20 Sintomas de gravidez evidentes que você pode sentir

Os primeiros sintomas de gravidez podem mudar de mulher para mulher. Enquanto algumas já podem sentir nos primeiros dias, outras só vão senti-los depois que já se passaram 3 semanas ou quando a menstruação atrasa. No entanto eles podem ser bastante leves e discretos que nem dá para imaginar que seja gravidez.

Mas é tão importante saber se está grávida, o quanto antes possível, pois assim poder-se-á dar início ao acompanhamento médico e a uma série de outros preparativos para garantir que tudo corra bem na gravidez e que o bebe venha com muita saúde.

Alguns pontos base devem ser levados em consideração, assim que a mãe sabe que está grávida, como melhorar a qualidade da alimentação, usar ácido fólico, estar atenta ao controle da pressão arterial, controlar o nível de glicose no sangue, evitar e abster-se de bebidas alcoólicas , cigarros, café e outros vícios nocivos, e tratar em tempo qualquer coisa que não esteja funcionando adequadamente.

SINTOMAS DE GRAVIDEZ NAS PRIMEIRAS SEMANAS DE GRAVIDEZ

Como já disse acima, os sintomas de gravidez podem mudar de mulher para mulher. E podem ainda mudar de gravidez para gravidez. Podem ainda variar muito na frequência, tempo de duração e a intensidade com que o mal estar se apresenta.

Pode acontecer muitas vezes de a mulher confundir os sintomas com os daqueles dias em que a menstruação se aproxima. Por falta de experiência ou por não estar esperando uma gravidez, enfim, são vários os fatores que permitem que a gravidez passe realmente despercebida nos primeiros dias.

sintomas de gravidez

Então, vamos aqui relacionar alguns sintomas que com certeza poderão lhe ser muito úteis:

Sangramento vaginal discreto

Numa média de 6 a 12 dias, pode acontecer o implante do óvulo fecundado que já se chama de embrião, na parede uterina. Esse acontecimento põe muitas mulheres em dúvida e confusão, achando que é o início da menstruação, ou que esta está prestes a chegar.

É comum acontecer de a mulher simplesmente achar que a menstruação veio em menor quantidade desta vez, já que veio tão fraquinha, e deixarem a gravidez passar por alto. É interessante saber que em média 20% das mulheres apresentam pequeno sangramento nos primeiros 3 meses de gravidez.

O ideal é sempre que sua menstruação se apresentar de maneira diferente, você buscar a orientação médica para saber se é ou não uma possível gravidez.

Dor no abdômen e cólicas

É comum também aparecerem outros sintomas como a dor na parte inferior do abdômen, a sensação de barriga inchada, que junto com o sangramento leve podem parecer realmente com os sintomas que antecedem a menstruação.

A dor pode ser causada pelas contrações uterinas que aparecem logo nos primeiros dias e podem ir aumentando gradativamente a medida que a gravidez avança. Além de que pode acontecer um desconforto parecendo um peso na parte inferior da barriga.

Mas lembre-se de que esses sintomas na gravidez são bem menos intensos do que na menstruação, algo para te deixar atenta.

Atraso na menstruação

Este é um dos sintomas mais comuns de gravidez. e geralmente quando acontece a mulher já fica preocupada, especialmente quem tem um ciclo regulado, e a leva geralmente a fazer um teste de gravidez que pode ser através de exame de sangue ou os testes de farmácia.

Mas, é importante você saber que nem sempre é tão fácil assim detectar esses sintomas como de gravidez. E especialmente as mulheres que tem um ciclo muito irregular, é as que sentem a maior dificuldade.

Outro fator que deve ser levado em conta e com muita atenção, é que não é somente a gravidez que pode atrasar a menstruação, e existem muitos outros fatores como o estress, infecções, a troca da pílula anticoncepcional, cansaço físico e esgotamento físico, mudança de peso, excesso de atividade física entre outros fatores. Até mesmo a parte emocional e psicológica pode causar o atraso da menstruação.

Dor e aumento das mamas

Este é um dos sintomas que pode aparecer muito cedo, já nas primeiras semanas de gravidez. Com o inchaço as mamas podem ficar tão sensíveis que até o soutien pode incomodar.

