Mama Tuberosa Mamoplastia para Aumento, Conheça

O desenvolvimento mamário nas mulheres começa a acontecer na fase puberdade quando então começam a ganhar formato e tamanho. Porém, para algumas mulheres esse desenvolvimento pode ser mais demorado e isso, por vezes pode ser considerado natural, pois tem a ver também com as funções hormonais.

Porém, existem casos em que o desenvolvimento das mamas fica aquém do esperado e isso, pode ser sinal de que a mulher está com Mama Tuberosa, uma alteração nas mamas da qual vamos fazer alguns comentários e também mostrar a solução.




O que é Mama Tuberosa

Denomina-se Mama Tuberosa uma alteração na estrutura das mamas que é mais comum nas mulheres, mas também pode afetar os homens. Essa alteração nas mamas começa a surgir logo no começo do desenvolvimento hormonal e para identificá-la é preciso ficar atento a alguns sintomas bem característicos, tais como:



  • Seios mal posicionados,
  • Hérnia Areolar
  • Deficiência na pele da mama,
  • Assimetria das mamas,
  • Mama menor do que o tamanho normal.

Por conta dessas alterações, alguns indivíduos podem sentir desconforto e até mesmo transtornos psicológicos devido a baixa auto-estima.


Quais as Causas

Acredita-se que as causas para essa alteração nas mamas tem a ver com a genética. Toda mama é revestida por um tecido, mas nas mulheres que sofrem com essa alteração, o tecido é mais resistente e impede que a mama se desenvolva naturalmente e, por isso, acaba ficando menor do que deveria ficar.

Por conta desse tecido mais resistente, a mama tende a se desenvolver de forma irregular tanto no tamanho como no formato causando o desconforto estético que pode ser leve ou mais acentuado.

Essas alterações podem acontecer em uma mama apenas ou afetar as duas, porém, nunca essas alterações serão iguais, pois uma das mamas ainda assim poderá ser maior do que a outra e ainda apresentar formato diferente.

Condições para Cirurgia

As mulheres que desejarem se submeter a cirurgia de Mamoplastia para a correção da mama, precisam estar cientes de que apesar dos benefícios, os resultados nem sempre serão os esperados, não desqualificando com isso o procedimento.

Além disso, é importante que a paciente apresente boas condições de saúde, pois o organismo vai precisar de toda a disposição possível para ajudar no restabelecimento sem complicações por um prazo variável de no mínimo 6 meses.

Cirurgia de Mamoplastia

Existem três tipos de cirurgia que podem ser utilizadas na correção das mamas, são eles:

  • Cirurgia de prótese de mama – para esse tipo de cirurgia são usadas as próteses de silicone permitindo uma correção na mama com a deficiência. Nesse caso, é preciso fazer uma avaliação do trabalho a ser realizado, levando-se em consideração a preferência da paciente e é claro, a melhor condição estética.
  • Mastopexia – esse é o tipo de cirurgia pouco realizado, mas tem suas vantagens, pois existe a possibilidade de a mama se desenvolver melhor após a cirurgia. Essa cirurgia tem como finalidade remover o excesso de tecido mamário para melhorar a aparência da mama.
  • Reconstrução da Auréola e Mamilos – quando a alteração na mama envolve a auréola e o mamilo causando uma aparência ruim, pode ser feita a reconstrução e deixá-los com uma aparência satisfatória.

Colocação de Prótese

A cirurgia para colocação de prótese de silicone na mama é indicada para mulheres com seios pequenos ou então é bem recomendada quando existe uma diferença de tamanho entre os seios. Além disso, é uma ótima solução para as mulheres que precisaram retirar a mama por conta de um câncer.



A cirurgia pode ser feita a partir do momento em que a mulher complete 15 anos, desde que se tenha a devida autorização dos pais e, para isso, é necessário a aplicação de anestesia geral com o procedimento cirúrgico demorando um tempo aproximado de 45 minutos.

O internamento para a cirurgia é de 1 a 2 dias, mas também pode ser feito no regime de ambulatório quando a paciente poderá ter alta no mesmo dia.

Preço do procedimento

O valor de uma Mamoplastia para corrigir a mama tuberosa pode variar, pois ele implica na clínica escolhida para esse procedimento, o cirurgião que irá fazer o procedimento e o problema e o grau de correção a ser feito. Mas para termos uma noção desses valores, ela pode variar de R$ 7.500,00 a R$ 8.500,00 reais.

Além disso, a cirurgia poderá ser feita pelo SUS, porém, apenas quando existe uma emergência, não apenas para fins estéticos.

Recuperação pós cirúrgica

Após a cirurgia da Mama Tuberosa é muito natural que a paciente vai sentir alguma dor e, por isso, é importante usar um sutiã confortável tanto durante o dia como à noite. Além disso, na hora de dormir, é preciso cuidar para dormir apenas com a barriga para cima e para ajudar a controlar a dor e o desconforto, o médico irá recomendar um medicamento com ação analgésica.

Em geral, os pontos feitos na cirurgia são retirados após um período máximo de 15 dias e, durante esse tempo, a paciente precisa cuidar para não mexer os braços e o tronco de uma forma exagerada como, por exemplo, frequentar a academia ou dirigir.

Em casos mais complicados, a paciente ainda poderá precisar receber um dreno por alguns dias para drenar os excessos de sangue ou fluidos que se acumularem após a cirurgia.

Durante os primeiros 6 meses de recuperação a paciente será recomendada a evitar atividades pesadas, principalmente as atividades que necessitam um movimento maior dos braços.

 

 

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 6

Mama Tuberosa Mamoplastia para Aumento, Conheça



Leia também: