Gastroenterite Infantil O que é necessário saber para tratar

A ação de micro-organismos como as bactérias, vírus, fungos e leveduras são muito comuns na vida do ser humano que constantemente sofre com as infecções.

E por apresentar um sistema imunológico ainda débil, as crianças são as principais vítimas nessas infecções. Entre as infecções que podem ocorrer está a Gastroenterite Infantil da qual vamos tecer alguns comentários para torná-la mais conhecida.

O que é Gastroenterite

Muito comum ocorrer nas crianças a Gastroenterite é uma inflamação no sistema digestivo que por conta dos sintomas que apresenta, pode chegar a um quadro de desidratação com muitos riscos à criança.

Geralmente essa doença é causada pela ingestão de algum alimento contaminado e é comum que dure poucos dias apenas apesar dos constrangimentos que pode causar.

Sintomas Apresentados

Entre os sintomas mais comuns que essa inflamação pode apresentar podemos citar:

  • Náuseas,
  • Vômitos,
  • Diarreia,
  • Febre,
  • Cólicas Abdominais,
  • Falta de apetite,
  • Dor no estômago,
  • Fezes com sangue (quando originada por bactérias),
  • Diarreia líquida (quando originada por infestação viral),
  • Diminuição na urina (sintoma de desidratação),
  • Apatia, (por conta da desidratação),
  • entre outros sintomas.

Causas da Diarreia em bebê e crianças pequenas

A diarreia em em bebês e crianças pode ser considerada comum, porém, é importante ficar atento a outros sinais que podem acompanhar essa diferença nas fezes. Essa inflamação pode se originar por causas bem diversas.

gastroenterite infantil e bebe 490x270 Gastroenterite Infantil O que é necessário saber para tratar

Entre as causas mais prováveis para elas existirem podemos citar:

  • Intoxicação alimentar – nesse caso, os alimentos considerados impróprios devido ao estado de conservação ou mal preparados para a criança. Quando uma bactéria presente em um alimento em estado de decomposição ataca, as fezes geralmente são mais líquidas e a defecação causa uma grande perda de líquidos  e as idas ao banheiro são mais constantes.
  • Uso de antibióticos – geralmente devido aos efeitos adversos que eles podem oferecer. Devemos lembrar que alguns tipos de antibióticos podem alterar no número de bactérias presente no intestino e com isso, causar a diarreia.

Além disso, o uso de alguns antibióticos pode promover a proliferação da bactéria Clostridium Difficile que é muito perigosa no intestino e pode causar inflamação na parede do intestino grosso.

  • Alergias alimentares – alimentos oferecidos para a criança que não são aceitos pelo organismo,
  • Gastroenterite Infecciosa – como já foi comentado, uma complicação causada por vírus ou bactérias. Entre esses micro-organismos estão o Rotavírus, Adenovírus, Salmonela e também pelo Campylobacter.

O que a criança deve comer e o que não pode

Quando acontecem essas complicações gastrointestinais é importante buscar a recuperação a todo o custo e com urgência, especialmente quando se trata de crianças.

Sendo assim, o tratamento começa com uma alimentação correta e, nesse caso, é importante oferecer ao paciente, opções em alimentos de fácil digestão e com poucas fibras. Vamos a algumas opções entre esses alimentos mais recomendados:

  • Arroz branco bem cozido, massas brancas, mandioca,
  • Sopas,
  • Purê de batatas,
  • Frango desfiado,
  • Frutas que contenham bastante água tais como: melancia, melão, maçã sem casca, morangos, goiaba, suco de laranja,
  • Água pura em abundância,
  • Chá das mais variadas espécies.

Alimentos que devem ser evitados – quando existe uma Gastroenterite devem ser evitados os alimentos de difícil digestão. Veja alguns desses alimentos proibidos:

  • Café, refrigerantes, chá verde, chá preto, chá mate,
  • Chocolates,
  • Frituras diversas devido ao excesso de gordura saturada,
  • Feijão, lentilhas, repolho, pois produzem gazes,
  • Vegetais crus e folhosos, devido a presença das fibras que podem complicar o tratamento,
  • Frutas laxantes como o mamão, abacate, ameixa,
  • Castanhas, nozes, amendoim e outras oleoginosas devido ao alto teor de gordura,
  • Sementes como  Chia e a Linhaça que aceleram o trânsito intestinal,
  • Carnes processadas que são ricas em gordura e sódio como é o caso das Salsichas, Linguiças, Bacon, Mortadela, entre outros.

Tratamento para Gastroenterite

Quando se trata de Gastroenterite Infantil em bebês ou em crianças a recomendação médica é que a criança deve guardar repouso em casa e também deve ser incentivada a ingerir mais líquido para que a desidratação seja evitada. Sendo assim, água, suco de cenoura e chá sempre sem a adição de açúcar para evitar que a diarreia se prolongue.

Durante as primeiras 24 horas, se a gastroenterite está comprovada, a criança não deve ser alimentada com outros alimentos mais sólidos. Quando o paciente é um bebê, este deve continuar a ser amamentado ou então é necessário que se busque por fórmulas lácteas que possam nutrir com saúde.

Também as soluções de reidratação devem ser priorizadas no tratamento, não apenas as de origem mais natural, mas se necessário também as opções em medicamentos encontrados nas farmácias.

Depois que a frequência dos vômitos diminuírem, preferencialmente com a supervisão do pediatra, os pais ou responsáveis devem começar a oferecer os alimento mais sólidos e assim, começar a normalizar a alimentação da criança, mas sempre com muita cautela.

Probióticos como os Lactobacilos presentes no iogurte, contribuem com muita eficácia para reduzir a diarreia de forma mais segua. Nesse caso, assim que é detectada a doença, os pais podem oferecer esses alimentos para a criança, sempre com a supervisão de um médico.

Porém, quando a situação da gastroenterite é mais grave, certamente será necessária a administração de líquidos intravenosos, e por isso, o paciente deverá ser hospitalizado.

Ainda, com respeito ao tratamento, o médico poderá em algumas situações sugerir alguma opção em medicamento antidiarreico ou mesmo uma opção em medicamento para aliviar as náuseas e vômitos e para o caso de uma gastroenterite provocada por bactérias, também pode ser necessário algum tipo de antibiótico.

Leia também:
Remédio e Antibiótico para Intoxicação Alimentar, Tratamento

Remédio para Foliculite no Couro Cabeludo, Tratamento

Fotos de Pessoas com Conjuntivite e Colírios para Tratar

Antibiótico Azitromicina Indicações de Tratamentos

Remédio Antiinflamatório para piercing na Língua Inflamada