Como fazer Massagens para bebê com cólica

Toda mãe deve saber fazer alguns tipos de massagens para bebê com cólica na hora em que elas começam a incomodar e se tornam insuportáveis para as crianças. As cólicas que são basicamente normais nos primeiros meses de vida.

É comum acontecer de o bebê estar bem alimentado, sequinho, bem vestido e mesmo assim continuar a reclamar, chorar e chorar. O choro geralmente é forte, e é provável que isso indique as cólicas que incomodam muito a criança.

As cólicas aparecem normalmente até o quarto mês, isso porque o sistema digestivo da criança ainda não está completamente maduro. Por isso, o abdômen se contrai e isso acontece, especialmente no final da tarde.

É por isso, que é legal você mãe estar afiada com todas as técnicas possíveis para ajudar a aliviar o sofrimento do seu bebe. Vamos conferir alguns tipos de massagens que vão ajudar:

como razer massagens para bebe com colica

Quanto tempo duram as cólicas

 

Como qualquer outro desconforto, as cólicas no bebê duram enquanto não existir uma solução para elas. É bem verdade que elas podem ser intermitentes, mas, assim que a mãe desconfiar de que o bebê chora por causa das cólicas, é importante buscar uma solução imediata para combatê-las.

Influenciadas por fatores diversos, as cólicas em bebês são provocadas por algum tipo de transtorno digestivo, a exemplo dos adultos.

Em geral, essas cólicas costumeiras costuma diminuir de intensidade ou mesmo desaparecerem após o 3 mês de vida. Porém, essa é uma perspectiva incerta, pois varia de acordo com o organismo de cada bebê.

Não devemos esquecer que, existem casos em que o bebê nem sofre com esse desconforto, enquanto que em outros, o período constrangedor é breve. Porém, existem situações em que o período crítico com as cólicas chegam a ultrapassar os 4 meses de vida.

Durante esse período, é importante que os pais, especialmente a mãe, saibam diferenciar um choro por conta da fralda molhada ou suja de um choro mais intenso como o caso das cólicas.

Quando se trata de fraldas sujas, certamente que o bebê ficará mais tranquilo, logo após ocorrer a higienização.

 

Massagens para barriga do bebê

 

A massagem pode ser muito simples, e sempre que você perceber que seu bebe está com cólicas, aposte numa massagem suave na barriguinha dele, no sentido horário, em círculo.

As mãos devem estar em forma de concha, e partindo das costelas você mãe deverá massagear em direção a púbis. Em geral, a criança vai se sentir aliviada assim que soltar um pum, demonstrando que o intestino foi liberado.

Massagens com óleo

 

  • Coloque algumas gotinhas de algum óleo como de alecrim, de amêndoas, doces ou outro óleo, e faça massagens suaves no tórax, pescoço, ombros e diafragma.

  • Fazendo um x com as mãos vá de ombro a costela.

  • Agora com as mãos passe pelo tórax, pelo pescoço, ombros e desça para os braços.

  • Massageie também o lado de dentro e depois o de fora dos bracinhos.

  • Faça massagens circulares na palma das mãos com os polegares.

  • Cubra a parte de cima e tire a calça do bebe, deixando-o somente com a fralda.

  • Segure as perninhas do bebê para que este não faça tantos movimentos e baixe a fralda. Então, com uma das mãos, deslize sobre o diafragma até chegar ao umbigo.

  • Flexione as perninhas do bebê e repita o procedimento.

  • Vire o bebê de bruços e pingue gotinhas de óleo massageando entre vai e vem dos ombros até o bumbum.

  • Termine esta massagem dando uma leve sacudida nas costas do bebê, mas cuidado para não machucá-la.

 

Outras maneiras de ajudar a aliviar as cólicas do bebê

 

massagens para bebe com colica

Além disso, você poderá fazer na criança outros movimentos como o de levantar as perninhas e fazer com que a criança pedale pressionando levemente a barriga.

 

Compressas quentes

Outra alternativa que pode ser aliada a uma boa massagem, esta nas compressas quentes sobre o abdômen. E você poderá usar aquecer uma fralda ou flanela e colocar sobre o abdômen, ou ainda poderá usar uma bolsa térmica com água morna sobre a barriga do bebê para aquecer.

Poucas mães sabem disso, mas o calor transmitido para o corpo através de uma compressa quente, alivia de imediato as dores, tanto no caso das cólicas no bebê como em outras situações, mesmo em adultos como é o caso das cólicas menstruais nas mulheres.

Porém, é importante lembrar que esse não é um tratamento em definitivo, ou seja, é preciso descobrir as causas para combater o problema.

Para fazer a compressa, não importa se é um pano quente ou bolsa de água quente, os efeitos terapêuticos são os mesmos. Nessa hora, é importante transmitir calor para o corpo fazendo a compressa sobre a região abdominal do bebê.

Nesse caso, a sugestão é que se tenha uma bolsa térmica a disposição, pois por conta de sua praticidade, poderá ser utilizada a qualquer momento, mesmo em período de viagens.

 

Banhos quentes

 

Os banhos quentinhos de imersão também são muito bem vindos. Você poderá preparar o banho num balde grande onde o bebê poderá sentar-se ou mesmo numa bacia ou banheira.

Converse baixinho e deixe a luz baixa, quem sabe coloque uma música ambiente bem suave, e deixe que o bebe fique dentro da água morninha numa temperatura de 36 a 37°C.

Durante esse banho quente ou morno, providencie tudo para que a criança se sinta relaxada. Nesse caso, diminua a claridade no ambiente, e coloque uma música suave para ela escutar.

