Como fazer papinha de neném (bebê) Nutritiva e saborosa

Toda futura mãe deve aprender a fazer papinha de neném, pois apesar de simples, essa refeição deve ser preparada com cuidado com os ingredientes mais apropriados para a saúde da criança que começa a se alimentar com elas a partir dos 4 meses de idade.

Em geral as primeiras papinhas que a criança vai ingerir são preparadas com frutas e servidas preferencialmente no meio da manhã ou no meio da tarde, mas é importante que se saiba que pelo fato do aparelho digestivo da criança ser ainda muito frágil, é preciso optar pelas frutas menos ácidas, como o mamão, a banana, a maçã ou a pêra.

Além disso, a papinha deve ser feita com uma fruta de cada vez, pois se acaso houver alguma rejeição por parte do organismo da criança é mais fácil identificar a fruta que não está fazendo bem, descartando-a do cardápio da criança pelo menos por algum tempo.

Quando começar dar papinha pro bebê

Toda mãe bem informada já sabe que as papinhas só devem começar a ser dadas a partir do sexto mês de vida. Pois antes disso, especialmente o bebê que mama no seio, não tem necessidade de outros alimentos, uma vez que o leite materno é completo.

Mas se chegou a sua hora de começar a preparar as papinhas, estamos aqui justamente para te ajudar nessa missão que é muito importante.

Adiantando que a alimentação sólida deve ir sendo introduzida gradativamente até que a criança se acostume. E o ideal é começar substituindo uma mamada. A princípio estas devem ser mais molinhas e aos poucos podem ir tomando mais consistência.

Lista de Alimentos para compra

É importante lembrar que deve-se ter sempre a disposição alimentos preferencialmente frescos, e se puder, que sejam sempre orgânicos, uma vez que carregam menor quantidade de agrotóxicos.

Mas sua lista deverá priorizar:

  • Frutas frescas tipo banana, maçã, laranja, mamão, ameixa, pêssego entre outras.
  • Legumes frescos – cenouras, abobrinhas, beterraba, madioquinha, cebola, alho, e por ai vai.
  • Verduras frescas – couve, repolho, brócolis, couve flor, salsinha entre outros.
  • Carne – se for usar que seja magra tipo músculo ou coxão mole ou carne de frango.

Como preparar de forma saudável os Legumes

O preparo das papinhas faz toda a diferença. E os cuidados do início ao fim são de essencial importância. Além de que são incomparavelmente mais nutritivas e saudáveis do que aquelas compradas prontas nas prateleiras do mercado. Então:

  • Busque sempre por ingredientes frescos para o preparo da papinha.
  • Os alimentos orgânicos podem ser mais caros, mas trazem mais qualidade e menos agrotóxicos.
  • Lave muito bem as frutas, verduras e legumes antes do preparo. O ideal é que seja usada uma escovinha e que estas sejam lavadas em água corrente, mesmo que depois sejam descascadas.
  • Você poderá também deixar de molho numa solução de água com vinagre branco ou ainda com hipoclorito de sódio. Mas sempre leia as instruções antes.
  • Sempre prepare as papinhas com água filtrada.
  • Para temperar use um pedaço de cebola, de alho ou salsinha. Mas nunca frite esses no óleo.
  • Não use óleo, nem sal, nem açúcar.
  • O sal só deve ser introduzido muito de leve na segunda fase da alimentação quando as carnes já são introduzidas. Mas bem pouco.
  • O açúcar não deve ser dado para as crianças nunca.
  • O óleo também não precisa.

Bom, depois que cozinhar todos os ingredientes, é só esmagar bem com a ajuda de uma garfo e estará pronto para alimentar o seu bebê.

De início comece sempre com menos ingredientes, mas quando perceber que a criança está acostumada, poderá apostar num mix de mais ingredientes, pelo menos uns 3 ou 4, e de preferência  coloridos.

Importante para os pais refletirem:

  • Fazer a papinha em casa é mais econômico do que comprar pronta.
  • Dá para fazer do sabor que quiser.
  • Seu bebê poderá comer alimentos frescos e muito mais saudáveis.
  • Fazer a papinha se torna fácil depois que pega a prática.
  • Você terá a certeza, de que seu bebê estará bem alimentado.

Papinhas com carne e ou caldinho de carne

Olha só esta receitinha:

  • 100 gramas de carne magra – pode ser músculo ou coxão mole
  • 1 mandioquinha
  • 1 cenoura
  • 1 fatia de abóbora
  • 1 dente de alho
  • 1/2 cebola pequena picada
  • água filtrada

Comece refogando a carne picadinha com o alho e a cebola. Quando esta estiver coradinha acrescente os outros ingredientes e a água e tampe deixando cozinhar até que esteja tudo cozido.

Então, retire a carne e o restante dos ingredientes amasse com um garfo ou passe numa peneira.

Agora é só servir morninha.

Essa receita da 3 porções.

Bater no Liquidificador ou Amassar

O ideal sempre é evitar bater as papinhas no liquidificador, preferindo amassar com o garfo para manter as fibras mais íntegras. Assim a criança terá maior proveito dessas e também estimulará a mastigação.

Armazenando e Guardando a papinha

O ideal é sempre servir alimentos frescos para seu bebê. Papinhas feitas na hora é outra coisa. Mas como hoje a vida é tão corrida, pode não ter tempo suficiente para fazê-la todos os dias. Então o jeito é armazenar.

O armazenamento correto da papinha é muito importante para que todos os nutrientes sejam conservados, além de manter o alimento livre de contaminações. Então:

  • Se optar somente por refrigerar, dura até 2 dias – depois disso, deverá jogar fora.
  • Se pensar em congelamento, poderá colocar o creme em vidros pequenos com tampa, bem limpos.
  • Também poderá congelar em forminhas de gelo bem limpas, e depois de congelados colocar em saquinhos e guardar, não esquecendo de colocar a data.
  • Quando for descongelar o alimento, deverá descongelar aos poucos para não desperdiçar, mas coloque numa panela e aqueça, mexendo para que aqueça por igual e não queime.
  • Nunca reaqueça uma comida pela segunda vez, pois esta deverá ser jogada fora.

Outras dicas importantes

  • Você poderá usar porções da mesma comida dos adultos, mas que seja antes de acrescentar o sal ou temperos fortes.
  • Nunca use alimentos fritos para seu bebê, eles possuem gorduras saturadas.
  • Uma boa dica é apostar no cozimento dos alimentos a vapor, assim conservarão mais nutrientes.
  • Fazer a apinha com toda a higiene possível, só acrescentará ainda mais saúde ao seu bebê.
  • Faça tudo com muita dedicação e amor.

 

papinha para o nenem

Com Banana

Para preparar uma papinha de banana (nanica ou banana-maçã) é muito simples, descasque uma banana bem madura, mas que não seja passada do ponto e amasse bem com um garfo e depois é só servir com uma colher de plástico ou de silicone para não machucar a criança.

Com Maçã ou Pêra

Se for preparar uma papinha de maçã ou de pêra, o procedimento é o mesmo, é só lavar as frutas, cortar ao meio e raspar com uma colher de metal, mas usando uma de plástico para alimentar a criança.

E papinhas salgadas, quando ele pode comer?

A partir do sexto mês de vida a criança já poderá receber as papinhas salgadas, e uma das muitas receitas que podemos passar é preparada com 50 gramas de carne bovina magra, 1 fatia pequena de abóbora, 1 cenoura pequena, 1 batata salsa pequena e água até dar o ponto.

(Importante) Se você não vai dar carne para seu bebê, não deixe de consultar um nutricionista para fazer a substituição que geralmente é feita por castanhas, pois a ausência da vitamina b12 pode causar um problemão na saúde do seu bebê, e segundo estudo 50% dos vegetarianos possuem deficiência desta vitamina.

Corte a carne em pedaços bem pequenos e coloque para refogar com um pouco de óleo. Depois de alguns minutos coloque os demais ingredientes com uma pitada de sal e deixe cozinhar até amolecer os legumes, depois é só tirar do fogo, esmagar com o garfo e peneirar para servir a criança.

Passo a passo de papinha Cozida (Vídeo)

Bom, então é isso, agora você já está bem a par de Como fazer papinha de neném de maneira fácil, sempre fresquinhas e nutritivas. Seu bebê merece todo o seu cuidado e carinho!!!!