Desenvolvimento do bebê de 6 meses de vida, Situações normais

Cada vez mais fácil para entender as necessidades da criança e prover o que ele necessita, aos 6 meses de vida, ele já completou meio ano de idade, já pensou nisso?

Por outro lado, essa é uma época em que a criança com algumas facilidades para se locomover, também pode preocupar quando resolver dar as “fugidinhas” mesmo dentro casa forçando os pais ou responsáveis sair a sua procura.

O que faz um bebê com 6 meses?

O desenvolvimento do bebê de 6 meses de vida já permite que ele preste muita atenção ao que ocorre à sua volta. Mais ainda, gosta de chamar a atenção e faz questão que alguém, especialmente os pais estejam ao alcance dos seus olhos. A essa altura da vida, a criança já começa a se socializar com aqueles que se encontram ao seu redor, quando a capacidade de raciocínio e inteligência começam a se destacar.

O bebê atende para quem o chama e também estranha os desconhecidos, mas dependendo do agrado, logo se solta e fica tudo bem também.  Nesta fase, a inteligência, raciocínio e o relacionamento social do bebê destacam-se, especialmente em interações com os pais, irmãos e outras pessoas próximas.

A movimentação do Bebê

Com 6 meses de vida, o bebê já começa a sentar tendo como apoio as almofadas para evitar que se machuque, pois a essas alturas, ele já tem um bom controle sobre sua região torácica e bacia.

Com 6 meses de vida, precisamos providenciar os brinquedos, pois a criança já tem condições de observá-los e tentará alcançá-los um bom momento para que eles desenvolvam o próprio equilíbrio do corpo. A criança com 6 meses de idade, não gosta de ficar sozinha e interage muito bem com alguém que lhe dirige a atenção.

Nessa fase da vida, a criança já tem suas preferências e sempre que alguém do seu gosto se aproxima, mais do que depressa estende o braço para pedir colo. Ao deitar, estende as pernas e fica bem relaxada e ao segurar algo na mão, já é bem consciente quanto ao fato de precisar segurar ou largar.

Também nesse período a criança esperneia, chuta, bate, arranha, se debate e quando chega o momento de dormir, o sono geralmente já é uma rotina, especialmente quando é educado desde o início.

Se acaso o bebê com 6 meses de idade segura um objeto nas mãos e alguém tentar tomar o brinquedo de suas mãos, o bebê aperta com mais força e procura evitar perder a posse do brinquedo, um claro sinal de que ele já tem alguma noção do que quer, do que pensa.

Peso e altura

desenvolvimento do bebê de 6 meses de vida permite que ele alcance um peso e uma altura que pode até variar, podendo ser para mais ou para menos, mas dentro do normal podemos definir da seguinte forma:

  • Meninas – um bebê menina com tamanho médio de 65, 70 cm tem um peso médio de 7,30 kg.
  • Meninos – um bebê menino com tamanho médio de 67,60 cm tem um peso médio de 7,90 kg.

É claro que pode existir alguma variação por conta da estrutura física da criança que pode ser influenciada até mesmo pela genética.

A Linguagem, os sons

Com 6 meses de vida, o bebê já pronuncia uma palavra interpretada com uma só letra “mmmmmmmm” que automaticamente a mãe logo que escuta vai entender que a palavra é “mamãe”. Também pode murmurar sons com duas sílabas como “muh-muh”.

Seis meses de vida é a fase da descoberta. O bebe se poe em alerta para cada barulho ou som que lhe chega aos ouvidos. Volta a cabeça para os lados e se mostra muito atento a tudo o que passa ao seu redor.

O bebê dá gargalhadas e emite sons quando está brincando, mas também pode gritar quando se irrita ou quando está entusiasmado com alguma coisa ou então dá gargalhadas.

Também sabe expressar muito bem o seu estado de espírito chorando ou rindo em cada momento.

Desenvolvimento Mental

O desenvolvimento do bebê de 6 meses de vida já faz com fique atento a algumas leituras de histórias infantis que os adultos dirigem a ele. Sons diferenciados, como músicas, conversas mais altas, barulho de brinquedos, tudo é motivo para atraí-lhe a atenção.

A partir daí, os pais consciente que desejam o melhor para o filho, já podem se planejar ao iniciarem a educação da criança, sempre com discrição e sem exageros.

Com 6 meses de vida, o bebê já começa a ter noção de espaços quando percebe que sua mãe se afasta e então reclama para que ela volte para perto dele. Nesse tempo, começa a exploração pelos ambientes da casa com a criança prestando atenção a cada detalhe diferente, seja um puxador de gaveta, uma etiqueta de roupa caída no chão, a textura do tapete, entre outros detalhes, nada passa despercebido.

Sinais de Preocupação

Nessa fase da vida, o bebê já se torna bastante curioso e quer pegar tudo o que está ao seu alcance com a ideia de levar à boca. Por conta disso, os pais precisam ficar atentos para evitar possíveis acidentes com objetos pequenos que o bebê queira levar à boca.

Também aos 6 meses de vida, os primeiros dentinhos começam a se manifestar para nascerem quando então começa o período de irritação da criança por conta do desconforto que a vinda dos primeiros dentes oferecem.

Nesse tempo, os pais precisam estar atentos e ter muita paciência com os pequenos, pois se não existir um remedinho especial para aliviar esses sintomas, o bebê vai dar bastante preocupação.