Isso acontece justamente pela alteração hormonal sofrida pelo corpo que logo cedo já começa a se preparar para o período de amamentação. Este é um sintoma que se difere bastante de mulher para mulher.

Mamilos escurecidos

Além de todos os sintomas acima descritos, você ainda poderá observar que os mamilos vão ficar mais escuros, além de que poderão aparecer veias em torno dos seios. Se prepare porque essas características vão permanecer até o fim da gravidez.

Náuseas e vômitos

Muitas mulheres começam a sentir ânsias de vômito já na 4ª ou quinta semana de gravidez. Outras podem sentir esses sintomas um pouco mais tarde, lá entre a 6ª e a 12ª semanas de gravidez.

Esses sintomas podem ser muitas vezes bastante intensos, fazendo com que a mulher acabe se limitando até para se alimentar. Mas, geralmente ao entrar o 4º mês de gravidez, eles começam a desaparecer.

Constipação intestinal ou prisão de ventre

É um dos sintomas bastante comuns na gravidez, a prisão de ventre pode acontecer devido a alteração hormonal sofrida pelo corpo que faz com que os alguns órgãos e os tecidos acabem ficando mais relaxados, perdendo grande parte da capacidade de contração. Isso acontece especialmente com o intestino, impedindo o transito normal do intestino.

Muito sono e cansaço físico

Uma sensação de cansaço incomum pode acontecer, e dependendo da sua atividade diária, você poderá sentir-se exausta.

Além disso a sensação de sonolência é enorme, e parece que tudo o que você precisa é descansar.

Você poderá querer dormir por muito mais tempo, como dormir mais cedo e levantar mais tarde. Isso tudo acontece também por conta das alterações hormonais, especialmente da progesterona que tem sua ação diretamente no sistema nervoso central, no sistema circulatório e no sistema cardiovascular.

Normalmente estes sintomas desaparecem ao você passar para o 4º mês de gravidez, no entanto retornam novamente nos últimos dias, quando agora vem o cansaço pelo peso do bebe.

Vontade de urinar com mais frequência

Já a partir da 6ª semana de gravidez começa a necessidade de urinar com maior frequência. E essa vontade de urinar pode aparecer inclusive durante a noite.

Outra vez a alteração hormonal influencia radicalmente relaxando a musculatura da bexiga, fazendo com que esta não consiga se esvaziar totalmente. Ao contrário do que acontece no final da gravidez que acontece exatamente o contrário, pois devido ao tamanho do feto, a bexiga perde sua capacidade de armazenar a urina.

Este é um dos sintomas que basicamente não deixa nenhuma mulher de fora, e começa cedo e persiste até o final da gravidez.

Vontade por alguns alimentos

É muito comum nos primeiros dias de gravidez, a mulher sentir uma vontade imensa de comer certos alimentos. E geralmente essa vontade é por alimentos nada comuns na alimentação normal da mulher.

Mas, por outro lado, pode também acontecer o sintoma inverso, no qual a mulher pode sentir repuno pelos alimentos, e também pelos cheiros.

Vontade de comer fora de hora

Se não é uma atitude comum e agora a mulher sente uma necessidade enorme de comer a toda hora, pode ser um forte indício de que ela pode estar grávida. Mas, este sintoma deve estar associado a outros sintomas para ter uma garantia maior.

Alterações dos sentidos como olfato e paladar

É comum acontecer de a mulher sentir o sabor dos alimentos de maneira diferente. O doce pode agora ficar muito doce para elas e assim por diante. Muitas mulheres sentem uma necessidade imensa de chupar frutas cítricas como o limão por exemplo.

Intolerância a cheiros fortes

Acontece com muita frequência de a mulher não suportar determinados cheiros como o de perfumes que antes amava, de café, e tantos outros que antes não lhe afetavam. Essa intolerância pode fazer com que se sinta enjoada e com mal estar. Isso acontece porque seu olfato fica naturalmente mais apurado.

Flatulências frequentes

Bastante comum acontecer a necessidade de a mulher precisar rotar ou soltar gases com frequência. Isso pode até causar alguns constrangimentos muitas vezes.

Tonturas

Outra vez devido as alterações hormonais podem aparecer quedas de pressão arterial anemia, redução dos níveis de açúcar no sangue, aumento da frequência respiratória, falta de alimentação adequada entre outros fatores que podem provocar as tonturas bastante comuns nas grávidas.

Mudança de humor

A alteração hormonal sofrida pelo corpo da mulher, pode levá-la a uma instabilidade emocional, além de que pode deixá-la mais sensível, podendo chorar por qualquer coisa. pode até acontecer uma espécie de bipolaridade na mulher, sendo que poderá mudar da alegria para a tristeza em segundos.

Dor de cabeça

Devido novamente as alterações hormonais que fazem com que os vasos sanguíneos relaxem, e também devido a mudança no fluxo sanguíneo cerebral, acontecem as dores de cabeça. Até o próprio cansaço que é natural e o estress, podem fazer com que aconteça a dor de cabeça.

Dor lombar

A medida que vai aumentando o peso da barriga devido ao crescimento do feto, pode aparecer a dor nas costas. Mas antes de o bebe estar pesando já pode acontecer a dor nas costas, isto porque devido a as alterações hormonais, especialmente da progesterona, a musculatura relaxa e automaticamente a mulher poderá relaxar na sua postura.

Aparecimento de acnes e oleosidade na pele

Pode aparecer a acne, espinhas ou cravos em qualquer época da gravidez, isso devido a alterações hormonais que deixam a pele mais sebosa agravando o quadro.

Corrimentos

Pode acontecer, mas se este for espesso, leitoso ou transparente e sem cheiro, acredite, é normal na gravidez.

QUANDO VOCÊ DEVE FAZER O TESTE DE GRAVIDEZ

Você hoje pode fazer o teste de gravidez de uma maneira muito fácil, é só comprar na farmácia e fazer o teste já no primeiro dia após o atraso menstrual. Pode acontecer de o teste dar negativo, então, você poderá esperar mais alguns dias como 3 a 5 dias e repetir o teste. Caso a menstruação não se pronuncie e você permaneça na dúvida, então pense em fazer um exame de sangue que vai determinar com mais precisão se é ou não uma gravidez.

O exame de sangue vai determinar a quantidade de hormônio Beta HCG que só aparece no sangue durante a gravidez. Neste exame você além de saber se está ou não grávida, poderá determinar também de quantas semanas você está.

Mesmo depois de uns 10 dias de atraso da menstruação se houver descartada a possibilidade de estar grávida, a mulher deverá buscar por uma consulta ao ginecologista para determinar qual seja a causa de tamanho atraso.

Gravidez psicológica

A gravidez psicológica é muito comum em mulheres que desejam muito engravidar e não podem, ou ao contrário, para aquelas que não querem de jeito nenhum e morrem de medo de engravidar. Estas sentem simplesmente todos os sintomas, só sabendo que não existe fundamento na gravidez a partir dos exames.

O QUE FAZER APÓS CONFIRMAR QUE ESTÁ GRAVIDA

Depois que você tiver a certeza de que está grávida através do exame de sangue ou de urina, deverá marcar sua visita ao ginecologista ou ao obstetra para assim começar o acompanhamento da sua gravidez.

Exames como o ultrassom intra vaginal serão feitos para ver se a gravidez está discorrendo dentro do útero como deve ser, e se não há nenhum problema que deva ser tratado em tempo, ou algo desta natureza. É de suma importância ter um acompanhamento total desde o início da gravidez para garantir que seu filho venha ao mundo com a melhor saúde possível.

Uma gravidez deve ser um momento muito importante na vida não só da mulher, mas do casal, então, se você descobrir que está grávida, a primeira pessoa com quem você deverá compartilhar essa alegria é seu marido. E depois juntos, poderão começar a fazer os preparativos para receber este bebe com muito amor e carinho.

Um filho, é o maior presente que uma mãe e um pai pode receber, afinal, é um presente dado diretamente por Deus.