Meu bebê não para de chorar veja o que você deve fazer

Meu bebê não para de chorar o que posso fazer? Essa é uma pergunta muito comum feita pelas mães que ainda não tem experiência materna, mas é preciso entender que algumas vezes é normal a criança chorar, pois sentem-se inseguras ainda nesse mundo novo que ainda não conhecem.

Como ainda não podem expressar em palavras e gestos o que sentem ou necessitam, é muito natural que elas comecem a chorar, e cabe a mãe então ter a sabedoria para descobrir o que pode estar acontecendo e então resolver o problema o mais rápido possível para acalmar a criança, um trabalho que nem sempre é tão simples assim.


Motivo mais comum: Fome

Se formos enumerar, a fome é um dos motivos mais comuns para que o bebê comece a chorar, e nesse caso, quanto mais novo ele é maior é a possibilidade do motivo do seu pranto ser a fome, pois por ter um estômago muito pequeno, ele precisa se alimentar mais vezes durante o dia, e nem todas as mães se dão conta disso.

Assista o vídeo e aprenda uma forma mágica que vai funcionar

 

O bebê pode estar com algum tipo de dor

Se o choro é muito intenso, e você tentou de tudo, ele pode estar com dor, algumas dores mais comuns, são dor de ouvido, dor de barriga, dor de garganta, dor de cabeça que pode ser sinusite, enfim, se isso estiver acontecendo leve-o ao Pediatra.


Cólicas

A criança também pode estar sentindo cólicas, e isso, certamente fará que ela chore inconsolavelmente, nesse caso, uma massagem leve na região abdominal poderá revelar o problema. É importante saber que essas cólicas tendem a acontecer devido a alimentos errados que a mãe está usando que reflete diretamente na saúde do leite materno.

Fralda Suja

Outro motivo que pode ser a causa desse choro é a fralda suja, e nesse não precisa nem estar suja de coco, pois só o xixí já basta para causar desconforto e até mesmo as assaduras que certamente não são nada confortáveis para a criança. Por isso, é comum que as mães verifiquem essa situação em primeiro lugar quando as crianças choram.

O bebê está com sono

Também quando o bebê está com sono, ele não dorme por conta própria, precisa de um afago da mãe ou do pai para sentir-se protegido antes de se entregar ao sono, e isso, todas as mães mais experientes sabem que nem sempre é tão simples assim, e até que fechem seus olhos para se calar, o choro pode ser contínuo com as chamadas ‘manhas’ de criança.

Os dentinhos estão crescendo

E quando chega o momento de começar a aparecer os dentes, ai é que a paciência não pode ter limites, pois o incomodo na boca da criança é grande e elas não conseguem reagir de outra forma senão reclamar com um choro contínuo. Isso acontece a partir do 4 mês de vida, quando então precisamos ter algum remédio em mãos para passar na gengiva para diminuir a irritação.

Ainda é preciso cuidar com as roupas escolhidas para vestir o bebê, pois como acontece com os adultos, também a criança vai reclamar se a roupa ficar muito apertada ou mal ajustada ao seu corpo, e essa reclamação virá em forma do choro por não saber se expressar anunciando o problema, por isso, todo o cuidado é necessário para deixá-la mais calma e contente.

Cuidar do bebê realmente exige dedicação, pois motivos precisamos aprender a interagir com eles para aprender a entendê-los em cada situação, pois quando tudo está bem ela não vai chorar.


Leia também: