Cansaço e excesso de sono na gravidez, porque ocorre

Sentir cansaço e excesso de sono na gravidez é algo bastante comum, uma vez que toda a gravidez desgasta a mulher e sobrecarrega seu corpo.  Sendo que muitas delas não têm outra vontade, que não seja dormir, por que se sente exausta.

Durante toda uma gestação, mas principalmente nos primeiros três meses, o corpo da mulher passa por transformações pelas quais ela não está acostumada.  E, além disso, existe uma mudança constante no seu metabolismo, motivada pelo sistema hormonal.  E por conta disso, a falta de energia é constante, uma vez que até as taxas de glicose no sangue ficam mais baixas.

Progesterona

Nesse período na vida da mulher, a Progesterona, hormônio que a mulher necessita para o desenvolvimento do feto chega a subir a níveis altíssimos. Sendo essa uma das causas para tanto cansaço e sono durante a gravidez.

Além do desenvolvimento do feto, existe a produção da placenta que vai nutrir o bebê durante toda a gravidez. E tudo isso, não é tão simples acontecer. É preciso muita energia da mulher, e por isso, mais um motivo para tanto sono e canseira.

cansaco e sono na gravidez

Oxigênio

Outro fator que contribui com a canseira e o sono na mulher grávida, acontece por que ela precisa maior quantidade de oxigênio, uma vez que precisa alimentar o feto também. Isso faz com que ela respire de forma mais rápida do que habitualmente. Nesse caso, precisando respirar mais rapidamente, qualquer atividade física vai deixá-la mais cansada, com certeza.

Necessidade de sangue

É natural que o feto e a placenta vão precisar de sangue. E, por isso, parte do sangue é desviado diretamente para atender o bebê.  E nesse tempo os hormônios da gravidez provocam a alteração na pressão, baixando-a devido à vasodilatação que acontece nas artérias. Problemas com a pressão, qualquer pessoa sente cansaço e quer dormir.

Pausa por pouco tempo – passando os primeiros três meses de gravidez, a mulher poderá reagir recobrando um pouco mais suas energias. Uma reação também natural para devolver a disposição para enfrentar uma nova etapa de dificuldades que chegam no final do sexto mês de gravidez, com o excessivo peso que precisa carregar.

Como se não bastasse o peso a mais, à medida que o bebê cresce no útero materno, o órgão cresce também.  E isso causa também a compressão dos vasos sanguíneos da pelve. E também do abdômen, dificultando os movimentos da mulher e devolvendo-lhe a canseira física.

Em geral, somando o peso excedente da mulher, são pelo menos 12 kg.  Isso por conta do peso do bebê, e a água acumulada no corpo e o líquido amniótico. Carregar esse peso a mais e ainda ter que se cuidar para evitar acidente, é motivo de sobra para que a mulher grávida sinta-se cansada e com sono.

Mas para quem pensa que é só isso, se engana, uma vez que e um tanto complicado dormir com uma enorme barriga e com preocupações sobre a segurança do bebê. Como resultado, muitas mulheres até conseguem dormir a noite, mas acordam mais cansadas do que quando foram deitar-se.

O que fazer para minorar esses problemas

Toda mulher, assim como o seu marido precisam entender que essa canseira é natural que aconteça. Até mesmo para que a mulher se preocupe mais com o ser que se forma em seu ventre. E essa canseira quer dizer que ela precisa se prover de muita energia, que nesse caso está faltando.

Por isso, toda mulher grávida ao sentir-se cansada deve descansar.  E se precisar dormir, não deve perder tempo, mesmo que o sono dure apenas alguns minutos. Cada vez que ela tentar adiar esse descanso, sua situação poderá piorar pela não reposição de energias.

O correto seria a grávida dormir sempre que o corpo pede, porém sabemos que isso, nem sempre é possível, especialmente para as mulheres que trabalham fora, mas com alguns arranjos com o patrão, quem sabe dá-se um jeitinho e tudo vai ficar mais fácil.

Alimentação

 

Até agora falamos apenas de canseira.  Mas pouca gente sabe que essa canseira pode ser influenciada também por uma alimentação fraca em nutrientes. Nesse caso, as frutas, verduras, legumes e cereais integrais são sempre as melhores opções como alimento. Enquanto que os alimentos gordurosos devem ser evitados.

Beber mais água durante o dia é melhor do que beber mais a noite, pois essa regra vai evitar que a grávida levante muitas vezes para ir ao banheiro. E para evitar problemas de anemia, uma ótima ideia é beber suco de couve com suco de limão todas as manhãs em jejum.  Ou então, ingerir saladas verdes todos os dias.

O que evitar

 

Especialmente durante o período de gravidez, a bebida alcoólica, tabaco, café, refrigerantes entre outros produtos estimulantes artificiais devem ser abolidos.  Pois além de fazerem mal a saúde tanto da mulher como do feto, dificultam as horas de sono a noite.

Um bom banho

Com toda a certeza, um bom banho pode fazer relaxar e manda qualquer cansaço embora. Então, nessas horas, experimente tomar um banho bem quentinho, e se puder use essências ou flores aromáticas.

O ideal é que você faça esse procedimento duas vezes ao dia, uma pela manhã e outra à noite, antes de deitar.

Uma boa dica é ainda pedir para ser cônjuge faça uma massagem relaxante em você na hora do banho.

Um bom sono

Todo mundo sabe que noites bem dormidas, tem papel fundamental para a manutenção da disposição. E para as grávidas o ideal é que sejam 8 horas de sono por noite. E também é importante que sejam feito cochilos de 20 a 30 minutos após as refeições.

Outro ponto importante é estabelecer uma rotina de horários para dormir, pois assim, o corpo tirará o maior proveito desse descanso.

Como a mulher gestante fica mais sensível aos estímulos externos, é importante que o local para dormir seja livre de barulhos e de claridade. Nada de televisão ligada no quarto.

Atividades físicas

 

Apesar de sentir-se cansada toda mulher grávida deve praticar atividades físicas, isso com aconselhamento médico.  Uma vez que os próprios exercícios vão ajudar a preparar a mulher para o parto.

As atividades físicas, ajudam poderosamente no condicionamento cardiorrespiratório. Além de ajudar no controle de peso ainda ajuda na redução dessa sensação de cansaço.

A liberação da endorfina melhora o humor e a disposição. então atividades como:

  • Caminhas;
  • Alongamentos;
  • Andar de bicicleta ergométrica;
  • Natação;
  • Hidroginástica;
  • Ioga;

São atividades que ajudam muito a gestante a superar o cansaço. Mas é importante lembrar que as atividades devem ser leves, e sempre deverão ser feitas como o conhecimento e orientação de um profissional.

 

Tome água

 

Você que está grávida precisa tomar muita água durante o dia. Mas quando se aproxima a hora de ir para a cama, é bom diminuir essa ingestão para evitar de levantar tantas vezes durante a noite.

Preze pelo conforto

Ao dormir, procure usar almofadas e travesseiros para escorar o corpo e sentir-se confortável.

Nunca deite debruço para não pressionar a barriga, pois isso de faz sentir-se mal.

Adote o uso de meias compressoras que ajudam na circulação das pernas, evitando que essas doam e inchem. Aposte também em compressas de água morna na lombar para aliviar o cansaço e tensão.

Use roupas adequadas a estação, mas sem apertos. Elas precisam ser soltas e o mais confortáveis possível.

Alongue-se

Alongamento é necessário para qualquer pessoa. E para as gestantes também. Portanto, tire tempo entre as atividades do seu dia, e alongue-se.

Caso passe muito tempo sentada, levante-se de hora em hora para alongar-se. Basta esticar as pernas e fazer uma caminhadinha pelo ambiente de uns 5 minutos.

Isso ajudará a aliviar o inchaço das pernas e a evitar os coágulos. E se o seu caso é de ficar muito tempo em pé durante o dia. Terá que tirar alguns minutos de pouco em pouco para se sentar e aliviar o peso do corpo sobre as pernas.

Quando procurar o médico

Caso sua indisposição e cansaço seja constante, não exite em buscar ajuda médica, e poderá fazer isso nas suas consultas pré natais de rotina.

Somente o médico através de exames específicos poderá detectar problemas como anemia, hipotiroidismo ou outra carência que esteja acontecendo no seu organismo.

Por isso, é tão importante ter uma rotina de vida saudável, e fazer as consultas de rotina. Somente assim, poderá garantir boa saúde a você e ao bebê.

Remédios para cansaço na gestação

Ácido fólico

O ácido fólico é de extrema importância na gestação.  Pois esta que é uma vitamina do complexo B, também conhecida como folato, auxilia na reparação e produção de novas células, inclusive as hemácias e do DNA.

Só para ter uma noção, a pessoa que não tem a quantidade suficiente de glóbulos vermelhos ou hemácias, pode ter um risco maior de desenvolver anemia. Isso porque , as hemácias são responsáveis pelo transporte do oxigênio pelo corpo.

Essa é uma vitamina de extrema necessidade para a gestante, uma vez que a sua carência poderá gerar má formação no feto.

Na mulher os sintomas da carência do ácido fólico podem aparecer como:

  • Cansaço;
  • Fraqueza;
  • Aftas;
  • Cabelos acinzentados;
  • Inchaço na língua;
  • Anemia;
  • Palidez;
  • Letargia;
  • Diarreia;
  • Tontura;
  • Falta de apetite;
  • Perda de peso;
  • Dificuldades de concentração entre outras.

Além de uma alimentação rica neste nutriente ainda é preciso ver com seu médico, se não há a necessidade de suplementar.

Alimentos ricos em Folato

Uma dieta equilibrada é de suma importância para equilibrar os níveis deste nutriente no organismo:

  • Vegetais de folhas verdes como espinafre e brócolis;
  • Frutas, especialmente melões e bananas;
  • Legumes;
  • Cogumelos;
  • Aspargos;
  • Ovos;
  • Feijões;
  • Suco de tomates;
  • Ervilhas;
  • Couve de Bruxelas;
  • Cereais integrais;
  • Castanhas;

Sulfato ferroso

Muitas vezes o cansaço pode aparecer pela falta de vitaminas e minerais no organismo. E é ai que a reposição de ferro no organismo da mulher grávida poderá ser necessário.

Claro que é o médico que através de exames de sangue deverá constatar se a mulher precisa mesmo ou não da reposição de ferro no organismo.

Sinal de alerta

As vezes essa situação de Cansaço e excesso de sono na gravidez pode ser o alerta de algo mais sério. E se junto vier outros sintomas como sensação de desânimo e tristeza, pode ser sinal de depressão. Então é hora de conversar com seu médico para saber o que de fato está acontecendo.