Além disso, converse com o bebê para que ele se sinta amparado e protegido. Situações como essa farão com que a criança tenha a sensação de ter voltado para o seu primeiro habitat, o útero materno, provocando um relaxamento mais intenso que ajudará a suportar a cólica.

Chás de Ervas

 

Uma excelente alternativa também é fazer chás de ervas medicinais calmantes como camomila, alecrim, melissa, cidreira, hortelã entre outras. Estas acalmam o bebê e aliviam as cólicas.

Nossos antepassados sabiam muito bem aconselhar sobre os medicamentos naturais que usavam em combinação com as massagens para bebê com cólica. Graças a essas soluções naturais, muitos transtornos eram evitados e as crianças cresciam com muita saúde.

Mas é claro que, mesmo sendo medicamentos naturais, os chás precisam ser preparados com uma dosagem adequada, especialmente, nesse caso, tratando-se de bebês indefesos.

Por isso, vamos a algumas receitas práticas que podem contribuir para combater as cólicas, tanto de bebês como de adultos.

Chá de Camomila – a Camomila contém uma substância conhecida como Glicina que oferece efeitos relaxantes. Com um sabor agradável, esse chá beneficia tanto a crianças como adultos.

Como fazer o chá para o bebê 

Ingredientes

  • 2 colheres (sopa) de camomila,
  • 100 ml de água fervente.

Como preparar o chá

Coloque a erva diretamente sobre a água fervente e deixe agir até amornar a ponto de mamadeira. Depois disso, dê ofereça algumas colheradas para a criança durante o dia.

Chá de Camomila com Erva-doce

Ingredientes

  • 2 colheres (chá) de flor de camomila,
  • 1 colher (chá) de sementes de erva-doce,
  • 200 ml de água fervente.

Como preparar – misture as ervas na água fervente e deixe agir até que o chá fique morno. Depois disso, coe e ofereça para o bebê às colheradas, 20 minutos antes e 20 minutos após cada mamada.

Você pode também fazer o seguinte, tirar a blusa, e tirar a roupa do bebe, deitando-o sobre seu peito enquanto conversa suavemente com ele e o acaricia. Isso vai ajudar a expulsão dos gases.

Aconchego da mamãe

 

A quem diga que o bebê gosta de aconchego parecido com o que ele sentia no ventre da mãe. Então se você enrolar o bebe num cueiro, ele se sentirá mais seguro, menos agitado e consequentemente as cólicas vão aliviar.

Ninguém duvida do efeito positivo que o aconchego de uma mãe pode proporcionar para um filho, especialmente quando se trata de um bebê indefeso.

Por isso, é importante que a mãe, tenha paciência diante do choro do bebê e aconchegue-o nos braços, demonstrando que, com ela, ele estará seguro. Mesmo que a cólica não desapareça, só o fato de sentir o cheirinho da mãe demonstrando o amor pela criança, o bebê já vai ter motivo suficiente para se acalmar.

Por isso, uma ótima alternativa é colocar seu bebê de bruços sobre seu braço, segurando com a mão na barriga da criança. Isso fará com que a barriga aqueça, enquanto você caminha para lá e para cá.

Amamentando

 

Existe a possibilidade de você oferecer o seio para a criança também, mas isso somente se ela não tiver mamado recém. A amamentação poderá acalmar a criança.

Amamentar é um ato de amor, mas infelizmente, poucas mães reconhecem isso. A criança pelo menos até os 6 meses de idade, precisa do leite materno, até mesmo para ajudar no desenvolvimento do seu sistema imunológico.

Por isso, seria importante que a mãe tire tempo adequado para amamentar o bebê. Mas para isso, é preciso que ela esteja tranquila e disposta a exercer seu papel de mãe.

Ao amamentar, se a mãe estiver nervosa ou estressada, certamente que isso vai repercutir na qualidade do leite para o bebê. Ademais, é importante que a mãe se alimente corretamente para produzir um alimento de boa qualidade para a criança.

Lembre-se que o leite materno é composto de substâncias que você ingere. Sendo assim, alimentos nocivos para a saúde da mãe, vai repercutir diretamente na alimentação do bebê.

Sempre depois de cada mamada, você deverá fazer a criança arrotar para evitar qualquer retenção de gases no estômago. Isso ajudará a evitar as cólicas.

Alimentação da mamãe

 

Além das massagens para bebê com cólica, cuide com o que você come, pois especialmente os alimentos industrializados que são cheios de químicas, conservantes, acidulantes e outros ‘antes’, acabam desfavorecendo a digestão do bebê.

Além disso, como já adiantamos acima, a alimentação da mãe vai influenciar diretamente na qualidade do leite materno. Por isso, nada de vícios nocivos, pois se acaso, você não se preocupa com sua saúde, pelo menos, se preocupe com a saúde de seu filho.

Alimentos de boa qualidade, ricos em nutrientes saudáveis, certamente irão produzir leite materno de qualidade para o bebê. Com isso, esse primeiro alimento da criança, vai contribuir para que ela cresça saudável e, certamente não irá sofrer tanto com as cólicas nos primeiros meses de vida.

Também é importante para a mãe manter a calma, com a criança, especialmente quando ela está com cólicas. Ao perder o controle e se irritar, a criança vai se sentir ainda mais insegura e o choro persistirá.

Como última alternativa, depois de todas as outras terem se esgotado, é que os pais poderão buscar pela medicação do bebê. Existem bons remédios para aliviar as cólicas e passar a dor e desconforto. Mas, lembre-se de que nada poderá ser usado sem a prescrição médica.

Leia também: