Bebê com Umbigo Grande Saltado, entenda O que é

Considerado uma condição comum assim quando nasce uma criança, a hérnia umbilical pode acontecer em pelo menos 15% dos bebês. Por isso, um bebê com umbigo grande saltado não é motivo de uma real preocupação, pois em geral, essa condição se normaliza antes que a criança complete o primeiro ano de vida.

Costumeiramente, basta que os pais ou responsáveis observem alguns cuidados com o umbigo da criança para que tudo se normalize dentro de alguns meses.




O que é o Umbigo Saltado

Alguns bebês ao nascer, apresentam a musculatura abdominal mais fracos do que o normal e, por conta disso, favorecem o aparecimento da hérnia umbilical que é caracterizada pelo umbigo saltado.  Por conta dessa fraqueza muscular maior, a criança, apresenta a saliência saltada do umbigo, provocada muitas vezes pelos esforços quando chora ou mesmo quando defeca.



Esse é um problema que dificilmente é motivo de preocupação, pois em geral, costuma se normalizar ainda antes de a criança completar 12 meses de vida.


Durante o período de gestação, o bebê precisa do cordão umbilical para receber os nutrientes fornecidos pela mãe e, por isso existe essa abertura na região abdominal por onde passa o cordão.

Assim, quando a criança nasce, na medida que os músculos se fortalecem com o passar do tempo, também esse problema da hérnia é resolvido, salvo situações mais severas que precisará de um tratamento especial.

O que Causa o problema

É preciso entender que o anel umbilical (umbigo) é formado por músculos e outros tecidos no local onde o cordão umbilical se liga ao corpo do feto. Em geral, o anel se fecha antes ainda de o bebê nascer mas, se os músculos não se unem corretamente na linha média do abdômen, essa fraqueza na parede abdominal vai provocar a hérnia umbilical logo que a criança nasce ou em algum momento mais tarde na vida.

A hérnia umbilical, não acontece apenas nos recém-nascidos, também pode ocorrer em pessoas adultas e isso, acontece justamente por conta de uma pressão na região abdominal e, no caso dos adultos, até mesmo a obesidade poderá favorecer para o problema.

Moeda no Umbigo pode?

Apesar de ser uma técnica muito antiga que ajudou muitas situações com o umbigo saltado, precisamos lembrar que as moedas mesmo que esterilizadas, nunca ficam totalmente limpas o suficiente para não causar uma infecção.

Por isso, melhor é evitar uma complicação maior para o bebê que pode ser provocada por uma moeda mau esterilizada causando algum tipo de infecção no bebê.

Além disso, o uso da moeda também exige as faixas para ajudar a pressionar o umbigo para dentro e isso, dificulta e muito a respiração do bebê.



Para maior segurança do bebê, é importante buscar pelas orientações do pediatra quanto aos cuidados para que essa condição no umbigo se resolva o mais rápido possível.

Tratamento para Hernia Umbilical

Como já adiantamos, um bebê com umbigo grande saltado nem sempre precisa de um tratamento especial, pois quando tomados os cuidados devidos, a tendência é melhorar em poucos meses ou no mais tardar 15 meses de vida.

O pediatra pode até resolver o problema com uma massagem diferenciada para empurrar o umbigo para dentro. Mas quando existem situações mais complicadas, será preciso então uma cirurgia e nesse caso, os fatores que levam a esse procedimento incluem:

  • Quando essas hérnias são dolorosas causando muito incomodo para o bebê,
  • Quando a hérnia apresenta um tamanho maior do que 1,5 centímetro de diâmetro,
  • Quando a hérnia não diminui num prazo de 12 meses,
  • Quando a hernia não desaparece até os 3 anos de idade,
  • Quando a hérnia se prende aos intestinos ou causam algum bloqueio.

No caso das crianças, quando a cirurgia é necessária, é feita uma pequena incisão na base do umbigo para que o tecido da hérnia seja colocado de volta para a cavidade abdominal e então, a abertura seja costurada novamente.

Com respeito a tratamentos, quando esse realmente é necessário, somente a cirurgia é que resolve, pois outros tipos de tratamento, apenas atenuam o problema quando de fato ele não se corrigir sozinho. Por isso, de nada adianta buscar por soluções diferenciadas para resolver o problema da hérnia umbilical.

Quando o problema existe, as visitas ao pediatra devem ser mais constantes e, se em algum momento ele decidir que a cirurgia é necessária, essa precisa ser feita com a maior brevidade possível, pois do contrário, o problema poderá evoluir e tornar esse problema ainda mais complicado.

Cuidados no Dia a Dia

Para cuidar de um bebê com umbigo grande saltado, é importante ficar atento para uma possível evolução dessa hérnia. Na verdade, para tranquilizar a situação, ela precisa sim é regredir e não aumentar.

Contrariando a ideia de muitos avós, o uso de faixas ou mesmo de uma moeda para ajudar a resolver o problema, é considerado em nossos dias com prejudicial, pois compromete a respiração da criança.

Além disso, a não ser quando o pediatra tomar resolver agir, não se recomenda forçar a hérnia para dentro para reduzir o seu tamanho, pois isso pode ser muito comprometedor.

Raramente uma hérnia no bebê pode causar danos maiores para a criança. Por isso, é importante preocupar-se em deixar o local devidamente higienizado e esterilizado para evitar possíveis infecções e, enquanto isso, aguardar uma melhora natural do problema.

 

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 2

Bebê com Umbigo Grande Saltado, entenda O que é



Leia também: