Bebê com 9 Meses de Vida, Como é o seu Desenvolvimento

Apesar do desenvolvimento natural, o bebê com 9 meses de vida, pode passar pela chamada “Crise do terceiro trimestre”.

Nessa fase, a criança passa a ter medo de ficar sem os pais. E sempre que tiver que se afastar deles, reage com muito choro e birra. Temendo ter que ficar sozinha ou com alguém que por vezes, mal conhece.

Por não ter nenhuma noção de tempo, basta alguns minutos sem os pais, para que ela imagine um afastamento como se fosse de anos. E por isso, pode alimentar um sentimento de abandono e insegurança, mesmo com o retorno rápido dos pais.

 

Peso e Medidas

 

Quando o bebê é saudável, vai crescendo e ganhando peso constantemente, dia a pós dia. E ao chegar aos nove meses já estará bem maior do que quando nasceu. Então:

  • Trará aproximadamente um peso de 8.900 gramas;
  • E a medida de mais ou menos 69 cm.

É importante salientar de que estes dados foram retirados de tabelas que foram organizadas para servir apenas de base. No entanto, deve-se levar em consideração muitos fatores como o tamanho dos pais ou a genética, entre outros.

E ainda tem pequena diferença entre meninos e meninas, sendo que geralmente as meninas pesam umas 300 gramas a menos e podem medir uns 2 cm a menos também nessa fase.

 

O Bebê de 9 meses faz

 

 

Ao nove meses, o bebê já está com 4 dentes, dois incisivos centrais superiores e os dois incisivos centrais inferiores e com um mês, deverá nascer os dentes incisivos laterais superiores.

Com 9 meses de idade, o bebê continua a exigir cuidados. Pois apesar de poder brincar sozinho, existe o risco de se machucar com objetos menores que podem ser alcançados. Por isso, é imprescindível que uma pessoa adulta fique de olho em todos os momentos em que a criança se encontra acordada.

Nessa fase, é importante que os pais dispensem bastante tempo para criança. Seja contando histórias, conversando, brincando, fazendo tudo para que ela se sinta amada e segura. Uma forma bem natural para também ganhar o respeito da criança, enquanto ela está se desenvolvendo.

O fato é que nessa fase da vida, a criança poderá sentir-se rejeitada por conta da ausência dos pais. Mesmo por um período bem curto de tempo. Portanto, é importante que esses pais tenham muita paciência. E sempre que estiverem juntos demonstrem todo o amor possível.

beb%C3%AA com 9 meses de vida 490x490 Bebê com 9 Meses de Vida, Como é o seu Desenvolvimento

Demonstrar o quanto amam a criança, fará com que ela se acostume com a ideia. E vá perdendo este senso de abandono. E assim, logo se acostume com a ausência de seus progenitores.

 

Aprendizado da linguagem

 

Aos 9 meses de idade, o bebê já consegue repetir algumas melodias para si próprio. Melodias que ouviu cantar alguns meses antes e que agora começa a balbuciar. Enquanto procura imitar alguns sons, o que para elas é muito importante.

A criança já consegue dizer ‘Tchau’ com a mão.  E grita quando deseja receber atenção de um adulto que está por perto. Nessa fase, ela também já produz sons e algumas sílabas, quando deseja expressar alguma coisa.

  • Repete melodias para si próprio como “Mamamama”.
  • Imita sons simples.
  • Grita por atenção, aguarda pelo efeito que tem no adulto e repete.
  • Conhece o significado das palavras “Não” e “Adeus”.
  • Está em pleno processo de aprendizagem através de sons. Produz sons e sílabas.
  • Diz “adeus” com as mãos.
  • Pode começar a demonstrar ansiedade quando se separa dos pais e chorar se o deixarem em braços de estranhos ou pessoas com que convive pouco.

 

Desenvolvimento Intelectual

 

 

Com 9 meses de idade a memória do bebê já está com o desenvolvimento bem adiantado. Também  já se arrisca a ser independente para se alimentar sozinho. Faz muita sujeira, mas é preciso que os pais não deixem de incentivá-lo. Lembrando que essa atitude por parte da criança, é essencial também para o seu desenvolvimento motor.

O bebê com 9 meses de vida, gosta de ser observado e mais do que isso, quer ser o centro das atenções. E sempre que recebe elogios,  dá um jeitinho de repetir o gesto causador desses elogios.

Nessa fase, ele também se mostra solidário com crianças de sua idade.  Chegando a ponto de chorar com elas quando elas choram.  Ou sorrir sem saber porquê, quando elas sorriem. 

Apesar de não conseguirem se comunicar direito ainda, sabem expressar seus sentimentos com atitudes de irritação chegando a gritar, ou muito sorridentes como gesto de aprovação. Prestam muita atenção nas conversas dos adultos e é muito comum, imitarem gestos que outras pessoas fazem, seja alguém conhecido ou não.

 

O sono do bebê

 

A essa fase da vida, o bebê já deverá ter estabelecido uma rotina ou padrão de sono. Mas, normalmente nessa idade dos 9 meses, ele irá dormir em média umas 14 horas diárias, entre os pequenos cochilos e a noite de sono.

Caso seu bebê ainda não tenha estabelecido uma rotina de sono, é hora de começar a treiná-lo. Portanto nessa fase já dá para tirar as mamadas noturnas, e ajudar para que caso ele acorde durante a noite, possa voltar a dormir sozinho.

Contudo, é importante ressaltar de que o bebê poderá sofrer com distúrbios do sono, o que será normal quando este alcança diferentes pontos no seu desenvolvimento.

Pontos estes como o engatinhar, levantar-se em pé entre outros. E pela ansiedade, poderá querer fazer isso durante a noite.

Portanto é necessário:

  • Estabeleça uma rotina para o sono;
  • Certifique-se dessa rotina;
  • Oportunize ao seu bebê dormir sozinho.

 

 

Desenvolvimento Motor

 

 

Com 9 meses de vida, o bebê já engatinha muito bem, mas não se contenta apenas com isso, e faz inúmeros esforços para se manter em pé, um pouco cedo ainda.

Nessa idade, eles já conseguem escalar escadas engatinhando, o que exige maiores cuidados e também com muita satisfação ficam em pé, apoiando-se em móveis.

Assim como acontece em cada fase da vida, é importante que os pais incentivem os filhos, especialmente quando chega esse momento quando o desejo deles é conseguir andar. Para isso, os pais ou responsáveis podem posicionar-se à frente dos filhos, a uma curta distância, o suficiente para apoiá-los quando, em pé, eles ensaiam os primeiros passos.

Uma boa ideia para que o bebê com 9 meses de vida exercite a caminhada sem sentir-se dependente dos pais é providenciar aqueles carrinhos maiores para que a criança se apoie e empurre, pois assim, enquanto se esforçam para empurrar o carrinho, também exercitam as pernas para se manterem em pé.

 

Idas ao Pediatra nesta fase

 

É muito importante desde que nasce, seu filho ter um médico pediatra de confiança para acompanhar o seu desenvolvimento e saúde.

E certamente, especialistas já descobriram de que bebês que pouco vão ao pediatra, tem o dobro de chances de serem hospitalizadas. Isso porque não tem um acompanhamento regular da saúde, e quando adoecem acabam no Pronto socorro ou atendimento hospitalar.

Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, Para cada faixa etária tem a necessidade de um número de consultas. Portanto, a partir dos 7 meses e até os 2 anos de idade:

  • Seu bebê deverá ser levado ao pediatra 1 vez a cada bimestre, isso se estiver correndo tudo bem.

 

 

Sinais de Preocupação

 

 

A cada mês de vida é importante que a criança tenha um desenvolvimento coerente para cada mês e por isso, é importante que os pais ou responsáveis, fiquem atentos, pois independente do mês de vida, se esse desenvolvimento da criança não atender às expectativas normais que demonstrem o bom estado de saúde do bebê, isso é sinal de que algo está errado e precisa logo ser investigado.

Aos 9 meses de vida, a criança pode até apresentar algum atraso no seu desenvolvimento, mas se acaso não conseguir sentar-se sozinha, isso é um sinal bem característico que algo está errado e por isso, não se perder tempo e buscar logo a ajuda de um especialista pediátrico para saber do diagnóstico.

 

Alimentação, Papinhas

 

Independente da idade do seu bebê, quando se trata da alimentação, é preciso ter muitos cuidados. Portanto, a montagem do cardápio exige muita atenção.

Para que não falte nada de nutrientes ao seu bebê, as papinhas precisam ter:

  • Os alimentos construtores – que são as proteínas – estes auxiliam na construção de novos tecidos no organismo, entre eles a massa muscular. Mas também tem um papel muito importante na cicatrização. Estes permitem que o corpo funcione adequadamente, e dividem-se entre: Proteínas vegetais – vitaminas do complexo B, ferro, cálcio, zinco. Proteínas animais – os aminoácidos.
  • Os alimentos reguladores – As frutas e legumes – ajudam a regular o funcionamento do organismo – intestino, unhas, cabelos, visão, formação óssea, pele, imunidade, e muito mais.
  • Os alimentos energéticos – garantem energia ao corpo – carboidratos e gorduras boas.

É importante inserir uma porção de cada um dos 3 grupos alimentares acima descritos na dieta alimentar do bebê.

Podem ser doses pequenas, que vão sendo aumentadas gradativamente.

 

 

Leites disponíveis no mercado

 

O mercado está repleto de opções em leites ou fórmulas para bebês. Mas é importante lembrar de que pelo menos até os 6 meses de vida, o melhor de todos é o leite materno.

Depois dos 6 meses, se possível, o bebê deverá complementar sua nutrição com o leite materno até os 2 anos de idade.

Sabemos que hoje é muito difícil manter a amamentação no seio depois dos 6 meses, até porque as mães trabalham fora e vivem uma vida louca.

Nestes casos, o jeito é adotar as fórmulas. E como já comentamos, existem muitas. Além disso, cada marca traz diferentes linhas, sendo que cada linha traz diferentes nutrientes para ajudar no desenvolvimento da criança.

Para a fase dos 9 meses,  as fórmulas adequadas, geralmente são as da fase 2, que são enriquecidas com ferro e carboidratos.

Existem ainda as fórmulas sem lactose, com leite de soja, AR antirefluxo, HA Hipoalérgicas, diferenciadas, enfim, na verdade, a indústria se esforça para trazer a maior variedade possível.

É importante os pais atentarem as fórmulas adequadas à fase do seu bebê, pois afinal de contas, se esta for errada, poderá deixar a desejar no que se refere aos nutrientes necessários para aquela fase.

Bom, percebe-se que existem muitos cuidados que devem ser dados aos bebês em cada fase do seu desenvolvimento, e aqui falamos um pouco sobre o Bebê com 9 Meses de Vida.

Esperamos ter ajudado a você mãe ou pai que está preocupado em oferecer o melhor para que seu bebê tenha um desenvolvimento saudável e integral.

 

Leia também:
Desenvolvimento do bebê com 12 meses, um ano de vida

Desenvolvimento do bebê com 11 meses de vida, conheça

Desenvolvimento do bebê de 6 meses de vida, Situações normais

Bebê com 2 meses após o Nascimento, Veja o seu desenvolvimento

Como está um bebê com 5 meses após o Nascimento, Conheça