GRAVIDEZ no primeiro Trimestre, como é, exames, Pré natal

Estar grávida é uma graça de Deus concedida as mulheres. E para quem espera ansiosamente por esse dia, já os primeiros  sintomas da GRAVIDEZ no primeiro Trimestre dimensionam o tamanho do amor que pode despertar na futura mãe. Isso claro, quando o filho é desejado.

Esse é o período que compreende entre a 1ª e a 13ª semanas.  E é nessa fase que um espermatozóide e um óvulo se encontram para dar começo a uma nova vida, um novo ser, o tão esperado bebê.

Como se dá a fecundação

 

É importante ter em mente que fica complicado saber qual é o exato momento da fecundação.  E por isso é, que costumeiramente, começa-se a contar como gravidez a partir do primeiro dia da última menstruação.

Sendo assim, a partir deste dia, que se dá mais ou menos lá pelo 14º dia do ciclo menstrual, é que o médico conta os prováveis 280 dias de gravidez.

Se um óvulo tem vida de aproximadamente 12 a 24 horas, é este o tempo que ele terá para ser fecundado também. E caso isso não ocorra, ele será expelido na próxima menstruação juntamente com o revestimento uterino.

Essa possibilidade de fecundação se repetirá durante todos os meses da vida fértil de uma mulher.  E certamente, se não for fecundado, todos os meses será eliminado.

O começo de uma vida é marcado por mistérios que somente um Deus maravilhoso pode fazer.

Entre milhares de espermatozoides, somente um, e o mais forte deles, é que vai conseguir penetrar o óvulo e fecundá-lo, os outros todos morrem.

E é justamente neste momento que se determina se o bebê será menino ou menina. Suas características físicas e sua hereditariedade em todos os aspectos.

2ª semana de gravidez

 

Nessa fase a mulher pode dizer que realmente está grávida.  Mas por enquanto, nenhuma mudança é visível.  Apesar de que já no momento da concepção, o organismo da mulher começa um processo de transformações para acamar o bebê que está chegando.

Mais ou menos um dia após a fecundação, espermatozoide e óvulo, cada um por sua vez trazem 23 pares de cromossomos os quais guardam no seu núcleo o DNA dos pais.

A junção desses cromossomos resultam no chamado ‘zigoto’, um única célula que logo começa a se dividir para resultar neste novo ser.

Então, o óvulo que agora está fecundado começa a descer em direção ao útero.  E com apenas 6 dias de fecundação, o chamado ‘zigoto’ já estará dividido em 200 células dando forma ao embrião.  Este que certamente, sai da cápsula de proteção e começa o processo de fixação no cólo do útero.  Mais propriamente, nas paredes do cólo.

4ª semana de gravidez

 

Com cerca de 0,4 mm, o embrião que agora está firmemente fixado na parede uterina se parece com um micro disco.

Mas é um processo tão maravilhoso, que é nessa fase que já começa a formação do sistema cardiovascular. Ao mesmo tempo, a  formação do tubo neural na camada da ectoderme. E não demorará muito para o embrião já ter cérebro e coluna.

 

1º Mês resumo

 

Por mais que a barriga ainda não demonstre nenhum sinal de gravidez, certamente, ela está ali. E pode acontecer com muitas mulheres, de nem desconfiarem de que estão grávidas.

E ai acontece uma reviravolta tremenda dentro do organismo da mulher. Pois enquanto alguns hormônios começam a ser produzidos, outros acabam diminuindo a produção. A placenta, por sua vez já começa a ser formada. E o bebê que ainda é tão minúsculo, já começa a formar seus principais órgãos.

Essa é uma fase onde facilmente acontecem os abortos, e portanto, é importante estar atenta. É uma fase propícia também as más formações, devido a fatores como a má alimentação da mulher.

Portanto, é impreterivelmente importante que se você está tentado engravidar, fique ligada, e já tenha todos os cuidados necessários para que a gravidez corra bem até o final.

Nessa fase você precisa ter seus exames médicos em dia, e alimentar seu corpo e o feto com nutrientes essenciais como:

  • Ácido fólico;
  • Vitaminas do Complexo B;
  • Vitamina B6;
  • Cálcio;
  • Iodo;
  • Ferro;
  • Zinco;
  • Muitas fibras;

NÃO:

  • Não Fume;
  • Não Beba bebida de álcool;
  • Não use refrigerantes;
  • Não use café e chá com cafeína;
  • Não use analgésicos e antitérmicos;
  • Não use cremes com ácido retinóico;
  • Não coma carnes cruas ou mal passadas;
  • Não faça atividades físicas de alto impacto;
  • Não descuide de doenças como a toxopalsmose, por exemplo;

 

2º Mês Resumo

 

Ainda que de leve, mas ao entrar no segundo mês a mulher já começa a sentir algumas mudanças físicas. Seu emocional também começa a mudar, pois muito que provavelmente, ela ficará mais sensível.

Agora seu bebe já pode pesar de 2 a 8 g. E a partir da 6ª semana, o coraçãozinho dele já começa a bater. Mesmo que o bebe ainda seja tão pequeno, não maior do que um grão de feijão. É normalmente nesta fase que as mulheres descobrem a gravidez.

Agora aquilo que era chamado de zigoto, passa a ser chamado de embrião. Neste mês também começam os enjoos e a azia.

Devido aos hormônios, podem aparecer espinhas no rosto ou nas costas, e a pele se torna mais oleosa. E a mulher pode tanto ganhar peso como perder peso nesta fase.

Mas os cuidados com a alimentação devem ser constantes.

 

3º Mês Resumo

O bebe não parou de crescer, e agora ele já é considerado um feto. Agora o processo de ossificação já está a todo vapor, e o desenvolvimento da genitália também começa.

