
  • Biópsia do intestino – nesse exame uma pequena amostra do intestino é analisada no microscópio para identificar ou não a presença de células específicas que podem determinar a intolerância à lactose. Na verdade, pelo fato de ser mais invasivo, esse tipo de exame, apesar de ser muito útil para detectar o problema, é pouco exigido dos médicos.

Alimentos que mais fazem mal, Lista

Em geral, quando se trata de problemas como a intolerância à lactose, o mais indicado é diminuir ou mesmo excluir os alimentos que contenham a lactose do cardápio. Porém, existem casos que o iogurte e também os queijos, ainda podem ser mantidos entre os alimentos, pois contêm menos lactose do que outros derivados do leite.

Sobre os alimentos que podem fazer mal para uma pessoa com intolerância a lactose podemos dizer:

  • Alimentos industrializados – bolachas, biscoitos, pães entre outros produtos industrializados podem estar bem recheados de leite ou algum dos derivados, por isso, preste atenção nas embalagens sobre os ingredientes encontrados em cada alimento.
  • Leite – o leite e seus derivados como a manteiga, o queijo e alguns tipos de cremes também devem ser cortados do cardápio, salvo algumas exceções quando os níveis de lactose no produto é menor.
  • Embutidos – não se engane, pois alguns tipos de embutidos com as salsichas, nuggets e outros alimentos também podem conter lactose, fique esperto.

Leite causa gases espinhas e acne

É comprovado cientificamente que o leite causa gases espinhas e acne, e segundo estudos, cerca de 80 a 90% dos adolescentes sofrem com acne. Entre adultos e adolescentes, nos Estados Unidos são 17 milhões de pessoas que sofrem com as espinhas e acnes.

Como a acne está diretamente ligada ao aumento da atividade hormonal:

O leite tem tudo a ver, pois possui hormônios. A pele tem glândulas que contêm enzimas que se transformam no hormônio DHT (dihydrotestosdterone) aumentando a produção de sebo.

O leite aumenta a produção de oleosidade e consequentemente o aparecimento das acnes.

No leite encontramos o estrógeno, a progesterona e precursores andrógenos e esteroides, e alguns deles estão diretamente ligados a produção de comedões ou cravos.

O iodo aumenta as possibilidades de acnes. E suspeita-se de que o iodo do leite possa estar envolvido na causa da acne.

Segundo pesquisas na Suécia, pessoas acometidas de acnes, geralmente trazem deficiência de zinco, neste caso o leite e outros produtos de soja podem ser fortes aliados, pois o soja é rico em zinco. O leite de soja não possui gordura nem lactose, 2 pontos favoráveis aos sofredores de acnes. E mais um ponto positivo é que não tem a presença de hormônios.

A conclusão é que toda pessoa que sofre com as espinhas, cravos e acnes, deve evitar ao máximo a ingestão de leite e seus derivados, logicamente que se trata do leite de origem animal. Por outro lado, aprender a substituir o leite de vaca por leite de soja é com certeza de grande benefício para minimizar os problemas de pele, especialmente as acnes.

Importante: segundo pesquisas, grande parte da população mundial sofre com a deficiência de ferro no organismo que provoca diarreias e câimbras, e isso é devido a ingestão de leite. a nefrose que é a perda constante de proteínas pela urina é só mais um dos tantos problemas que o leite provoca.

O Remédio Lactosil

Lactosil adulto ou infantil é uma das opções como remédio para Intolerância a Lactose que vamos encontrar no mercado. O uso desse medicamento favorece a digestão do leite e seus derivados evitando os transtornos com esses alimentos.

Substancia ativa nesse medicamento

  • Lactosil Adulto – cada tablete com 2 gramas contém 10.000 FCC ALU de Lactase produzida pelo fungo Aspergillus Oryzae.
  • Lactosil Infantil – cada tablete com 2 gramas contém 4.000 FCC ALU de Lactase produzida pelo fungo Aspergillus Oryzae.
Lactosil tem o preços que variam de 40 a 60 reais, os preços vão variar de farmácia para farmácia

Como usar esse medicamento

  • Adultos – em geral, a recomendação é de 1 a 2 tabletes administrados durante a ingestão de leite, derivados de leite ou de alimentos que contenham o leite ou derivados dele na receita.
  • Crianças – em geral, a recomendação é de 1 a 2 tabletes de Lactosil Infantil administrados durante a ingestão de leite ou seus derivados ou então de alimentos que contenham o leite ou derivados na receita.

Valor desse medicamento – a embalagem com 30 tabletes de Lactosil Infantil tem um valor aproximado de R$ 45,00 reais. Já a embalagem com 30 tabletes de Lactosil Adulto tem um valor aproximado de R$ 87,00 reais.

Remédio Lacday

Lacday é mais um remédio para Intolerância a Lactose que os médicos podem recomendar para ajudar na digestão da lactose presente nos alimentos. Porém, devemos adiantar de que esse medicamento não resolve problemas de alergia ao leite de vaca.

Lacday é indispensável para quem quer dar uma abusada com os alimentos lacteos

Substância ativa nesse medicamento – cada comprimido mastigável contém 10.000 FCC ALU (Lactase).

Como usar esse medicamento – a recomendação é de 1 comprimido mastigável de Lacday em cada uma das refeições que contenham alimentos com lactose.

Os comprimidos podem ser mastigados ou então ingeridos com água.

Valor desse medicamento – a embalagem com 30 comprimidos mastigáveis de Lacday tem um valor aproximado de R$ 61,00 reais.

Remédio Lactocare

Lactocare é mais um medicamento que tem como função auxiliar na digestão da lactose quando existe alguma intolerância.

A enzima Lactase encontrada no medicamento, em contato com a lactose dos alimentos, transforma-a em Galactose e Glicose.

Substância ativa nesse medicamento – cada sachê com 2 gramas de Lactocare contém 10.000 FCC ALU (Lactase).

Lactocare é uma enzima para o preparo de alimentos lácteos e contém 30 saches

Como usar esse medicamento – esse produto é destinado ao preparo de alimentos.

Para preparar  1 litro de leite ou derivados, adicione 1 sachê de Lactocare. Agite por 3 minutos e depois deixe repousar por cerca de 15 minutos em temperatura ambiente.

Depois disso, aqueça até a fervura e então deixe voltar a uma temperatura ideal para ser consumido.

Atenção – mulheres gestantes ou que estejam amamentando e também as crianças só devem ingerir esse produto mediante recomendação específica do médico.

Valor desse medicamento – a embalagem com 30 sachês de Lactocare tem um valor aproximado de R$ 33,00 reais.

Alimentos Ricos em Cálcio para Substituição

Bom é saber que não precisamos do leite para suprir o organismo de cálcio e tanto isso é verdade que até existe um ditado que diz que o ser humano é o único “animal” (desculpe o termo) que bebe leite depois de 2 anos de vida.

Entre as muitas opções em alimentos que substituem o leite no fornecimento do cálcio para o organismo podemos destacar:

  • Tofu – o queijo preparado com o leite de soja contém muito mais cálcio do que o leite de vaca.
Além de ser um alimento saudável, o tofu é rico em cálcio.
  • Espinafre – além de ser muito rico em cálcio, o espinafre é um alimento com ação antioxidante e oferece muitos outros nutrientes para o organismo humano.
  • Sementes de Gergelim – muito benéfico para a saúde, o gergelim também contém muito cálcio entre os nutrientes que oferece ao organismo.
  • Grão-de-bico – excelente alimento para o almoço e jantar, em cada 100 gramas desse grão encontramos 120 mg de cálcio.
  • Aveia em flocos ou farelo – excelente na dieta alimentar para quem deseja ter saúde, encontramos 300 mg de cálcio em apenas 100 g desse cereal.

Existem muitas receitas culinárias que pedem leite de vaca para o preparo, mas se substituirmos o leite por água, com certeza também vai ficar bom e… mais saudável. Faça o teste e comprove você mesmo.