Remédio e Leite para Bebê com Refluxo, Tratamento

 

Refluxo no bebê é algo muito comum, e geralmente não tem por que se preocupar. Esse é um sintoma natural na criança que ainda não apresenta o sistema digestivo bem desenvolvido.

Porém, quando esse problema persiste além dos 6 meses de vida, convém buscar pela ajuda médica, pois pode existir indícios de alguma complicação maior na criança.

Por vezes poderá ser necessário fazer um tratamento com remédio e leite para bebê com refluxo, pois o problema deve ser intolerância ao leite bovino ou ainda devido à falta de algum nutriente no leite materno.

O que é o Refluxo

 

Denominamos de Refluxo o condição quando, após a criança se alimentar, acontece a volta dos alimentos do estômago para o esôfago.

O refluxo é considerado muito normal, nos primeiros meses de vida e quando não ocorre as complicações maiores.

Na medida em que a criança cresce, o sistema digestivo se torna mais desenvolvido e logo o problema tende a desaparecer, salvo em situações mais agravantes que então vai exigir um tratamento diferenciado.

 

Como identificar o refluxo

 

Antes de oferecer remédio e leite para bebê com refluxo, é preciso identificar o problema e suas causas. Por isso, é necessário ficar atento às características de um refluxo.

Como identificar o refluxo anormal

Em geral, o líquido que volta do estômago da criança cheira azedo, por vezes, um cheiro muito forte.

Esse líquido tem a aparência do iogurte, porém mais ralo e, as vezes, apresenta vestígios mais consistentes das mamadas. Assim, quando o problema existe, basta uma mamada para logo, ocorrer o regurgitar na forma de nata.

Sendo, a princípio, algo muito natural na criança, o refluxo não precisa ser tratado como um problema. No entanto, se existir indícios de que a criança não está ganhando peso é preciso agir.

Ademais, em algumas situações, dependendo do desconforto que ela sente, pode existir a falta de apetite.

Precisamos entender que todo esse problema, provoca o aumento de ácido gástrico. Por isso, o desconforto é sempre presente, podendo causar irritação tanto no esôfago como na garganta da criança.

Alguns sinais característicos favorecem para identificar o refluxo. Vejamos:

  • Inquietação do bebê depois das mamadas,
  • Quando o refluxo é problema, acontece com maior frequência,
  • A criança costuma tossir durante as regurgitação, pois procura de alguma forma combater o problema,
  • Com o passar do tempo, a criança ganha pouco ou nenhum peso,
  • As vezes a criança começa a ter problemas respiratórios,
  • A criança apresenta alguma inquietação durante o sono.

Possíveis Causas

 

Quando se trata do refluxo normal, isso se dá devido ao fato de o mecanismo que devolve o alimento do esôfago para o estômago ainda não estar plenamente desenvolvido.

Por conta disso, a válvula (esfincter) que faz a passagem da comida de um órgão para o outro fica mais tempo relaxada e facilita o retorno do que foi ingerido.

Além disso, o tipo de alimentação dada para a criança também influencia, então, quando o bebê toma muito líquido e fica muito tempo deitado também favorece essa situação.

Quando o refluxo é mais agravante, a criança se irrita facilmente. Isso pode ser causa de uma doença devido a uma má formação no aparelho digestivo e, nesse caso precisa ser diagnosticada para ser tratado com urgência.

Em suma, o refluxo acontece quando o excesso de ácido dentro do estômago volta pelo esôfago. Por isso, não acontece o processo natural da digestão.

Portanto, nessas condições,  é preciso investigar as causas do problema. Ou ele tem a com disfunções no organismo da criança ou é provocado por alimentos que a mãe ingere.

Sintomas Apresentados

 

Entre os sintomas que se apresentam em um bebê que sofre com os refluxos podemos citar:

  • Sono agitado,
  • Dificuldades para mamar,
  • Irritação e choro excessivo,
  • Rouquidão devido à inflamação que ocorre na laringe por conta da acidez estomacal,
  • Vômitos constantes,
  • Dificuldade para ganhar peso.