Já com aparência humana, o feto pode chegar a medir 61 mm e pesar 13 g. A cabeça ainda continua bem maior do que o restante do corpo. Mas já possui os membros, pescoço e orelhas mais definidos.

Os mamilos e folículos pilosos começam a se desenvolver. E a cauda diminui consideravelmente. E seu sistema nervoso se aperfeiçoa dia a dia. A cada minuto, ele está ganhando grande quantidade de neurônios.

O corpo da mãe vai se modificando dia a pós dia, os seios crescem, as aréolas aumentam e ganham grânulos, e a cintura perde sua definição.

A alimentação deve ser cuidadosamente escolhida.

 

O que acontece neste 1º trimestre de gravidez

 

Em ritmo acelerado neste primeiro trimestre o feto adquire estruturas internas, sua própria corrente sanguínea e também órgãos como coração, fígado, cérebro, rins, pulmões.

Se for menina começará também o desenvolvimento dos ovários que ao nascer seu bebê já carregarão 500 mil ovácitos primários.

Caso seja menino começará o desenvolvimento dos testículos dentro da cavidade abdominal, onde permanecerão até o final da gravidez e somente então se deslocarão para o escroto.

12ª semana de gravidez

 

Nesta fase o coração já está formado e bombeia sangue para todo o corpo e também já é possível ouvir o coração do bebê através de ecografia, momento tão esperado pela mãe, não é mesmo?

13ª semana de gravidez

 

Então, aqui os órgãos vitais do feto já estão completamente formados e em bom funcionamento. Com exceção dos pulmões que estão em fase de amadurecimento e só terão funcionamento no nascimento, rins, intestino, fígado, cérebro estão basicamente prontos.

Os membros como as mãos, os pés e as articulações também já se apresentam definidos. Nesta fase, o bebê já se apresenta com tudo o que terá quando nascer, desde músculos até ossos, membros e órgãos.

Até mesmo os olhos e nariz já estão definidos e apresentam também unhas nas pontas dos dedinhos.

Acredite você que é também neste primeiro trimestre que começa a formação dos dentes de leite que serão 20. E o bebê também começa a ouvir sons de dentro do corpo da mãe. Mesmo sabendo que a audição se completa de fato somente na 24ª semana de gravidez.

Ele também já boceja e mede até então 10 cm, pesando em média 20g apenas.

Consultas na gravidez

 

Toda mulher grávida tem direito aos cuidados médicos gratuitos regulares, tanto no Centro de Saúde como no Hospital. E pode receber o acompanhamento do futuro pai da criança também.

Um livrinho ‘Boletim de Saúde da Grávida’ deverá ser entregue a futura mãe e deverá acompanhá-la sempre que for consultar, e até na hora do parto, pois lá terão todas as informações sobre a grávida.

Procedimentos e exames normais numa consulta da mulher grávida

 

  • Pesagem da mulher grávida
  • Testes de urina
  • Medição da pressão arterial
  • Verificar a altura do útero
  • Verificar a posição e tamanho do bebê
  • Ouvir os batimentos cardíacos do bebê
  • Exames ginecológicos
  • Verificar o inchaço/varizes das pernas
  • Análise sanguíneo regulares
  • E ecografias trimestrais

 

Como lidar com Enjôos

 

Os enjoos são comuns  em mais ou menos 70% das mulheres grávida nos 3 primeiros meses. E por incrível que pareça, não existe uma prescrição definitiva para combater esse mal estar.

No entanto, existem alguns truques que podem funcionar muito bem como:

  • Comer bolachinhas de água e sal antes de levantar da cama;
  • Comer de duas em duas horas, mas em pequenas porções;
  • Fugir dos alimentos gordurosos;
  • Não se deite logo após comer;
  • Tome muita água para estar bem hidratada;

 

Importância do Ácido Fólico (Vitamina B9)

 

O ácido fólico é de fundamental importância na vida da gestante. Tanto é que segundo o Ministério da Saúde, a suplementação deve ser feita por mulheres em idade fértil.

O correto é que essa suplementação seja feita 2 meses antes de engravidar, e nos 2 primeiros meses de gestação. Este que é uma vitamina do Complexo B, é hidrossolúvel, e atua na multiplicação celular. Também atuando diretamente nas proteínas que estruturam a hemoglobina.

Toda mulher deve fazer essa suplementação a fim de evitar Defeito no tubo neural do feto. Sendo que poderá diminuir em até 75% dos riscos dessa má formação.

 

Aborto Espontâneo – Perguntas e respostas

 

Considera-se que chega a 20% os casos de gestações interrompidas espontaneamente. Vamos a alguns questionamentos comuns:

  1. O que é o aborto espontâneo ?

A gestação que foi interrompida até 22 semanas de gestação, quando o bebe pesa menos de 500g,  é considerada espontânea pela medicina.

2. Porque acontece?

São diversos os fatores que causam este aborto espontâneo. Mas o principal deles são os fatores genéticos que acabam causando a má formação do embrião.

Porém podem existir outros fatores como: diabetes, doenças autoimunes, problemas na tireóide, tabagismo, uso de drogas, excesso de álcool entre outros.

3. O pai pode ter a ver com o aborto?

Pode. Hoje sabe-se que a idade do pais tem a ver com a saúde do embrião. De acordo com estudos, espermatozoides de pais com idade acima de 55 anos tem maior probabilidade de causar problemas no embrião.

4. Sintomas do aborto espontâneo

Entre os sintomas citamos os principais como:

  • Sangramento escuro ou em sangue vivo;
  • Cólicas aliadas ao sangramento;

A GRAVIDEZ no primeiro Trimestre, de fato traz muitas mudanças no corpo e na vida da mulher.