Blefaroplastia Antes e depois Cirurgia rejuvenescedora

 

Flacidez nas pálpebras é comum acontecer tanto em homens como em mulheres a partir do 30 anos de idade. Essa é uma condição que compromete o bem estar daquelas pessoas que prezam pelo bom visual.

Então, para resolver esse problema, a cirurgia é a melhor solução. Por isso, vamos aqui falar sobre a Blefaroplastia antes e depois para quem se interessar e desejar saber um pouco mais sobre o assunto.

Mais abaixo também apresentamos algumas fotos de pessoas que investiram na cirurgia e qual foi o resultado.

O que é

 

A Blefaroplastia é uma cirurgia plástica que é feita para a retirada do excesso de pele, músculo e gordura localizadas nas pálpebras.

Com a cirurgia, as pálpebras são posicionadas corretamente. Com isso, elimina-se aquela aparência cansada e o sinal de envelhecimento precoce que o indivíduo apresenta.

Esse é um tipo de cirurgia que ainda é mais buscada pelo público feminino. No entanto, por conta dos caprichos masculinos, aos poucos, aumenta o número de homens que também buscam por esse procedimento.

O grau de intensidade do excesso de gordura ou de pele depende, da qualidade do tecido de cada pessoa. Além disso, também pode ser influenciado por fatores genéticos e características familiares.

Existem situações em que a pele da pálpebra superior chega a cair por cima dos cílios prejudicando a visão.

Nesse caso, o paciente precisa submeter-se à cirurgia não apenas por conta de um cuidado estético. Na verdade, trata-se de uma real necessidade para voltar a enxergar naturalmente[.

Além disso, em alguns casos, pode ser necessária a retirada de bolsas de gordura na região. Vale lembrar ainda que, com a cirurgia, também podem ser retiradas as rugas que são comuns depois dos 30 anos.

Nesse caso, o cirurgião responsável deverá recomendar outros procedimentos para estender os benefícios, aproveitando-se a ocasião.

Causas para que a flacidez da pele aconteça na região da pálpebra

Enrugar a pele, como é o caso da flacidez em redor das pálpebras é considerado normal depois dos 30 anos. No entanto, existem alguns fatores que contribuem para que essa condição surja mais cedo, tais como:

  • Idade,
  • Excesso de exposição aos raios do sol,
  • Vício do tabaco,
  • Alcoolismo,
  • Estresse acentuado,
  • Noites mal dormidas,
  • Más escolhas na alimentação.

Com o passar dos anos, a pele perde sua estrutura e elasticidade, tornando-se flácida. Assim, com a falta de elasticidade no tecido da pele, também as pálpebras são afetadas, tornando-se mais pesada a ponto de cair.

Na verdade, formam-se bolsas de gordura ao redor dos olhos, oferecendo uma aparência não muito agradável. Em alguns casos, o problema chega até mesmo a dificultar a visão.

Ao visitar um médico especialista para expor o problema, primeiramente ele deverá fazer alguns exames para saber do estado de saúde do paciente.

Deve-se levar em conta a possibilidade da existência de doenças oculares associadas a esse problema estético. Flacidez ligamentar, aumento da pressão ocular, problemas refrativos, são algumas das enfermidades que podem estar presentes.

Portanto, após os devidos exames e com o diagnóstico seguro, o médico agora poderá apresentar um planejamento cirúrgico. Certamente que este vai variar de um paciente para outro.

Como é Feita

 

Esse tipo de cirurgia tanto pode ser feita apenas na pálpebra superior apenas como na pálpebra inferior ou mesmo nas duas.

Durante a cirurgia, em alguns casos, ainda pode ser aplicado o Botox para confirmar melhores resultados na estética. Além disso, pode ser realizado o Lifting facial para garantir a melhor aparência devolvendo a beleza mais jovem ao indivíduo.

A Blefaroplastia é uma cirurgia considerada simples, porém, não deixa de ser um procedimento delicado. Em geral, essa cirurgia leva em torno de 90 minutos e na grande maioria dos casos,ela exige apenas uma anestesia local.

Antes da realização, o cirurgião mede a quantidade de pele ou gordura a ser retirada e depois então, realiza a incisão. É preciso um cuidado todo especial, pois a retirada excessiva de pele ou de gordura, pode dar comprometer todo o trabalho.

Entre os riscos pela retirada de pele podemos citar a dificuldade com a mobilidade do olho. Então, se algo errado acontecer, também ocorrem outros outros transtornos ao paciente.

Nesse caso, pode, como ocorrer, por exemplo,  a dificuldade de piscar o olho, o que promoverá o ressecamento ocular.

Para o procedimento

Após a aplicação da anestesia local, o médico cirurgião faz algumas linhas demarcando a região a ser operada. Feito isso, o médico afasta as pálpebras inferiores do globo ocular para proteger o olho.

Com isso, a conjuntiva fica exposta para que o médico faça uma pequena incisão guiando um dispositivo cauterizador. Depois disso, o médico segura o depósito de gordura e remove os excessos.

Por fim, as incisões são fechadas com uma ou duas suturas que por vezes são absorvidas pelo organismo.

Cuidados pós cirúrgicos

 

Após a intervenção cirúrgica, a recuperação geralmente é rápida, desde que se tenha os cuidados durante esse período. Não existe necessidade de oclusão nos olhos e  praticamente não existe a dor.

Com respeito às recomendações médicas, o tempo de recuperação implica em repouso por aproximadamente 7 dias, quando o paciente precisa se ausentar do trabalho e outras atividades mais intensas.

Para ajudar na recuperação, compressas com água gelada, ajudam a combater o inchaço que geralmente acontece como também o vermelhidão no local que em alguns casos permanecem por até 30 dias.

Já as cicatrizes, essas costumam ficar bem disfarçadas nos sulcos da pele, desde que todas as recomendações médicas sejam seguidas à risca.

Ainda com respeito aos inchaços das pálpebras, esse varia de bastante de um paciente para outro, mas se destacam bastante durante os 3 primeiros dias. Em alguns casos, esse pode desaparecer entre o quatro ou quinto dia, tempo necessário para que o aspecto no visual fique bem disfarçado.

Já para outras situações, o inchaço leva mais tempo para desaparecer, podendo levar 10 dias ou mais.

Enquanto o inchaço não desaparece, o paciente pode contornar o desconforto estético usando óculos, relembrando que as compressas frias serão sempre úteis para acelerar o tempo de recuperação, pois elas diminuem o inchaço mais rapidamente e também a cicatrização.

O resultado final para o sucesso da cirurgia costuma aparecer depois de 3 a 6 meses, até que ocorra a acomodação dos tecidos e a cicatrização completa. Enquanto isso, é importante que o indivíduo proteja a área da cirurgia do sol por pelo menos 60 dias.

Preço da Cirurgia

 

Para a cirurgia da Blefaroplastia, os valores podem variar bastante, pois isso vai depender da clínica onde ela será realizada e também a região. Além disso, é preciso levar em conta como será feita a cirurgia, se em apenas um dos olhos ou em ambos.

Também é preciso saber sobre o tipo da anestesia e o grau de correção que precisará ser feito.

Por isso, para quem deseja ter uma noção de valores, esses variam de R$ 1500,00 reais a R$ 3.500,00 reais. 

Para quem não pode pagar o valor por essa cirurgia, poderá requerê-la gratuitamente pelo SUS, porém, será necessário enfrentar a fila de espera quem em geral, não é pequena.

Nesse caso, o indivíduo deverá consultar com um clínico geral e pedir o encaminhamento para um especialista que costumeiramente é um oftalmologista. Nessa hora, é importante que o paciente mencione ao médico sobre a dificuldade que ele tem para enxergar devido ao problema.

Se porventura, o médico considerar que a solicitação da cirurgia é válida pelo paciente, este o encaminhará para a realização do precedimento estético realizado de graça pelo SUS.

Riscos da cirurgia

Como bem sabemos, toda cirurgia oferece seus riscos, e com a Blefaroplastia não é diferente. Portanto é necessário assegurar-se de que tudo irá correr como se espera.

Sendo assim, é preciso apostar em qualidade para essa cirurgia, nada de optar por algo mais barato. Por isso, atente para algumas dicas:

  • Escolha um médico capacitado para o trabalho. Cuidado com os profissionais recém-formados, que ainda não têm experiência.

Quando o profissional não é capacitado, certamente a cirurgia pode oferecer riscos.

  • Busque então por um cirurgião plástico com experiência comprovada em cirurgias Ptose Palpebral.
  • Não exite em conferir se o profissional tem um título de especialidade na área e se é membro do SBCP. Lembre-se que todo cuidado é necessário.
  • Procure se informar com pessoas que fizeram trabalhos com o médico em questão.
  • Um médico experiente e confiável, certamente poderá antever os resultados estéticos para a cirurgia. Atente também para esse detalhe.
  • Confira sobre as condições oferecidas pela clínica onde será feita a cirurgia. Lembre-se que dependendo do caso, existem riscos de se contrair possíveis infecções.
  • Confira também sobre a experiência do médico responsável pela anestesia. Lembre-se que qualquer erro por conta da inexperiência, é sua vida que está em risco.

Com pelo menos esses cuidados de sua parte, certamente existirá menos riscos de algo sair errado com o procedimento cirúrgico.

Cirurgia a Laser

Apesar de ser possível, poucos médicos aconselham uma cirurgia a Laser para uma Blefaroplastia. Acontece que esse tipo de cirurgia, também tem seus riscos e, além disso, também tem um valor mais elevado.

Na cirurgia a lazer usa-se um laser CO 2 que, além de cortar a pele, cauteriza os vasinhos. No entanto, quando o trabalho não é feito por um profissional experiente, existe o risco de queimadura ocular pelo lazer.

Por isso, melhor é se planejar e tomar todas as providencias para se submetera ao método convencional da cirurgia. Com toda a certeza, com um planejamento adequado e o trabalho feito por profissional capacitado, a cirurgia será um sucesso.

 

Fotos Antes e Depois

 

A seguir então, algumas fotos da Bleraroplastia antes e depois para quem desejar conferir os resultados estéticos antes de se decidir por essa cirurgia.

Os pontos de uma recente cirurgia, após alguns meses toda cicatriz desaparece.
a Aparência de noites mal dormidas já não mais existirá
Pelo menos 10 anos a menos ela conseguiu na aparência do seu rosto com a cirurgia de Blefaroplastia.
Até os olhos verdes ganharam mais destaque
Aquele visual de cansaço desapareceu totalmente
O olhar masculino após alguns meses da cirurgia é muito mais atraente.
Até menos maquiagem você vai usar pois os resultados são incríveis

Cirurgia não invasiva

É bem verdade que existem alguns produtos oferecidos no mercado. Os chamados tratamentos não invasivos que prometem efeitos bem satisfatórios.

No entanto, as melhores opções, promovem resultados pouco aceitáveis, pois não corrigem a flacidez da pele nas pálpebras. Por isso, se você desejar uma mudança no visual, a solução mesmo é a cirurgia da Blefaroplastia.

Creme que combate os sinais da idade, chás mágicos, blefaroplastia com plasma, nada disso resolve. O máximo que eles podem ajudar é a atrasar por um pouco mais esses sinais do envelhecimento.

Portanto, não se deixe enganar por profissionais que apresentam propostas milagrosas que não a cirurgia.

Esse método de cirurgia para a Blefaroplastia é conhecido há muitos anos e ainda é considerado o método mais seguro.

Depois de todos esses comentários, mais as fotos da Blefaroplastia antes e depois, agora é com você. Avalie suas possibilidades e busque por um profissional de verdade para cuidar do seu caso.

Lembre-se que com a saúde não se brinca, principalmente quando, nesse caso, os olhos podem ser afetados.