Como Recuperar meu Casamento com Simples atitutes

Até as casas mais bonitas precisam de manutenção. Elas precisam ser limpas, reparadas, conservadas e gerenciadas. Da mesma forma, o seu casamento precisa de manutenção e cuidados.

Porque você não é perfeita ou perfeito, haverá colapsos emocionais, problemas de comunicação e erros antigos que persistem em seu casamento, então você precisa ter a habilidade de recuperar, recuperar e reconectar o relacionamento.

Esse texto tem por objetivo te auxiliar e vamos saber como recuperar o casamento que pode estar em ruínas.

Para ajudar no processo de reconexão com seu cônjuge, considere estas maneiras de manter seu relacionamento em boa forma.

Apenas mostre sua presença

Não diga nada, apenas dê-lhe um abraço, ou aperte o joelho dele ou dê um tapinha na mão dele.

Às vezes as melhores coisas da vida não são ditas. Uma maneira de lembrar este princípio é este pequeno poema:

Para manter um casamento repleto
com amor no cálice amoroso –
Quando você está errado, admita
e quando você está certo, cala a boca!

Seja Positiva

Qualquer coisa positiva – mesmo, tipo “Está um bom tempo hoje, hein?”

De fato, um pesquisador descobriu que, quanto mais positivamente os casais classificaram sua comunicação, mais satisfeitos ficaram com seu relacionamento.

John Gottman e seus colegas descobriram que casais casados ​​satisfeitos tiveram cinco interações positivas para cada interação negativa. Decida ter uma atitude positiva e então palavras positivas fluirão dela.

Tente ser Motivadora

Procure por algo que seja bom. Diga palavras de afirmativas. João costuma dizer coisas como: “Tudo bem, Pâmela. Prefiro estar aqui com você nesta situação do que com qualquer outra pessoa, em qualquer outro lugar”.

Quando João explode de alguma forma, eu costumo dizer algo como: “Tudo bem, você é realmente um grande homem e isso que aconteceu é uma coisa tão pequena”.

Comece espontaneamente listando as melhores características (pontos positivos) do seu cônjuge. (Quem se importa se você não tem talento na cozinha e seu marido te chama de “Uma mamãe quente!”)

Tenha Senso de Humor

Este não é o humor tratado em filmes, e outras piadas que vem de fora. Em vez disso, procure por uma piada sobre o que ocorre sua casa. Em pesquisas realizadas para identificar casamentos felizes a longo prazo, quase todos mencionaram a necessidade de um bom senso de humor!

O rei Salomão, conhecido como o homem mais sábio da história, diz: “Um coração alegre é um bom remédio …” (Provérbios 17: 2) e “Palavras agradáveis ​​são um favo de mel, doce para a alma e cura para os ossos”. (Provérbios 16:24)

Mantenha-se esperançosa

Problemas reais são quando alguém tem câncer ou você acaba de perder um ente querido. Tudo o mais é apenas um obstáculo a ser superado.

Minha amiga, Debbie Andersen, que é uma esposa de carreira militar, dá conselhos a jovens esposas para que sejam fortes quando atingidas por uma circunstância difícil: Ela diz “Apenas se adapte e supere”.

Perguntamos aos casais de casamentos ​​de longa data em nossa pesquisa sobre que conselhos dariam aos recém-casados ​​e alguns deles usaram a mesma frase: “Não se preocupe com as pequenas coisas”.

Antes de levantar uma discussão sobre alguma questão, pergunte-se: Será que isto será importante daqui a 10 anos? Na maioria das vezes em poucas horas a partir de agora, já não tem importância!

Tenha Atitude

Ofereça sugestões e soluções alternativas. Se as coisas estão realmente tensas, você pode querer segurar o seu cônjuge por algum tempo, em seguida, perguntar: “Você está pronto para debater algumas alternativas ainda?”

Conta-se a história do seguinte casal abaixo.

Quando Bill e eu éramos recém-casados, um dia vemos o comercial de toalhas que testava a resistência delas com outras pessoas.

Então, em um momento de dificuldades, quando não sabíamos o que fazer, um de nós perguntou: “O que faremos agora?” O outro pode responder com um sorriso: “Vamos testar a resistência das Toalhas?”

É claro que não foi a verdadeira resposta para o problema real ou problema em mãos, mas humor aliviou a tenção e nos fez rir, então tivemos uma atitude mais positiva.

Isso nos deu a oportunidade de nos recuperarmos, reunir nossos pensamentos e propor um novo plano ou solução para a questão real.

7. Vá embora!

Se seu cônjuge tiver um colapso emocional grave, ofereça-se para levar as crianças ao parque (elas provavelmente também vão querer fugir).

Deixa-lo sozinho às vezes dá a Deus algum espaço para trabalhar discretamente com seu cônjuge.

A cura e o encorajamento de Deus podem ser muito poderosos. Tenha um banho agradável, acenda algumas velas, coloque uma música suave e ore por ela.

Dê-lhe espaço para fugir e esfriar a cabeça. A garagem, a quadra de tênis, o campo de futebol ou o parque para para uma corrida ou caminhada podem ser muito bons para dar-lhe tempo para se reagruparem mentalmente.

Ou encontre uma maneira de relaxar e tirar uns dias juntos. Dê um passeio a pé , faça um passeio de bicicleta ou vá cortar o gramado.

Uma observação interessante das discussões de casais de longa data é que muitos deles mencionaram que a compra de um jacuzzi foi um dos melhores investimentos que fizeram para o seu casamento.

Um casal disse: “Descobrimos que o silencio não funcionou, então finalmente aprendemos a nos comunicar e compartilhar como nos sentíamos.

Quando pegamos nossa Jacuzzi, sentávamos à noite e compartilhamos como nossos dias foram e falamos sobre as coisas que nos incomodavam antes de se tornarem grandes problemas “.

8. Ei, olhe lá!

Ofereça uma distração: os filmes , uma viagem de compras ou almoço. Para muitas mulheres, uma viagem à Starbucks para um cappuccino, um pouco de loção do Boticário ou Natura e qualquer tipo de chocolate pode ajudar.

Para um homem que está chateado ou irritado, fazer o que ele realmente gosta pode ser muito bom pois o ajuda a obter respostas.

Um conselheiro uma vez nos disse em uma conferência: “Se você está desapontado e triste, escolha construir ou fazer algo, em vez de depressão. Pelo menos você terá algo para mostrar depois que as emoções acabarem!”

Assuma a Culpa

Se o colapso emocional foi sua culpa, peça desculpas. Recentemente, ajudei o marido da minha melhor amiga a fazer uma festa surpresa de aniversário de 40 anos para ela.

Ele estava tão estressado pelo fato de tentar manter isso em segredo e esconder todos os detalhes que ele simplesmente estava conversando muito pouco com ela.

Ela ficou toda louca em resposta ao fato de ele estar todo estranho. No meio de uma discussão na noite anterior, ela simplesmente extravasou. Ela estava chateada porque achava que ele não faria nada de especial pelo aniversário dela!

Não querendo estragar a surpresa, ele apenas ouviu tudo o que ela disse e guardou para si. Ele finalmente se ofereceu para levar ela e as crianças para um jantar agradável e após assistir a filmes.

Para revelar a surpresa, ele disse que precisava parar na casa de sua amiga no caminho. Bem, quando minha amiga de 40 anos entrou em sua festa surpresa, ela soltou um suspiro de alegria.

Então ela imediatamente se jogou nos braços do marido e gritou um pedido de desculpas na frente de sua sala cheia de convidados, “Eu sinto muito!” Esse é um princípio sábio. Quanto maior o estresse, maior deve ser o pedido de desculpas.

Os caras aprenderam há muito tempo que doces, flores e presentes são um bom caminho para sair da casinha do cachorro.

Lembre-se, nenhum marido foi morto enquanto lavava a louça! Então, se você perdeu emocionalmente em seu cônjuge, tente pensar em uma maneira muito sincera e criativa de fazer as pazes.

Eu não sei qual foi o erro do cara, mas eu sabia que tinha sido bem grave quando um dia, enquanto dirigia pela auto-estrada, vi um enorme lençol branco com “Me desculpe, Paula!” spray pintado em grandes letras em negrito. Espero que Paula o tenha perdoado porque esse grande gesto é muito raro.

Tenham Memória Curta

Não é incomum que casais apaixonados andem juntos pela montanha-russa emocional da vida.

Casais que optam por deixar que o passado os persiga, podem enfrentar sérios problemas em seus relacionamentos.

Casais que deixam os ressentimentos construírem descobrem que mesmo as menores briguinhas ou discussões podem criar grandes conflitos.

Para os dois segredos para um casamento feliz e duradouro: Tenham um um excelente senso de humor – e uma memória curta! Que nunca nos esqueçamos do que vale a pena lembrar ou lembre-se do que é melhor esquecer. Agora, vá lutar e recuperar o seu casamento.