Perigos do Refluxo para o bebê

 

Quando o refluxo no bebê acontece além de sua normalidade, certamente existem alguns riscos que precisam ser mencionados. Nesse caso, poderá ser necessário um remédio e leite para bebê com refluxo que será recomendado pelo pediatra.

A princípio, o refluxo poderá provocar irritação e até mesmo alguma lesão no esôfago. Isso, com toda a certeza resultará em dor, mal estar, queimação e até a azia.

Além disso, diante da persistência do problema, esse poderá evoluir provocando infecção no canal por onde passam os alimentos. Como se não bastasse isso, ainda existem riscos de complicações nos pulmões.

Por isso, complicações como bronquite e asma, serão mais propícias na vida da criança. Também poderão aparecer sintomas como aftas na boca e mau hálito e até mesmo os dentes correm risco de nascerem com deficiência de cálcio.

Ainda entre os perigos do refluxo não tratado de forma correta, a criança ficará susceptível a inflamações no ouvido. Já a dificuldade para mamar influenciará no seu desenvolvimento, a começar com a falta de peso.

Como prevenir o refluxo

 

Certamente que em algumas situações o refluxo é, de fato, um problema. Porém, é importante tomar algumas providências para prevenir esse desconforto para a criança.

Por isso, siga essas dicas que podem ser bem oportunas:

  • Procure trocar o bebê antes da mamada. Agitar o bebê durante a troca de fralda após a mamada poderá favorecer o refluxo.
  • Depois que o bebe mamar, evite sair com ele no colo.  A menos que seja necessário, deixe-o quieto.

Quanto mais o bebê se movimentar, maior é o risco de ocorrer o refluxo.

  • No momento da mamada, procure diminuir o tempo para alimentá-lo. Com toda a certeza, se o estômago da criança estiver menos cheio, menos riscos haverá de ocorrer o refluxo.

Para isso, certamente será necessário um planejamento dos melhores horários para a amamentação. Esse planejamento deve acontecer de tal forma que o bebê não seja prejudicado.

  • Durante as mamadas, mantenha o bebê em uma posição mais horizontal. Dessa forma, é mais fácil prevenir o refluxo.

Leite Nan AR

 

Leite Nan AR é uma opção entre os leites com fórmulas diferenciadas para crianças que sofrem com o refluxo e é indicado para bebês de 0 a 12 meses de idade.

Composição – leite bovino desnatado, lactose, oleína de palma, soro de leite desineralizado, lactose, óleo de palmiste, óleo de milho, óleo de canola, lecitina de soja, vitaminas A, B1, B2, B6, biotina, C , E, K, taurina, ácido fólico, ácido pantotênico, iodeto de potássio, sulfato de cobre, sulfato de zinco, sulfato ferroso.

Esse alimento deve ser indicado apenas pelo médico pediatra ou por um nutricionista e não deve substituir o alimento materno.

Como preparar:

  • Higienize corretamente a mamadeira e seus acessórios, fervendo por 5 minutos para esterilizá-los.
  • Ferva a água e depois aguarde até que atinja a temperatura ideal para preparar a mamadeira e então coloque 1 colher da medida do pó do leite Nan AR na mamadeira para em seguida acrescentar a água. Sacuda bem para misturar os ingredientes e depois, sirva para a criança, mas é importante conferir a temperatura para saber se está com a temperatura ideal.

Valor desse leite – a embalagem com 800 gramas de Leite Nan AR tem um valor aproximado de R$ 41,00 reais.

Leite Aptamil AR

 

Aptamil AR é mais uma solução entre remédio e leite para bebê com refluxo que vamos encontrar no mercado.

Trata-se de um tipo de leite com uma formulação específica para tratar crianças até os 12 meses de idade que sofrem com o refluxo gastroesofágico que pode ser motivado pela falta dos nutrientes necessários que deveriam ser encontrados no leite materno.

Composição – lactose, leite em pó desnatado, óleo de palma, óleo de coco, óleo de canola, óleo de girassol, carbonato de cálcio, maltrodextrina, vitamina C, Taurina, sulfato ferroso, cloreto de colina, sulfato de zinco, vitamina E, sulfato de cobre, ácido fólico, vitamina B12, vitamina D, vitamina B1, vitamina B12, vitamina B6, iodeto de potássio, vitamina K, niacina, sulfato de manganês, entre outros componentes.

Como preparar o leite – para preparar esse tipo de leite siga as seguintes recomendações:

  • Ferva a água durante 5 minutos e depois deixe esfriar por aproximadamente 15 minutos até atingir uma temperatura de 40º C.
  • Adicione a quantidade do pó do leite recomendado pelo médico ou nutricionista dentro da mamadeira e então acrescente a água e sacuda a mamadeira para que a mistura fique bem homogênea.
  • Confira a temperatura e então dê para a criança.

Valor desse leite – a embalagem com 800 gramas do leite Aptamil AR tem um valor aproximado de R$ 44,00 reais.

Remédio Losec Mups 10 mg

 

Mais uma alternativa entre remédio e leite para bebê com refluxo, Losec Mups 10 mg é bastante recomendado para combater os problemas estomacais como azia, refluxo gástrico e outros inconvenientes, porém só pode ser usado por crianças acima de 1 ano de idade.

Substância ativa nesse medicamento – cada comprimido contém 10 mg de Omeprazol.

Como usar esse medicamento – em geral, a recomendação é de 1 comprimido de Losec Mups 10 mg ao dia, mas é preciso buscar pela recomendação de um pediatra que antes deverá fazer uma avaliação médica no paciente.

Efeitos adversos desse medicamento – esse medicamento pode apresentar uma variedade de efeitos adversos. Por conta disso, por se tratar de um bebê, é mais do que necessário buscar pela recomendação médica antes de iniciar um tratamento com esse medicamento, nunca medicar a criança por conta própria.

Valor desse medicamento – a embalagem com 28 comprimidos de Losec Mups 10 mg tem um valor aproximado de R$ 190,00 reais.

Label Gotas

 

Label gotas é mais um remédio que os pediatras poderão recomendar para tratar do refluxo em bebês. Trata-se de um medicamento que age no sistema digestivo reduzindo a quantidade de ácido no estômago.

Como resultado de sua ação, Label gotas favorece a melhora dos distúrbios provocados tanto pelo refluxo como outros distúrbios estomacais.

Porém, é importante mencionar que esse medicamento não é recomendado para bebês com menos de 1 mês de vida.

Substância ativa nesse medicamento – cada ml da solução gotas Label, contém 40 mg de Cloridrato de Ranitidina.

Como usar esse medicamento – em geral, a dose recomendada de Label gotas é de 2,5 a 5 mg por kg de peso, a cada 12 horas. Porém, mesmo com essa informação, é imprescindível buscar pelo aconselhamento médico antes de começar o tratamento para o bebê.

Efeitos adversos desse medicamento – infelizmente, esse é mais um medicamento que pode apresentar uma variedade de efeitos adversos. Por conta disso, seja sensato e não exite em buscar pela recomendação de um pediatra para consultar o bebê.

Valor desse medicamento – a embalagem com 45 ml de Label Gotas tem um valor aproximado de R$ 45,00 reais.

Depois de saber sobre as opções em remédio e leite para bebê com refluxo, você agora já está mais por dentro do assunto.

Então, sabendo disso tudo, primeiramente faça um teste com as dicas que passamos acima para prevenir o refluxo. Com um pouco de paciência e cuidados, esses transtornos poderão ser evitados sem que a criança precise ser medicada.