Bebê com 7 Meses de Vida, O seu Desenvolvimento

Bebê com 7 Meses de Vida reserva muitas surpresas.  Pois agora ele está se preparando para ser mais independente e fazer suas turnês pela casa toda, desbravando o ‘mundo’. Afinal de contas a coluna já está mais firminha e ele até consegue sentar-se sozinho, arrastar-se e engatinhar.

Apesar de estar ainda um pouco inclinado para a frente e ter que se apoiar com as mãos, em poucos dias o bebê já terá total domínio e força para manter suas costas mais eretas, sem a necessidade de apoiar-se.

Hoje queremos falar com você um pouco sobre o desenvolvimento do bebê nesta fase. Primordialmente queremos deixar algumas dicas bastante importantes. E também tecer alguns comentários sobre  os estímulos necessários a este pequenino.

O que ele faz

Com 7 meses de idade, o bebê já faz muitas coisas, como começar a engatinhar e se locomover com independência para lá e para cá, buscando objetos e coisas que lhes despertam o interesse.

consegue segurar objetos, e mesmo que este esteja longe, parte para buscá-lo, e se não consegue chora. Dar brinquedos para ele, especialmente os sonoros é muito oportuno.

Com 7 meses ele também já consegue reconhecer as pessoas com quem convive, e gosta muito de interagir,  apesar de que pode também começar a ficar envergonhado quando pessoas fora do seu convívio o pega no colo. Em contrapartida se são pessoas conhecidas, irá fazer festa ao passar de colo em colo.

E a linguagem já começa a despontar, pois passa o tempo com seu linguajar que é só da-da-da ou pa-pa-pa, ma-ma-ma, entre outras sílabas repetitivas. Ama ouvir seus próprios sons.

Ama brincadeiras tipo de cavalinho, serra-serra, e tantas outras, rindo muito e participando da brincadeira se balançando e se jogando para trás, num pura diversão. Ele até busca a interação com as pessoas que o rodeiam.

Gosta também de brincadeiras de esconde e esconde. Esconde o rostinho com as mãos e depois tira…. É uma graça.

Alguns bebês nessa idade já conseguem se apoiar e suportar o peso nas pernas, e quando debruço, conseguem até estender os bracinhos para se firmar para sentar-se.

Adora brincar com água nessa fase, e especialmente nos dias quentes de verão, dá para deixá-lo, pois distraia, relaxa e refresca, mas nem pense em deixá-lo sozinho, por favor.

Ele já entende muita coisa, mas ainda não sabe como expressar suas emoções, e por isso, pode chorar. Esse choro pode tanto representar alegria como tristeza, dor, cansaço ou vontade.

Mas é importante estar atenta, pois qualquer dúvida quando se trata de saúde, deve correr para o médico.

Suas Emoções

O bebê sente-se ansioso por estar longe dos pais durante o dia, e a noite essa ansiedade aumenta ainda mais ao ter que dormir sozinho. E sempre que acorda busca chamar sua atenção.

É preciso dar colo, e ensinar seu bebê aos poucos a dormir e a ficar sozinho nem que seja por alguns minutos.

Como ele é bastante inseguro ainda nessa fase e quer você sempre por perto, o ideal é ter uma caixa de brinquedos para distraí-lo enquanto faz o serviço ou o que precisa fazer.

O bebê já consegue decifrar as diferentes tonalidades de voz, e consegue se apavorar e chorar muito se o tom for mais ríspido.

Por outro lado gosta muito de se relacionar com outros bebês, e se usa de todas as habilidades para conseguir se comunicar, ri, se diverte, gesticula, mas ainda prefere as caras mais familiares.

Os dentinhos estão a todo vapor, e por isso ele pode ficar um pouco impertinente.

 

Seu sono

 

Normalmente o bebe de 7 meses dorme em média 14 horas por dia. Essas horas podem ser divididas em 2 sestas diárias, uma pela manhã e outra a tarde. E o restante das horas ele deverá dormir a noite.

É possível que ele acorde bem cedo pela manhã, mesmo assim ele pode permanecer calmo por algum tempo, sem que os pais o atendam.

Pode ser notória a diferença entre o bebe que mama e o bebe que se alimenta  de alimentos sólidos, de fórmulas ou leite de vaca. Pois com toda a certeza,  o bebe que mama no peito, vai dormir mais tranquilo. Enquanto o outro poderá ter inquietude e insônia.

Para ajudar seu pequeno a dormir melhor, o ideal é dar um banho morninho, quem sabe com chás para ajudar a relaxar. Conversar suavemente, contar-lhe histórias e colocar uma música suave e relaxante, também são bons princípios.

 

E a dentição

 

Os primeiros dentinhos começam a aparecer entre os 6 e 8 meses de idade. Mas vale lembrar de que varia muito de criança para criança. Para alguns poderá ser mais precoce, para outros mais tardia.

Inegavelmente quando os dentes começam a querer aparecer, alguns sintomas chegam juntos como:

  • Excesso de salivação;
  • Gengiva inchadas;
  • Irritação;
  • Vontade de morder tudo;

Na hora em que os dentinhos começam a apontar, é importante dar-lhes mordedores para que aliviem a dor e coceira e também ajude a perfurar mais rapidamente a gengiva.

Se quiser que ajude a amortecer a dor, e ajude a desinflamar as gengivas, poderá colocar este elemento no congelador antes de dar a criança.

Desenvolvimento Motor

Certamente suas habilidades motoras estão se aprimorando a cada dia, e todos os dias traz novidades. Entre tantas podemos relacionar:

  • Consegue segurar um objeto em cada mão;
  • Passa objetos de uma mão para a outra;
  • Explora os objetos e leva-os a boca;
  • Bate uma coisa na outra;
  • Rasteja quando está no chão;
  • Já demonstra mais força muscular e controle sobre seus movimentos;
  • Senta-se sozinho e balança-se para testar seu equilíbrio;
  • Fica mais sentado, mas procura puxar-se para ficar em pé;
  • Joga objetos no chão de maneira intencional;
  • Gosta de morder;
  • Se está deitado procura sentar-se e levantar a cabeça;
  • Começa a querer mudar a posição de sentado para deitado de barriga para baixo;
  • Estende as mãos para frente e acaba caindo muitas vezes pelo peso e falta de equilíbrio;
  • Consegue também apoiar-se nas pernas e pular e pular;

 

A linguagem  e a comunicação

 

Nessa fase o bebe já está quase falando, e:

  • Emite diferentes sons;
  • Balbucia;
  • Bastante curioso e faz de conta que conversa com os adultos e com outros bebes;
  • Gesticula, palra e ri;
  • Fica a vontade diante de pessoas estranhas, apesar de preferir os conhecidos;

 

Testando a autoridade dos pais

 

Surpreendentemente é nessa fase que o bebe começa a querer mexer nas coisas e até desafiar a autoridade do pai ou da mãe.

No entanto, essa teimosia não deve ser olhada como uma rebeldia, mas si como a curiosidade da criança em conhecer, tocar e saber o que e como é.

O ideal é deixar que ela toque, explore sob a sua supervisão, e depois sim seja privada de tocar no que não deve. Certamente, o fato de ela ser curiosa, é um instrumento de excelência no caminho da aprendizagem.

Por outro lado, a memória da criança nessa idade, dura por apenas alguns segundos. E nesse caso, você poderá dizer não e distrair sua atenção para outra coisa.

 

Entendimento da relação entre os objetos

 

Nessa fase o bebe já começa a entender a relação entre os objetos. E com toda a certeza, se ele estiver brincando com alguns objetos diante um espelho e você chegar por trás, ele poderá te surpreender virando para trás para te olhar. Isso quer dizer que ele já entende que você não está dentro do espelho.

Semelhantemente, também já é capaz de brincar de esconder e achar objetos. E também de pessoas.

Nessa fase ele pode ficar muito tempo distraído se você esconder um objeto embaixo de algo para que ele descubra o que é.

Seu bebe nessa fase, também já pode ser capaz de separar bloquinhos por tamanho, por exemplo.

 

Alimentação

 

É de suma importância cuidar da alimentação do bebe nesta fase. E para a refeição principal o ideal é que:

  • Papinha com carne moída ou desfiadinha;
  • Legumes e cereais somente amassados com o garfo e nunca passados pelo liquidificador;
  • Frutas amassadas ou cozidas;

Nessa fase o bebe já quer segurar alimentos, quer cheirar e lamber os alimentos. Certamente, é de suma importância ter a paciência suficiente para que ele aprenda a comer de forma independente.

Nesse início em que ele está se adaptando à nova alimentação, o ideal é não oferecer alimentos entre as refeições, para que a fome bata mesmo, e assim como bem na próxima.

 

Quando devo me Preocupar

 

Existem algumas coisas que exigem cuidados e entre eles:

  • Como o bebê coloca tudo na boca nesta fase, é importante que tanto os brinquedos como suas mãos estejam sempre muito bem asseados, para evitar que a saúde se abale evitando gripes, viroses entre outras doenças.
  • É importante lembrar de que apesar de a higiene ser essencial para os cuidados do seu bebê, os exageros também podem ser prejudiciais, e acabam não permitindo que o bebê adquira imunidade.
  • Cuide também com o peso e crescimento do seu bebê, daí a importância do acompanhamento pediátrico.
  • Se seu bebê é prematuro, os cuidados precisam ser redobrados e é preciso seguir a data corrigida para acompanhar seu desenvolvimento.
  • Se ele não conseguir unir as mãos pode ser sintoma de problemas cerebrais, consulte um médico.

Por outro lado ainda existem outros fatores de preocupação, mas somente quando:

  • O bebe não controla a cabeça;
  • Não senta com apoio;
  • Membros inferiores rígidos, passando de ditado diretamente para em pé, ao invés de sentar;
  • Não apoia os pés no  chão;
  • Postura ‘molenga’ ou muito rígida;
  • Apresenta reflexos de extrusão;
  • Não acompanha objetos;
  • Não vocaliza;
  • Não gosta de estar no colo de ninguém;
  • Não atende quando chamado pelo nome;
  • Não segura objetos;
  • Não demonstra interesse pelo ambiente;
  • Não ri, nem dá gargalhadas ou não tenta chamar a atenção dos adultos.

 

Meu filho é normal?

 

É importante saber que mesmo entre as crianças ‘normais’, cada uma tem o seu ritmo para chegar ao desenvolvimento pleno de cada etapa das suas descobertas.

Os conceitos que são lançados devem servir apenas como referências para que possa saber até onde seu filho  poderá chegar.

Isso não quer dizer que ele tenha que seguir esse padrão. e se for prematuro, a carência na aquisição das suas habilidades e conhecimentos é ainda maior.

Mesmo sendo prematuro, ele tem as condições de desenvolvimento da mesma maneira que outro bebê, só que no seu ritmo.

O Bebê com 7 Meses de Vida, em condições normais, certamente está em pleno desenvolvimento, e é surpreendente!!!!